Psicóloga Ana Graça
Psicóloga Ana Graça
20 Mar, 2020 - 06:40

Distanciamento social: como lidar e entreter as crianças em casa?

Psicóloga Ana Graça

O isolamento/quarentena de crianças devido ao novo coronavírus levanta dúvidas/desafios às famílias. Estes são os conselhos da psicóloga Ana Graça para saber como lidar e entreter as crianças em casa.

Crianças a brincar em casa

O distanciamento social tem como objetivo proteger-nos a nós mesmos e aos outros. Quem tem crianças facilmente percebe que este período de isolamento levanta vários desafios, nomeadamente, como lidar e entreter as crianças em casa?

Distanciamento social: como lidar e entreter as crianças em casa?

Uma das principais medidas de contenção da propagação do novo coronavírus passa pela restrição dos contactos sociais e pelo encerramento dos diversos estabelecimentos de ensino. Perante a permanência em casa de milhares e milhares de crianças, importa acima de tudo zelar pela sua saúde mental e bem-estar.

Para tal, os especialistas em saúde mental têm sugerido que algumas medidas sejam implementadas pelas famílias portuguesas. Como lidar e entreter as crianças em casa? Estas 8 medidas podem ajudar.

1. Ajudar as crianças a encontrar formas positivas de expressar os sentimentos que as perturbam

Importa promover alívio nas crianças, permitindo que comuniquem os seus sentimentos perturbadores (medo, tristeza, ansiedade) num ambiente seguro e de confiança. Envolver a criança numa atividade criativa (desenhar; jogar) pode ajudar (1).

como lidar e entreter as crianças em casa: crianças a desenhar

2. Manter as crianças próximas dos pais e família

É importante que as crianças estejam junto daqueles que lhes trazem segurança e inspiram confiança. Quando por algum motivo tal não é possível, importa assegurar que estão disponíveis cuidadores alternativos que acompanhem as crianças. É também importante que estas mantenham contacto regular com os pais sempre que possível, da forma que for possível (2).

3. Manter rotinas, tanto quanto possível (nomeadamente a hora das refeições e de ir dormir)

Incentivar as crianças a continuar a brincar e a socializar, mesmo que apenas com os membros da família que partilham habitação. Pesquise e dinamize atividades apropriadas à idade das crianças (2).

4. Em situações de stress e crise é natural que as crianças necessitem de maior atenção e sejam mais exigentes com os adultos que as rodeiam

Os pais devem conversar com as crianças de forma honesta e adequada à idade acerca da situação que vivemos e acerca da necessidade de distanciamento social.

Sossegar as preocupações das crianças é tão importante como gerir as suas próprias emoções, já que as crianças observam e imitam os comportamentos dos adultos de referência (2).

como lidar e entreter as crianças em casa: dicas

5. Evitar linguagem que possa culpar terceiros e levar ao estigma

Lembre-se de que este vírus pode deixar qualquer pessoa doente, independentemente da raça ou etnia (3).

6. Prestar atenção aquilo que as crianças assistem ou ouvem na televisão, rádio ou online

Pode ser pertinente reduzir a quantidade de tempo focada nas notícias relacionadas com o novo coronavírus, dado que as crianças podem ficar facilmente perturbadas. Demasiada informação pode gerar mais ansiedade (3).

7. Desfrutar do tempo em família

Transforme a situação de isolamento numa oportunidade de desfrutar do tempo em família. Promova a atividade física, o tempo de exposição solar e aproveite para realizar aquelas atividades para as quais não costuma haver tempo (4).

Mulher sentada no sofá a ler

8. Cuidar de si

Os pais, apesar de estarem a prestar assistência aos filhos, devem, sempre que possível, ter algum tempo para eles mesmos.

As “birras” e os desentendimentos vão surgir inevitavelmente, pelo que é importante que também consiga descansar e relaxar (4).

Em suma

Com o encerramento das escolas e a necessidade de distanciamento social, as crianças ficaram resguardadas em casa e os pais depararam-se com um grande desafio: como lidar e entreter as crianças em casa?

Os pais devem estar atentos ao impacto psicológico que esta situação pode ter nas crianças. De forma a atender as necessidades psicológicas das crianças, os pais devem manter uma comunicação próxima e aberta, estar disponíveis e atentos, zelar pela manutenção de rotinas saudáveis e aproveitar a oportunidade para reforçar os laços familiares.

Fontes

  1. Direção-Geral da Saúde. (2020). Perguntas Frequentes. Disponível em: https://covid19.min-saude.pt/perguntas-frequentes/
  2. Organização Mundial de Saúde. (2020). Mental Health Considerations during COVID-19 Outbreak. Disponível em: https://www.who.int/docs/default-source/coronaviruse/mental-health-considerations.pdf?sfvrsn=6d3578af_2
  3. National Association of School Nurses and the National Association of School Psychologists. (2020). Talking with children about Coronavirus Disease 2019: Messages for parents, school staff, and others working with children. Disponível em: https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/community/schools-childcare/talking-with-children.html
  4. Ordem dos Psicólogos Portugueses. (2020). COVID-19 Como lidar com uma situação de isolamento. Disponível em: https://www.ordemdospsicologos.pt/ficheiros/documentos/doc_covid_19_opp.pdf
Veja também