Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
06 Nov, 2020 - 13:51

6 em cada 10 pessoas no mundo está cansada da pandemia

Mónica Carvalho

Dados revelados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) revelam que o cansaço provocado pela pandemia atinge 60% da população mundial.

Mulher sentada numa secretária com ar cansado

O sentimento de sobrecarga, por nos mantermos constantemente vigilantes, e de cansaço, por obedecermos a restrições e alterações na nossa vida devido à pandemia, estão a ter um grande impacto na população mundial. De tal forma, que a OMS estima que 6 em 10 pessoas está mesmo cansada da pandemia.

A COVID-19 continua a exigir uma grande capacidade de adaptação a todos, pelo que, de acordo com a Ordem dos Psicólogos, é natural que nos possamos sentir “menos motivados para seguir as orientações e os comportamentos de proteção, após tantos meses a viver com limitações, sacrifícios e incerteza”, logo cansados e fartos desta situação. A isso chama-se “fadiga da pandemia”.

Isto faz também com que não seja fácil perspetivar o futuro e lidar com as alterações frequentes das orientações das autoridades de saúde, à medida que também evolui o número de casos, as dinâmicas da pandemia e a própria desinformação que vai circulando e que pode toldar pensamentos.

A par disso, a pandemia traz outros efeitos negativos: o desemprego, a perda de rendimentos ou a deterioração das condições de vida, por exemplo.

Situação financeira instável e saúde mental: casal a rever orçamento familiar
Veja também Situação financeira instável e saúde mental: como reagir a esta situação?

Dicas para um pensamento positivo

Trabalhadores no escritório com máscara

Tudo isto fez com que a Ordem dos Psicólogos criasse uma série de dicas para ajudar a enfrentar este período de forma mais positiva, e de modo a colocarmos o bem-estar de cada um em primeiro lugar, sem nunca esquecer os esforços de cada um para combater o vírus.

Tome nota:

  1. Comprometer-se: use máscara, lave as mãos e mantenha o distanciamento físico.
  2. Repetir: há comportamentos que se devem tornar num hábito e só o conseguimos fazer com a repetição.
  3. Ter sempre à mão desinfetante e máscara, para não sermos impedidos de fazer o que quer que seja.
  4. Aceitar e persistir: a pandemia está para durar, por isso, devemos adaptarmo-nos em vez de tentar negar ou combater o que não podemos.

Estas dicas ajudarão a tornar os dias mais leves e a encarar este momento de forma mais tranquila, o que se irá refletir no modo como nos sentimos dia após dia.

Mulher a transformar pensamentos negativos em pensamentos positivos
Veja também Como transformar pensamentos negativos em pensamentos positivos?

Fontes

  1. Ordem dos Psicólogos – COVID-19: fadiga da pandemia. Disponível em: https://www.ordemdospsicologos.pt/ficheiros/documentos/doc_covid_19_fadiga_pandemia.pdf
Veja também