Mafalda Braga
Mafalda Braga
20 Mar, 2019 - 12:00

Gato Exótico: tudo o que precisa de saber sobre estar raça

Mafalda Braga

Apesar do nome, o Gato Exótico não é assim tão fora do comum, até porque nasceu a partir do cruzamento entre o Persa e o Americano de Pelo Curto.

gato exótico pelo curto

O Gato Exótico, também conhecido por Exótico de Pelo Curto, é praticamente idêntico ao Persa, tanto na fisionomia, como em alguns traços da personalidade. A grande diferença está no comprimento do pelo, que não exige tanta manutenção. Contudo, e apesar do nome que carrega, este gato não tem exatamente o pelo curto, mas sim médio e muito denso.

A raça ainda é invulgar e por vezes aparecem gatinhos de pelo comprido nas ninhadas, mas está no top 5 das mais populares da América, rivalizando com o seu primo mais peludo em várias partes do mundo.

Características gerais do Gato Exótico

O Gato Exótico está muito presente na cultura popular norte-americana, surgindo em longas-metragens e séries de televisão. Embora algumas pessoas acreditem que o famoso personagem de desenhos animados, Garfield, é um exemplar da raça, nem todos os fãs e criadores concordam.

No entanto, não há dúvidas no filme Como Cães e Gatos (2001) e na sequela Cães e Gatos: A Vingança de Kitty Galore (2010): o braço direito do Persa Mr. Tinkles, Calico, é um Gato Exótico. Assim como o animal de estimação de Winston, na sitcom da Fox, Jess e os Rapazes.

Características gerais do GATO EXÓTICO

grupoGrupo: Gatos de pelo curto
origemPaís de Origem: Estados Unidos da América
portePorte: médio/grande
pesoPeso ideal: de 3kg a 6,5kg
corCor: são admitidas todas as cores e padrões, incluindo o do Siamês
lifeEsperança Média de Vida: de 10 a 15 anos
preçoPreço médio: de 600€ a 1600€

Características específicas do GATO EXÓTICO

O Persa é conhecido por ser preguiçoso, mas o Gato Exótico é curioso, cheio de vida e adora brincar, mantendo estas características mesmo em adulto. Por culpa da sua personalidade divertida, costuma ser bastante sociável com outros gatos e animais de estimação e um excelente companheiro para as crianças.

Embora seja mais extrovertido que o Persa, é menos confiante que o Americano de Pelo Curto e pode ser tímido perante estranhos, demorando um pouco até se sentir completamente confortável na presença de quem não conhece.

Os Gatos Exóticos machos são, em geral, mais afetuosos que as fêmeas, que tendem a ser mais distantes. Ambos os sexos são silenciosos, mas costumam amadurecer mais tarde que outras raças.

rating 3Energia
rating 3Inteligência
rating 3Tolerância ao frio
rating 1Tolerância ao calor
rating 3Cuidados de higiene
rating 3Queda de pelo
rating 4Tendência para problemas de saúde
rating 3Facilidade de aprendizagem
rating 4Socialização com crianças
rating 3Socialização com estranhos
rating 4Socialização com cães
rating 4Socialização com gatos

Fases da vida do GATO EXÓTICO

fase-bébéfase-adultofase-idoso
BébéAdultoIdoso
0 – 24 meses 24 – 10 anos 10 – 15 anos

Físico do GATO EXÓTICO

O Gato Exótico partilha muitas das características físicas do Persa, embora seja mais redondo. Possui um corpo compacto e rechonchudo, com estrutura óssea robusta e musculatura poderosa. O peito é largo e as patas são curtas e grossas, assim como a cauda. A cabeça costuma ser bastante maciça, com bochechas cheias e nariz arrebitado curto, revelando uma depressão nasal frontal muito acentuada.

As orelhas são pequenas, bem afastadas e com a base aberta; e os olhos redondos, grandes e salientes, podem assumir qualquer cor, desde que estejam em harmonia com as cores do manto. Este surge ligeiramente mais comprido que noutras raças de pelo curto, apresentando-se denso e aveludado.

Temperamento do GATO EXÓTICO

No que toca à personalidade, o Gato Exótico também mantém algumas das características do Persa, mostrando-se igualmente meigo e tranquilo, embora seja mais ativo e predisposto para a brincadeira e ligeiramente menos dependente dos donos. Contudo, não suporta a solidão, tal como o seu ancestral.

Equilibrado, calmo e pacífico, este gato costuma perseguir os membros da família pela casa em busca de companhia e atenção, apreciando ser mimado no colo, mas também é capaz de passar longos períodos de tempo a divertir-se sozinho.

Problemas de Saúde do GATO EXÓTICO

Sistema respiratórioSíndrome braquicefálica
BocaDeformações na mandíbula que levam a doenças dentárias
OlhosEntrópio; Olho de Cereja (provoca inchaço na glândula da terceira pálpebra); Corrimento lacrimal
RinsSíndrome renal policística
PeleSeborreia oleosa
OutrosObesidade

Cuidados a ter com o GATO EXÓTICO

AlimentaçãoÉ necessário que o Gato Exótico tenha uma alimentação regrada e atenta, pois esta raça tende a engordar
PeloRequer menos manutenção que o Persa, mas como possui um manto duplo e denso, com possibilidade de formar nós, precisa de escovagens semanais para remover os pelos soltos e conservar um bom aspeto
OlhosVisto lacrimejarem com frequência, os olhos do Gato Exótico devem ser limpos diariamente, evitando erupções na pele e feridas no rosto

Origem do GATO EXÓTICO

Criado de forma propositada nos Estados Unidos em 1960, o Gato Exótico surgiu quando os criadores de Americanos de Pelo Curto (APC) decidiram cruzar esta raça com Persas prateados e de olhos verdes, para melhorar a cor da sua pelagem e a sua silhueta. No entanto, os gatinhos não se assemelhavam aos primeiros, mas sim aos segundos, apresentando-se mais pesados, redondos, com o rosto achatado e o manto mais denso e longo.

Atraída pelo resultado, Jane Martinke propôs que fosse registada uma nova raça, chamada Sterling devido à coloração prateada obtida. Mas o nome foi mudado para Exótico de Pelo Curto e passou a incluir todas as cores e padrões. Alguns criadores introduziram outras raças, como o Burmês e o Azul Russo, para manter o gene do pelo curto na linhagem, mas o Persa voltou a ser usado no programa de reprodução.

Em 1967, a CFA (Cat Fancier’s Association) reconheceu o Gato Exótico, embora o chame apenas Exótico, e em 1979, a TICA (Associação Internacional de Gatos) fez o mesmo.

Curiosidades sobre o GATO EXÓTICO

O Gato Exótico está muito presente na cultura popular norte-americana, surgindo em longas-metragens e séries de televisão. Embora algumas pessoas acreditem que o famoso personagem de desenhos animados, Garfield, é um exemplar da raça, nem todos os fãs e criadores concordam.

No entanto, não há dúvidas no filme Como Cães e Gatos (2001) e na sequela Cães e Gatos: A Vingança de Kitty Galore (2010): o braço direito do Persa Mr. Tinkles, Calico, é um Gato Exótico. Assim como o animal de estimação de Winston, na sitcom da Fox, Jess e os Rapazes.

Conheça mais raças de gatos: