Psicóloga Ana Graça
Psicóloga Ana Graça
11 Mai, 2020 - 10:05

Como transformar pensamentos negativos em pensamentos positivos?

Psicóloga Ana Graça

Pensamentos negativos intrusivos e em excesso podem interferir na qualidade de vida e provocar sintomas depressivos e ansiosos. Como afastá-los?

Mulher a transformar pensamentos negativos em pensamentos positivos

Já parou para pensar na quantidade de tempo que despende com pensamentos negativos? Quanto tempo gasta à volta de ruminações ansiosas e pensamentos acerca daquilo que não está a funcionar como deveria na sua vida? Possivelmente, demasiado. Mas não desanime, não é caso único.

De forma frequente, somo atraídos pelo que nos provoca dor e pelas experiências de vida mais negativas. Mas se queremos ser felizes porque nos apegamos tanto aos pensamentos negativos e como podemos mudar esse hábito? Vamos descobrir como transformar pensamentos negativos em pensamentos positivos!

Pensamentos Negativos: porque não nos conseguimos livrar deles?

Pensamentos negativos: mulher deitada no sofá

Repetimos na nossa mente eventos menos bons do passado e antecipamos de forma ansiosa o futuro. Os pensamentos negativos são comuns. O problema surge quando permitimos que interfiram no nosso dia-a-dia e nos impeçam de gozar as experiências diárias, distraindo-nos daquilo que é realmente importante, o aqui e o agora.

Revisitar momentos de sofrimento e eventos que nos deixaram insatisfeitos é comum e natural. É uma tentativa de reescrever o que se passou e não permitir que essas mesmas realidades se voltem a repetir.

No entanto, associado a essa dor e a esses pensamentos negativos podem surgir sentimentos que nos deixam desconfortáveis, com humor mais deprimido e ansioso. Ou seja, em muitos casos, pensar continuamente naquilo que nos magoa e correu de forma menos positiva, não nos faz sentir melhor (1, 2).

Ansiedade: mulher pensativa a olhar pela janela
Veja também Vamos falar sobre ansiedade? Saiba mais sobre esta perturbação

Como transformar pensamentos negativos em pensamentos positivos?

Pensamentos negativos: mulher a sorrir

Há boas notícias! Com alguma prática e dedicação é possível substituir padrões de pensamentos negativos por pensamentos mais positivos. Mais ainda, esta mudança pode fazer uma grande diferença ao nível do bem-estar e da felicidade.

1.

Tomar consciência

Para quebrar o hábito de revisitar frequentemente momentos e pensamentos negativos importa, antes de mais, tomar consciência desse hábito. Compreender em que momentos é que tal acontece e quais as consequências negativas que esse hábito acarreta (1).

2.

Identificar as distorções de pensamento

A nossa mente tem a capacidade de criar pensamentos imprecisos, que não correspondem inteiramente à realidade e que reforçam os pensamentos negativos.

Importa ser capaz de reconhecer esses pensamentos disfuncionais, bem como aprender a desafiá-los. Eis algumas das distorções de pensamento mais comuns:

  • Pensamento do tipo tudo ou nada/preto ou branco: analisar tudo de forma extremada, sem contemplar um meio-termo
  • Personalização: assumir a culpa por tudo o que acontece de errado
  • Filtro de pensamento: optar apenas por ver o lado negativo de todas as situações
  • Pensamento catastrófico: antever sempre o pior cenário possível (2).
3.

Desafiar as distorções e os pensamentos negativos

Depois de investigar e identificar as distorções de pensamento presentes, importa desafiá-las e questionar qual a vantagem de centrar a atenção em eventos e pensamentos negativos.

Sempre que surgir um pensamento negativo, é importante avaliá-lo e desafiá-lo. Estará totalmente correto? Corresponde efetivamente à realidade? Não estará a mente a assumir que o pior vai acontecer sem que existam evidências que o comprovem? Não se estará a culpar de algo quando não tem culpa alguma? (1, 2)

4.

Afastar os pensamentos negativos

Como afastar os pensamentos mais pessimistas? Após dedicar breves minutos aos pensamentos negativos intrusivos, desafiando-os, importa dedicar algum tempo a atividades prazerosas, indutoras de emoções positivas.

É importante mudar o foco dos pensamentos negativos e não lhes dedicar demasiado tempo (1, 2).

5.

Ser grato

Mesmo nas fases menos positivas e mais desafiantes da vida há sempre algo pelo qual estar grato. Focar a atenção nessas pequenas coisas contribui para afastar e minimizar o impacto dos pensamentos negativos (2).

6.

Estimular os pensamentos positivos

É importante contrariar a tendência natural de insistir no negativo e ignorar o positivo. Contrariar esta tendência pode não ser tarefa simples, mas deve ser feita todos os dias.

O foco e a concentração devem incidir nos aspetos positivos, nas qualidades, nos pontos fortes, nos eventos de vida felizes. Os erros cometidos, os julgamos, os eventos de vida menos felizes não devem ocupar demasiado do nosso tempo, sobretudo quando não temos solução para lhes dar (2).

Pessimismo: jovem a desenhar um smile na parede
Veja também Como deixar o pessimismo de lado? Tornando-se um otimista!

Para concluir

Importa ressalvar que quando, após algumas tentativas, alguém não se sente capaz de gerir e afastar pensamentos negativos e estes interferem de forma significativa na sua vida diária, no seu bem-estar e na sua felicidade, deve procurar ajuda especializada.

Nestas situações, o apoio prestado por um psicólogo pode ser uma grande ajuda para a diminuição do sofrimento emocional.

Fontes

  1. Colier, N. (2019). Negative Thinking: A Dangerous Addiction. Psychology Today. Disponível em: https://www.psychologytoday.com/us/blog/inviting-monkey-tea/201904/negative-thinking-dangerous-addiction
  2. Harteneck, P. (2015). 7 Ways to Deal With Negative Thoughts. Psychology Today. Disponível em: https://www.psychologytoday.com/us/blog/women-s-mental-health-matters/201509/7-ways-deal-negative-thoughts
Veja também