Gatos de pelo curto: as raças comuns e cuidados a ter

Os gatos de pelo curto têm a vantagem de não necessitarem de ser escovados tantas vezes como os outros. Ainda assim, é bastante importante ter uma correta manutenção do animal como escovagem semanal e alimentação por exemplo. Saiba mais sobre algumas das características do seu gato de pelo curto e os cuidados necessários.

Gatos de pelo curto: as raças comuns e cuidados a ter
Raças, características e cuidados essenciais a ter com estes animais.

Os gatos de pelo curto têm esta característica que minimiza os cuidados que deve ter com o pelo, no entanto deve realizar uma escovagem periódica no animal, de modo a remover os pelos mortos (aumentar a frequência da escovagem na época de muda do pelo). Por serem gatos de pelo curto, no geral, o aconselhado é que os escove uma vez por semana (no mínimo) e na época de muda é aconselhável escovar diariamente. Pode ainda passar um pano seco uma vez por semana de modo a tornar o pelo mais brilhante.

Existem diversas raças de gatos de pelo curto, em que esta característica pode ser considerada uma vantagem por exigir menos preocupações com a limpeza do animal e com a casa por exemplo. No entanto, há que ter em consideração que estes animais também necessitam de diversos cuidados e que é necessário ter em conta a raça do animal uma vez que algumas raças são mais propensas para algumas doenças do que outras.

 


Abissínio

Abissínio

Azul Russo

Azul Russo

Bengal

Bengal

Bobtail Americano

Bobtail Americano

Bobtail Japonês

Bobtail Japonês

Bombaim

Bombaim

British Short Hair

British Short Hair

Burmês

Burmês

Burmilla

Burmilla

Chartreux

Chartreux

Chausie

Chausie

Cornish Rex

Cornish Rex

Devon Rex

Devon Rex

Gato de Pelo Curto Americano

Gato de Pelo Curto Americano

Gato Exótico

Gato Exótico

Lykoi

Lykoi

Mau Egípcio

Mau Egípcio

Munchkin

Munchkin

Ocicat

Ocicat

Oriental Shorthair

Oriental Shorthair

Pixie-Bob

Pixie-Bob

Savannah

Savannah

Scottish Fold

Scottish Fold

Siamês

Siamês

Snowshoe

Snowshoe

Tonquinês

Tonquinês

Ragdoll

Toyger

Apesar dos gatos de pelo curto terem em comum o tamanho do pelo, há muitas outras características que diferem de raça para raça, o que dá a sua individualidade, tal como a densidade do pelo, a cor, a textura, o brilho e até a personalidade do animal, o que deve ter em conta.

Ambos os gatos de raça pura e gatos de raças mistas têm incidências variadas de problemas de saúde que podem ser de natureza genética ou não.

Cuidados a ter com os gatos de pelo curto


gatos de pelo curto e limpeza

1. Limpar os olhos e orelhas

Os canais lacrimais devem ser limpos com uma loção (Optrex) ou soro fisiológico. Quanto às orelhas, estas devem ser limpas sempre que necessário, com soluções próprias (por exemplo: otoclean). Aumentar frequência se muito sujas.

A limpeza regular das orelhas ajuda a evitar problemas de saúde como por exemplo otites.

2. Limpar as patas e cortar as unhas

É importante estar atento às almofadas plantares do seu gato, retirando possíveis corpos estranhos e cortar regularmente as unhas com tesoura própria para o efeito.

3. Alimentação

Deve ter em conta tanto a raça do seu gato como a idade e o estado de saúde do seu gato. Tenha em atenção estas características uma vez que dependendo delas o seu gato irá ter diferentes necessidades nutricionais.

4. Vacinar e desparasitar

Cuidados veterinários são de extrema importância, sendo aconselhado visitar o veterinário no mínimo duas vezes por ano para controlar o estado de saúde do seu animal de estimação, ter as vacinas e as desparasitações em ordem.

Atenção às alergias


alergias a gato

O fato de ter pelo curto não significa que não provoque alergia em humanos. A alergia a gatos deve-se a uma glicoproteína conhecida como Fel d 1, presente nas glândulas sebáceas da pele (relacionada com descamação), saliva (que não tem que ser necessariamente ao lamber o humano, também quando o animal se lava, espalha saliva no corpo quando se lambe) e urina.

Há pessoas que toleram melhor, no entanto há casos em que estes gatos pioram o estado clínico dos humanos (sem cobertura pilosa como os outros gatos, a descamação da pele espalha-se mais facilmente). Recomenda-se que o potencial proprietário visite um gatil antes da adoção para verificar sua própria tolerância.


Conheça mais raças de gatos:

Todas as raças de gatos

Todas as
raças de gatos

Raças de gatos sem pelo

Raças de gatos
sem pelo

Raças de gatos de pelo curto

Raças de gatos
de pelo curto

Raças de gatos de pelo longo

Raças de gatos
de pelo longo

Drª Cláudia Sousa Drª Cláudia Sousa

Licenciada em medicina veterinária pela Universidade de Évora, integrou o programa de erasmus na Universidade de Pisa. Realizou o estágio extra-curricular no Hospital Veterinário da Universidade de Gent e no Hospital Universitário de Animais Exóticos da mesma universidade. Encontra-se neste momento a realizar o estágio curricular no último ano do mestrado de medicina veterinária. É praticante de yoga e desportos ao ar livre e amante da natureza e dos animais.