Alimentos que podem causar síndrome do intestino irritável

Sofre de síndrome do intestino irritável? Então descubra os alimentos que podem causar síndrome do intestino irritável, os chamados FODMAP, e previna-se.

Alimentos que podem causar síndrome do intestino irritável
A designação FODMAP diz-lhe alguma coisa? Se não diz, talvez deva familiarizar-se com este conceito.

O síndrome do intestino irritável (SII) é uma doença funcional do trato gastrointestinal definida de acordo com o seu padrão de sintomas (dor ou desconforto abdominal recorrente associada a alterações dos hábitos intestinais), a sua natureza crónica e ausência de doença orgânica detetável.

Embora não constitua uma condição com risco de vida, a sua prevalência tem vindo a aumentar, sendo uma doença que reduz marcadamente a qualidade de vida do doente.

Relacionados com estes sintomas parecem estar certos alimentos que podem causar síndrome do intestino irritável (ou refeições que contenham esses alimentos), designados por alimentos ricos em FODMAPs.

Os alimentos e a dieta FODMAP tiveram origem na Austrália no ano de 1999 com o objetivo de tratar problemas relacionados com a síndrome do intestino irritável, mas só agora parecem começar a ter uma maior notoriedade noutras partes do mundo.

O que são FODMAPS?


alimentos que podem causar sindrome do intestino irritavel

O termo FODMAP refere-se a alimentos que possuem oligossacarídeos, dissacarídeos, monossacáridos e polióis fermentáveis, os quais não são bem digeridos ou absorvidos pelo trato gastrointestinal.

Esta família de hidratos de carbono de cadeia curta mal absorvidos no intestino, aumenta a carga osmótica neste local, atraindo a água para o intestino, o que pode causar diarreia. Após a passagem para o cólon, os FODMAPs são rapidamente fermentadas por bactérias, criando gás e flatulência.

Os FODMAPs incluem a frutose, frutanos, galacto-oligossacarídeos (GOS), lactose e polióis (sorbitol e manitol) e são encontrados naturalmente em muitos alimentos e alguns aditivos alimentares.

Neste contexto, estes alimentos podem causar desconfortos intestinais como inchaço, cólicas, obstipação, diarreia ou refluxo e, por esse motivo, necessitam de ser limitados ou até mesmo eliminados da dieta.

Dieta pobre em FODMAP e Síndrome do intestino irritável


Como já referido anteriormente, os FODMAPs, hidratos de carbono de cadeia curta e açúcares-álcoois, encontrados naturalmente em alguns alimentos ou em aditivos alimentares.

Uma dieta baixa em FODMAPs é usada internacionalmente como uma terapia alimentar eficaz para a síndrome do intestino irritável, sendo cada vez mais significativo o número de pessoas que têm intolerância a um ou mais FODMAPs. No entanto, nem todos FODMAPs causarão sintomas em toda a gente.

O controlo do consumo de alimentos que contêm os FODMAPs permite aos indivíduos que sofrem deste síndrome, reduzir significativamente ou até mesmo eliminar os sintomas da doença.

Além do síndrome do intestino irritável, uma dieta baixa em FODMAPs pode melhorar os sintomas de outros problemas gastrointestinais, tais como a doença celíaca ou doença de Crohn.

Alimentos ricos em FODMAP que podem causar sintomas de síndrome do intestino irritável

alimentos que causam sindrome do intestino irritavel

Os alimentos ricos em FODMAP estão dispersos por várias fontes alimentares consumidas regularmente, tornando difícil encontrar os verdadeiros causadores dos sintomas.

Estes hidratos de carbono fermentáveis de cadeia curta englobam oligossacarídeos, dissacarídeos, monossacarídeos e polióis.

– Oligossacarídeos: Neste subgrupo estão incluídos os frutanos e galactanos, encontrados em alimentos como o trigo, o centeio, a cebola, o alho e leguminosas, como as lentilhas, o feijão e o grão-de-bico.

– Dissacarídeos: Neste subgrupo, o principal dissacarídeo é a lactose, encontrada em produtos lácteos como leite, queijos e iogurtes. Devido ao défice de lactase, enzima que digere a lactose a nível intestinal, este hidrato de carbono pode não ser bem digerido.

– Monossacarídeos: Dentro dos monossacarídeos, o mais relevante a salientar é a frutose, encontrada no mel, fruta, em particular maçã, pera e melancia, xaropes de milho, entre outros. A capacidade de absorver frutose livre varia amplamente entre indivíduos. Aqueles que não a conseguem absorver normalmente, deverão fazer uma dieta pobre neste monossacarídeo.

– Polióis: Constituem álcoois de açúcar, dos quais são exemplo o sorbitol, manitol, xilitol, eritritol, polidextrose e isomalteencontrados, em algumas frutas e vegetais e edulcorantes artificiais.

Alimentos com baixo teor de FODMAP que deve privilegiar

frutos vermelhos em bagas

Os alimentos com baixo teor de FODMAP que deve privilegiar em casa de síndrome de intestino irritável são:

No entanto, importa referir que fazer uma dieta pobre em FODMAPs não significa que tem de deixar drasticamente de consumir esses alimentos, trata-se de uma redução do seu consumo, de modo a perceber se isso melhora os sintomas da doença intestinal.

Veja também:

Nutricionista Rita Lima Nutricionista Rita Lima

Rita Lima é nutricionista e trabalha, atualmente, nos ginásios Urban Fit de Ermesinde, Antas Prime Fitness e CulturaFit Club no Porto. Durante 2 anos colaborou no projeto Dragon Force do Futebol Clube do Porto e com o Boavista Futebol Clube. É licenciada em Ciências da Nutrição pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto e frequentou o Curso de Nutrição no Desporto na mesma faculdade.