Teresa Santos
Teresa Santos
01 Jul, 2020 - 10:00

Cuidados a ter com a pele da cara quando usa máscara

Teresa Santos

Há cuidados a ter com a pele da cara quando se máscara que todos devemos adotar. Saiba como cuidar do seu rosto, antes e depois de usar a máscara.

Cuidados com a pele da cara com máscara: mulher a colocar máscara

Desde que foi instituído como obrigatório o uso de máscara numa série de espaços e locais, vários dermatologistas vieram apelar aos cuidados que se deve ter com a pele da cara quando se usa máscara.

Esses cuidados servem para prevenir alguns problemas dermatológicos, mas também para tratar os danos causados pela máscara. Estes efeitos nocivos podem surgir em função das caraterísticas da pele de cada pessoa, da máscara utilizada e, principalmente, da frequência e duração do seu uso. Fique a saber mais.

Cuidados com a pele da cara ao usar máscara. O que deve fazer?

Mulher a lavar face com água

Nas suas recomendações quanto ao uso de máscaras no contexto da COVID-19, a Organização Mundial da Saúde reconhece que uma das desvantagens do uso prolongado de máscara pode ser desenvolver lesões na pele do rosto, como dermatites ou acne (1).

Assim, é preciso estar atento a sintomas como descamação, vermelhidão ou prurido, os quais podem evoluir para eczema irritativo, lesões dermoabrasivas, feridas superficiais ou acne. Estas reações podem ser causadas pela pressão exercida pela máscara sobre a pele ou pelos períodos de oclusão, em que a pele não “respira” e está sujeita ao ambiente mais húmido.

Além disso, quem já tem problemas de pele, como acne, rosácea, dermatite atópica, dermatite seborreica ou psoríase, pode ver os sintomas da sua doença agravarem-se. Quem tiver alergia ao níquel, deve também ter em atenção a possibilidade de surgir uma dermatite de contacto, devido aos aros metálicos que algumas máscaras possuem.

O que fazer para evitar estes problemas?

Prevenir lesões na pele do rosto pode não ser fácil, uma vez que, para já, as entidades de saúde não aconselham o uso de cremes barreira ou pensos de silicone no rosto, antes da colocação da máscara. Tal pode pôr em risco a total eficácia e proteção oferecidas pela máscara.

Em alternativa, pode sim pôr um tecido ou compressa de algodão entre a pele e a máscara, de modo a evitar o contacto direto entre ambas e, assim, evitar, por exemplo, as dermatites de contacto.

Mulher a aplicar creme hidratante na cara

O que fazer antes e depois de usar a máscara?

Um aspeto muito importante é mudar de máscara, sempre que ela estiver húmida ou danificada. Além disso, quando não estiver a usar máscara, deve reforçar a hidratação da pele com cremes emolientes, de formulações simples e que já tenha usado.

Nesta fase, em que temos de utilizar máscara, devemos ainda evitar cremes anti-envelhecimento, com retinoides ou alfa-hidroxiácidos, ou limpezas de pele, como esfoliações ou peelings.

Quem sofre de uma qualquer doença de pele, deve aconselhar-se junto do seu dermatologista quanto à manutenção ou não dos seus tratamentos.

Máscaras com filtro vs máscaras de tecido: mulher com máscara de tecido
Veja também Máscaras com filtro vs máscaras de tecido: o que tem mesmo de saber

Higienização da máscara

Além de mudar frequentemente de máscara, sempre que a sentir húmida ou com qualquer dano, é essencial lavá-la corretamente (no caso de ser reutilizável) e não a partilhar com mais ninguém.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, as máscaras reutilizáveis devem ser lavadas, preferencialmente, em água quente (60°C), com sabão ou detergente, delicadamente, sem esfregar ou torcer.

Se não lhe for possível lavar a máscara a uma temperatura igual ou superior a 60ºC, pode recorrer a água morna e a um pouco de lixívia própria para roupa, desde que depois enxague devidamente e retire todos os resquícios de detergente (1).

Máscara reutilizável na máquina de lavar roupa

Como colocar e retirar corretamente a máscara

Também nunca é de mais recordar os cuidados que deve ter ao pôr e ao tirar a máscara. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, utilizar mal a máscara pode ser mais arriscado do que não a utilizar.

Os seguintes passos contribuem para a proteção contra o novo coronavírus, assim como também podem evitar alguns problemas, nomeadamente a contaminação do rosto por outros agentes.

Assim, sempre que coloca ou retira a máscara, deve:

  1. Lavar ou higienizar bem as mãos, antes de colocar a máscara.
  2. Deixar o lado branco (interno) da máscara voltado para a cara.
  3. Ajustar bem a máscara ao rosto, não se esquecendo de tapar a boca e o nariz, adaptando a máscara à zona dos ossos nasais e de baixo do queixo.
  4. Não tocar na máscara, enquanto a tiver colocada.
  5. Lavar ou higienizar bem as mãos, antes de remover a máscara.
  6. Remover a máscara, segurando nos seus elásticos, sem lhe tocar.
  7. Descartar a máscara em local próprio ou lavá-la, no caso de ser reutilizável.
  8. Finalizar o processo, lavando ou higienizando uma vez mais as mãos.
Máscaras de proteção certificada: mulher com máscara na mão
Veja também 11 máscaras de proteção certificadas e reutilizáveis que vai ter gosto em usar

Conclusão

Mesmo que a sua pele já manifeste algumas das consequências negativas do uso regular e prolongado de máscara, não esqueça que este é um equipamento de proteção de grande importância para prevenir a transmissão do novo coronavírus. Por essa razão, não deve prescindir do seu uso, devendo no entanto adotar as sugestões deixadas para minimizar os danos para a pele do seu rosto.

Além dos cuidados mais específicos, relacionados com a hidratação mais profunda da sua pele, é essencial não descurar na correta lavagem da máscara (no caso de ser reutilizável), pois uma má higienização pode não só aumentar o risco de contaminação pela COVID-19, como também pode fragilizar a sua pele, especialmente se o detergente usado na lavagem não for totalmente removido da máscara.

Importa ainda lembrar que a pele do rosto é aquela que está mais exposta às agressões do dia a dia, como a poluição e, se a máscara pode ser um meio de também a proteger desse agente agressor, a verdade é que a pele também precisa de respirar e, por isso, sempre que for possível e seguro, deve retirar a máscara, seguindo o passo a passo que indicámos.

Caso as lesões na pele do seu rosto sejam muito graves ou não melhorem com os cuidados e recomendações que deixámos, deve consultar um dermatologista para obter um aconselhamento mais personalizado.

Veja também