Júlia de Sousa
Júlia de Sousa
28 Jun, 2019 - 11:07

Os 6 principais benefícios das sementes de girassol

Júlia de Sousa

Se procura um snack saudável, considere as sementes de girassol. Além de ajudarem a controlar o seu apetite, são benéficas para a sua saúde.

Os 6 principais benefícios das sementes de girassol

Todos os dias ouve falar (ou lê alguma coisa) sobre os benefícios de introduzir sementes na sua alimentação. E, quando isso acontece, as sementes de girassol são, naturalmente, um dos temas de conversa.

Provenientes do girassol, oriundos da América do Norte, estima-se que a sua utilização tenha surgido há mais de cinco mil anos atrás pelas mãos dos índios americanos, tendo sido depois introduzidos em outros países e dado origem a outros produtos. O mais conhecido é o óleo de girassol, mas as suas sementes são também bem conhecidas.

Ricas em vitaminas, ómegas, proteína, magnésio e fibras, além de ser um petisco saudável que pode ser consumido de várias maneiras (como aperitivo ou combinado com iogurte, saladas, sopas ou pães, por exemplo), as sementes de girassol são também um bom aliado para a sua saúde.

6 Benefícios das sementes de girassol

1. Benefícios cardiovasculares

Como se sabe as doenças cardiovasculares são uma das principais causas de morte a nível mundial, mas podem ser evitadas se tiver alguns cuidados e aqui a alimentação desempenha um papel fundamental.

Não só possuem gorduras polinsaturadas e um elevado teor de ómegas 6 e 9, considerados essenciais para o bom funcionamento do organismo, auxiliando na redução do mau colesterol e prevenindo as doenças do coração; mas além disso, também atuam como antioxidantes (por serem ricas em vitamina E), importantes para a formação e recuperação muscular.

2. Propriedades anti-inflamatórias

Mais uma vez, graças à vitamina E, as sementes de girassol atuam como anti-inflamatório, podendo ser benéfico em casos de asma, osteoartrite ou artrite reumatóide, por exemplo.

3. Atuam sobre o sistema nervoso

As sementes de girassol apresentam também na sua constituição magnésio, importante para manter os músculos relaxados e evitar, por exemplo, espasmos, dores musculares ou cãibras.

Além disso, contêm ainda triptofano, um aminoácido precursor da serotonina, que quando em níveis muito baixos podem provocar ansiedade, irritabilidade, nervosismo ou hiperatividade.

As sementes de girassol podem ajudar a regular os níveis de serotonina e atuar sobre o sistema nervoso.

4. Protege a pele

A vitamina E (novamente a protagonista) e a sua ação antioxidante ajuda a proteger a pele contra a radiação ultravioleta e evita o envelhecimento precoce da pele.

5. Contribui para a saúde óssea

As sementes de girassol são ricas em magnésio, que contribuem para a formação óssea. Além disso, graças à vitamina E, auxilia na redução dos sintomas de artrite (como foi referido anteriormente).

6. Ajudam a perder peso e a regular o funcionamento intestinal

Graças à elevada quantidade de fibra existente nas sementes de girassol, o seu consumo ajuda a reduzir o apetite, bem como a prevenir a prisão de ventre.

Veja também