Açúcar de coco: a nova (e mais saudável) forma de consumir açúcar

O açúcar de coco tem sido usado, de forma crescente, como alternativa ao açúcar branco refinado. Apesar de o valor energético não ser significativamente diferente, este adoçante natural é mais rico do ponto de vista nutricional, fornecendo vitaminas e minerais e não apenas açúcar. Tire as suas dúvidas e opte pelo melhor.

Açúcar de coco: a nova (e mais saudável) forma de consumir açúcar
Um adoçante natural extraído do coco que constitui uma boa alternativa ao açúcar refinado.

Depois do óleo de coco, do leite de coco, chega o açúcar de coco, um dos novos alimentos da moda.

O açúcar de coco é um adoçante natural extraído da seiva das flores do coqueiro. Apesar de o interesse por este alimento ser relativamente recente na Europa, ele é, já há muito tempo, largamente utilizado como adoçante, em regiões onde florescem coqueiros, nomeadamente o Sudeste Asiático.

Apesar de não ser isento em calorias e não ser um adoçante não energético, é nutricionalmente mais interessante para a saúde por não ser refinado e por ter um índice glicémico mais baixo, propriedades que despertaram o interesse da comunidade científica e da população em geral.

Além disso, tem a vantagem de ser um produto mais sustentável, visto que não cada árvore serve para produzir uma grande quantidade deste açúcar.

Açúcar de coco: propriedades nutricionais


acucar de coco

O açúcar de coco, além de naturalmente rico em hidratos de carbono e açúcares, contém outros nutrientes, entre os quais as vitaminas do complexo B e C, e minerais como o ferro, o zinco, o cálcio, potássio, alguns ácidos gordos de cadeia curta, polifenóis e antioxidantes.

Todos estes compostos contribuem para um maior valor nutricional deste alimento e para o bom funcionamento do organismo.

Fornece cerca de 380-400kcal, as quais são maioritariamente provenientes dos hidratos de carbono (cerca de 90-95%), seguido da proteína (cerca de 1,5%) e dos lípidos (até 1%).

O açúcar de coco parece também conter uma fibra chamada inulina, que pode contribuir para prolongar a absorção de glicemia e evitar picos de açúcar no sangue, diminuindo o índice glicémico face ao açúcar refinado.

Desta forma, como o açúcar é libertado para o sangue mais gradualmente, evitam-se os picos e quebras de glicemia que geram a fome constante e a vontade de consumir produtos ricos em açúcar.

O açúcar de coco tem ainda a vantagem de ser um produto mais natural, sem adição de químicos nem agentes branqueadores, tendo uma capacidade adoçante semelhante à do açúcar tradicional.

Benefícios do açúcar de coco em relação açúcar refinado


1. Maior densidade nutricional

vitaminas e minerais

Como referido anteriormente, o açúcar de coco preserva a maioria dos micronutrientes da planta original, sendo muito mais rico em micronutrientes do que o açúcar refinado.

Os principais minerais presentes no açúcar de coco são o potássio, magnésio, zinco, ferro e vitaminas B1, B2, B3 e B6.

Estes micronutrientes ajudam na promoção de uma boa saúde cardiovascular, muscular e metabólica, sendo essenciais para a homeostasia do organismo.

2. Menor índice glicémico

medidor glicemia

Outra grande vantagem desta alternativa ao açúcar refinado é o seu menor índice glicémico (praticamente metade do açúcar refinado), sendo especialmente importante para quem sofre de diabetes ou diabetes gestacional.

Pelo facto de não promover picos de glicemia, é uma alternativa mais saudável para a saúde, evitando futuras condições de resistência à insulina e de condições pré-diabéticas em indivíduos saudáveis.

3. Pode favorecer a perda de peso

perda de peso eficaz

O baixo índice glicémico também faz do açúcar de coco um aliado na perda de peso, derivado do seu menor índice glicémico.

Com efeito, como ajuda a prolongar a sensação de saciedade e evita ataques de fome e voracidade alimentar, o açúcar de coco parece reduzir a ingestão alimentar nas refeições seguintes.

No entanto, importa salientar que o açúcar de coco apresenta praticamente o mesmo valor energético que qualquer outro açúcar, sendo aconselhável moderar o seu consumo tal como nos outros tipos de açúcar, principalmente se a sua intenção for controlar o peso.

De acordo com as recomendações da Organização Mundial da Saúde, o consumo de açúcar no geral não deve passar de 5% do total de calorias diárias.

Açúcar de coco na cozinha


acucar de coco na cozinha

O açúcar de coco pode ser usado como substituição do açúcar branco ou amarelo, podendo ser utilizado em praticamente todas as receitas.

Devido à sua cor castanho dourada e textura ligeiramente grossa, tende a combinar melhor para fazer bolos, muffins, brownies e pão. Para sobremesas de cor branca ou clara, não se recomenda o uso de açúcar de coco, pois isso afetará a cor.

Outro aspeto importante a salientar é que o sabor do açúcar de coco é semelhante ao açúcar mascavado, ajudando a realçar o sabor da maioria dos alimentos.

Veja também:

Nutricionista Rita Lima Nutricionista Rita Lima

Rita Lima é nutricionista e trabalha, atualmente, nos ginásios Urban Fit de Ermesinde, Antas Prime Fitness e CulturaFit Club no Porto. Durante 2 anos colaborou no projeto Dragon Force do Futebol Clube do Porto e com o Boavista Futebol Clube. É licenciada em Ciências da Nutrição pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto e frequentou o Curso de Nutrição no Desporto na mesma faculdade.