Camila Farinhas
Camila Farinhas
29 Set, 2020 - 10:30

Saúde da mulher: 5 atitudes fundamentais para cuidar de si

Camila Farinhas

A saúde da mulher deve ser cuidada de acordo com as diferentes fases da vida. Porque olhar por si é importante, descubra alguns cuidados fundamentais.

Saúde da mulher

A saúde da mulher engloba vários cuidados específicos que devem ser tomados de acordo com as diferentes fases da vida. Saiba quais as 5 atitudes fundamentais que todas as mulheres devem tomar para que vivam uma vida mais saudável e feliz!

Saúde da mulher: cuidados a não esquecer

1

Marque consultas e exames de rotina

Mulher a fazer mamografia

As consultas e exames de rotina são essenciais para a prevenção e diagnóstico precoce de inúmeras doenças. Estas são as principais consultas para avaliar a saúde da mulher:

Ginecologia

A consulta de ginecologia deve ser iniciada após a primeira menstruação. Na idade adulta, esta consulta deve ser realizada todos os anos, assim como os exames ginecológicos de rotina. É ainda fundamental nas seguintes fases da vida da mulher:

Adolescência

A adolescência é uma etapa onde naturalmente surgem mais dúvidas relacionadas à saúde íntima. Assim, consultar um especialista pode ajudar a clarificar algumas questões nomeadamente sobre métodos contracetivos e doenças sexualmente transmissíveis (DSTs).

Gravidez

Se está a pensar engravidar, a consulta pré-concecional é essencial para avaliar a saúde geral da mulher, nomeadamente rastreio da hepatite B, Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH), toxoplasmose, entre outros. Esta consulta contribui para uma gestação saudável e tranquila.

Menopausa

A menopausa corresponde ao final das menstruações espontâneas. É marcada pela redução gradual da atividade dos folículos ováricos, que após algum tempo de menstruações irregulares, deixam de produzir óvulos. É um processo natural que marca o final da idade reprodutiva, mas que traz consigo alterações que empatam significativamente a saúde da mulher.

O diagnóstico de menopausa é confirmado após 1 ano sem período menstrual. Em média, a menopausa surge entre os 40 e os 58 anos de idade, podendo ser precoce (quando ocorre antes dos 40 anos) ou tardia (quando ocorre perto dos 60 anos). Caso verifique alguma alteração no seu ciclo menstrual, ou suspeite da entrada na menopausa, deve consultar o seu ginecologista.

Medicina Geral e Familiar

Anualmente, deve realizar uma consulta de Medicina Geral e Familiar para realizar um check-up. Dependendo da observação clínica e sintomas, são prescritos exames para avaliar a sua saúde geral como análises sanguíneas (hemograma, colesterol, glicemia, ureia), ou se necessário, exames mais específicos. É também efetuada a medição da tensão arterial e controlo do peso.

Medicina Dentária

Os cuidados com a saúde oral devem ser iniciados na infância com o nascimento dos primeiros dentinhos e mantidos ao longo de toda a vida. A escovagem adequada dos dentes no dia a dia é essencial para prevenir o aparecimento de cáries. Alguns centros de saúde, disponibilizam consultas de saúde oral, por isso, informe-se junto da sua unidade local de saúde (1, 2).

Oftalmologia

A utilização frequente dos computadores e telemóveis, pode levar a alterações na saúde ocular. Por isso, é essencial a visita ao oftalmologista a cada dois anos, ou em caso especifico de diabetes, hipertensão arterial ou história familiar de doença ocular, esta consulta deve ser realizada anualmente.

Dermatologia

O sol é responsável por causar danos na pele, que se vão acumulando ao longo dos anos. Por isso, é recomendada a realização mensal do auto-exame da pele, onde deve estar atenta ao contorno, coloração, tamanho e alterações de crescimento dos seus sinais. Em caso de dúvida, deve consultar um dermatologista (3).

2

Vacine-se

Mulher a ser vacinada

A vacinação assume também um papel fundamental na saúde da mulher, nomeadamente:

Vacina do Papilomavírus Humano (HPV)

A vacina do Papilomavírus Humano (HPV) foi concebida para prevenir lesões pré-cancerígenas e também o cancro do colo do útero, vulva, vagina, ânus, orofaríngeo e peniano.

Atualmente, a vacina do HPV integra o Plano Nacional de Vacinação e a sua administração é recomendada aos 10 anos de idade num esquema de duas dosagens (a segunda dose deve ser efetuada após 6 meses da primeira).

A partir de 1 de Outubro de 2020, os rapazes com 10 anos de idade passam também a integrar este grupo (4, 5).

Vacina da gripe e vacina pneumocócica

A vacina da gripe e a vacina pneumocócica devem ser tomadas especialmente se pertence aos grupos de risco. Informe-se junto do seu médico ou profissional de saúde.

3

Opte por uma alimentação saudável e equilibrada

casal a cozinhar em casa

A alimentação assume um papel fundamental na saúde da mulher. Se somos o que comemos, é essencial fazer escolhas alimentares que habilitem a uma vida mais saudável nas diferentes etapas da vida, nomeadamente (6):

Infância

A alimentação saudável deve ser iniciada logo desde o nascimento através da amamentação.

À medida que a criança cresce, é necessário educar para a importância de comer frutas e hortícolas. Os alimentos processados ricos em açúcar e gordura como os refrigerantes, bolachas e bolos, devem ser consumidos apenas em situações pontuais.

Crianças com hábitos alimentares saudáveis, têm menor probabilidade de desenvolver condições na idade adulta como a obesidade, colesterol elevado ou ainda, doenças cardiovasculares. Neste sentido, os pais assumem um papel fundamental no exemplo de uma alimentação saudável.

Gravidez e amamentação

A gravidez é uma etapa especial da vida da mulher, onde a alimentação assume especial importância, tanto para a mãe como para a saúde do bebé. Além de refeições saudáveis, variadas e equilibradas, é recomendado nesta fase que sejam consumidos alimentos ricos em ácido fólico, iodo, ferro, zinco, cálcio, vitamina D e magnésio (7).

Menopausa

As alterações hormonais desencadeadas pela menopausa, impactam significativamente a qualidade de vida da mulher. De forma a minimizar estes efeitos, além da ingestão de alimentos integrais, frutas e hortícolas é imprescindível aumentar o consumo de água, alimentos ricos em cálcio e vitamina D importantes para a saúde óssea (com a diminuição de estrogénio, a densidade óssea mineral fica comprometida e o risco de fratura é maior), e ainda alimentos ricos em ferro.

4

Pratique exercício físico regular

Mulher a correr pela cidade

A prática de exercício físico deve ser iniciada ainda na infância e mantida ao longo de toda a vida, pois é um dos pilares fundamentais para um estilo de vida saudável.

Na saúde da mulher, o exercício físico assume especial importância em etapas tão diferentes como a gravidez (contribui para a saúde da grávida e do bebé), na menopausa (ajuda a prevenir e tratar a osteoporose), e ainda na terceira idade (contribui para um envelhecimento ativo, aumenta a qualidade de vida e independência) (8).

5

Cuide da sua saúde mental

Mulher numa sessão de terapia com o psicólogo

A ansiedade, o stress diário ou ainda situações marcantes da vida da mulher, podem levar a doenças graves como a depressão. Procurar ajuda profissional atempadamente é essencial para que exista um acompanhamento e tratamento adequados.

Em especial na adolescência, gravidez e terceira idade, fases naturalmente marcadas por mudanças, é ainda frequente que se experienciem sentimentos com os quais muitas vezes não se saiba lidar. Não se isole, e se necessário peça ajuda a um amigo ou familiar.

Fontes

  1. Serviço Nacional de Saúde. (2020). Consultas de medicina dentária no centro de saúde. Acedido a 28 de Setembro de 2020. Disponível em: https://www.sns24.gov.pt/guia/consultas-de-medicina-dentaria-no-centro-de-saude/
  2. Serviço Nacional de Saúde. (2020). Saúde oral. Acedido a 28 de Setembro de 2020. Disponível em: https://www.sns.gov.pt/cidadao/saude-oral/
  3. Associação Portuguesa do Cancro Cutâneo. (2020). Para se proteger dos cancros de pele. Disponível em: http://www.apcancrocutaneo.pt/images/flyers/2020/09.FolhetoEuromln.pdf
  4. Serviço Nacional de Saúde. (2019) Papiloma Vírus Humano. Acedido a 28 de Setembro de 2020. Disponível em: https://www.sns24.gov.pt/tema/doencas-infecciosas/virus-do-papiloma-humano-hpv/#sec-5
  5. Direção-Geral da Saúde (2020). PNV 2020: Temos um novo Programa Nacional de Vacinação. Acedido a 28 de Setembro de 2020. Disponível em: https://www.dgs.pt/em-destaque/pnv-2020-temos-um-novo-programa-nacional-de-vacinacao.aspx
  6. Fundação Portuguesa de Cardiologia (2020). Dieta Equilibrada. Acedido a 28 de Setembro de 2020. Disponível em: http://www.fpcardiologia.pt/pela-sua-saude-cuide-de-si/dieta-equilibrada/
  7. World Health Organization (2013). Essential nutrition actions: improving maternal, newborn, infant and young child health and nutrition. Disponivel em: https://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/84409/9789241505550_eng.pdf;jsessionid=64A529D0AE0FB231A40EA88FD7219006?sequence=1
  8. Direção-Geral da Saúde (2020). A actividade física e o desporto: um meio para melhorar a saúde e o bem-estar. Disponivel em: https://www.dgs.pt/documentos-e-publicacoes/a-actividade-fisica-e-o-desporto-um-meio-para-melhorar-a-saude-e-o-bem-estar-pdf.aspx
Veja também