Mafalda Braga
Mafalda Braga
20 Mar, 2019 - 13:00

Ocicat: tudo o que precisa de saber sobre esta raça

Mafalda Braga

Embora se pareça com um gato selvagem, o Ocicat não tem nenhum tipo de parentesco com os grandes felinos e o seu temperamento demonstra isso mesmo.

gato ocicat a olhar

O Ocicat nasceu a partir de um cruzamento acidental entre duas raças bem conhecidas, o Siamês e o Abissínio. O resultado foi tão peculiar, dando origem a um manto mosqueado parecido ao do ocelote, um felino selvagem encontrado na América do Sul, que foi daí que a raça recebeu o seu nome. Contudo, os gatinhos nascem quase sem pintas, que se desenvolvem até à idade adulta.

Tendo em conta que estes gatos não têm sangue selvagem, percebe-se por que razão o seu comportamento é, muitas vezes, comparado ao de um cão: obedientes e participativos, são facilmente treináveis, podem andar de trela e até respondem a chamadas verbais do dono.

Características gerais do OCICAT

grupoGrupo: Gatos de pelo curto
origemPaís de Origem: Estados Unidos da América
portePorte: médio/grande
pesoPeso ideal: de 3kg a 7kg
corCor: é aceite apenas o padrão manchado, nas cores castanho, chocolate, azul, lilás, canela, bege e todas estas com prateado
lifeEsperança Média de Vida: de 12 a 17 anos
preçoPreço médio: de 500€ a 800€

Características específicas do OCICAT

Embora possa ter dificuldades em partilhar as suas coisas com outros gatos, consegue conviver de forma saudável com as restantes mascotes da casa, desde que seja respeitado como figura dominante. No que toca a usar os seus brinquedos para interagir com os humanos, a possessividade desaparece, dando lugar a uma enorme vontade de agradar. Aliás, treinar o Ocicat para ir buscar bolas ou penas é um passatempo que ele vai adorar.

Enérgicos, gostam de se empoleirar em lugares altos e demonstram facilidade em abrir portas, pelo que esconder algo dele só funciona num lugar trancado. Contudo, o Ocicat torna-se facilmente entediado se não tiver nada para se entreter.

Pode ser um gato vocal, pois mantém os genes do Siamês, mas a altura da voz e a quantidade de miados são menores.

rating 4Energia
rating 4Inteligência
rating 3Tolerância ao frio
rating 3Tolerância ao calor
rating 3Cuidados de higiene
rating 3Queda de pelo
rating 3Tendência para problemas de saúde
rating 4Facilidade de aprendizagem
rating 4Socialização com crianças
rating 4Socialização com estranhos
rating 2Socialização com cães
rating 2Socialização com gatos

Fases da vida do OCICAT

fase-bébéfase-adultofase-idoso
BébéAdultoIdoso
0 – 12 meses 12 – 12 anos 12 – 17 anos

Físico do OCICAT

físico ocicat

É um gato de compleição forte e de musculatura bem desenvolvida, contudo elegante. Possui uma cabeça cuneiforme com contornos arredondados, onde assentam orelhas grandes e empinadas e um focinho quadrado e bem delineado. Os olhos são amendoados e ligeiramente inclinados, podendo apresentar-se de todas as cores, com exceção do azul.

A sua pelagem, traço muito característico da raça, é mosqueada, fina, macia e de comprimento curto. A cauda, comprida e esguia, tem a ponta numa coloração mais escura.

Temperamento do OCICAT

De selvagem, o Ocicat tem pouco, pois é um gato extremamente apegado à família, estando sempre disponível para receber mimos. O seu caráter sociável permite-lhe estabelecer fortes relações com todos, inclusive com estranhos, de cuja atenção também reclama. Esta raça está menos predisposta a aceitar a solidão e chega a ser um pouco dependente.

Brincalhão e curioso, tende a ser possessivo com os seus brinquedos e a tornar-se destrutivo ser for ignorado, mas aprende rapidamente as regras da casa e adora novos truques.

Problemas de Saúde do OCICAT

DentesGengivite
RinsAmiloidose renal
CoraçãoCardiomiopatia hipertrófica
OutrosObesidade

Cuidados a ter com o OCICAT

DentesPor ser propenso a doenças periodontais, os dentes do Ocicat devem ser escovados semanalmente com um dentífrico próprio para gatos
PeloEscove uma vez por semana para retirar os pelos mortos. No banho, que pode ser ocasional, use um champô adequado à cor da pelagem para a tornar mais viva: por exemplo, em tom bronze para os exemplares castanho, chocolate e canela; em tom pérola para azul, lilás e bege; e de clareamento para os prateados
AlimentaçãoEste gato adora comer, pelo que as porções de comida devem ser bem doseadas e o seu peso controlado, especialmente no caso dos exemplares que têm o Americano de Pelo Curto na linhagem

Origem do OCICAT

A história do Ocicat começa de forma acidental em 1964, quando Virginia Daly, uma criadora de gatos norte-americana, decidiu cruzar um Siamês com um Abissínio para obter um Siamês com um padrão tabby ponteado. A ninhada incluía os gatinhos pretendidos, mas também surgiu um com manchas douradas que se parecia com o selvagem ocelote.

Como o objetivo não era criar uma nova raça, não foi dado muito crédito a este gato, que acabou por ser castrado. Um geneticista com quem Dyle se correspondia mostrou-se mais interessado e sugeriu cruzá-lo de volta com a sua mãe, o que já não era possível. A criadora repetiu então o cruzamento anterior, do qual nasceu um macho com as características desejadas, iniciando-se assim a criação do Ocicat.

O Americano de Pelo Curto foi depois introduzido nos cruzamentos subsequentes para adicionar mais tamanho e robustez, bem como o tom prata da pelagem. A raça foi reconhecida pelas principais entidades de certificação na década de 80.

Curiosidades sobre o OCICAT

O Ocicat é uma das raças felinas de aparência mais selvagem, juntamente com o Savannah, o Bengal e o Mau Egípcio, este último o mais parecido por também ser mosqueado, embora as manchas do Mau sejam mais escuras, erráticas e bem definidas.

Ao contrário dos dois primeiros, o Ocicat é um gato 100% doméstico, apesar de os seus movimentos lembrarem os de um felino selvagem, andando com a barriga rente ao chão como se estivesse no encalço da presa.

Conheça mais raças de gatos: