Psicóloga Ana Graça
Psicóloga Ana Graça
03 Set, 2020 - 10:15

8 dicas para um regresso às aulas sem COVID-19: fale com os miúdos!

Psicóloga Ana Graça

O regresso às aulas sem COVID-19 é o desejo de pais, alunos e professores. Eis algumas dicas para um regresso à escola mais sereno e seguro.

Regresso às aulas sem COVID-19: mãe a levar filho à escola

A Direção-Geral da Saúde apela à confiança de pais e filhos no regresso às aulas e assegura que tudo está a ser preparado para que este aconteça em segurança. Mas como podem os pais promover a confiança nos mais pequenos, para que estes regressem às aulas motivados e tranquilos, se eles mesmos se sentem apreensivos? Vamos tentar ajudar, dando a conhecer algumas dicas para um regresso às aulas sem COVID-19!

COVID-19 e o regresso às aulas

Estudantes a entrar na sala de aula

Com as férias de verão a terminar e o início do ano letivo a chegar são muitas as famílias que experienciam ansiedade e preocupação com o regresso à escola. Como a própria Direção-Geral da Saúde afirma “não há risco zero em nada” e, apesar de terem sido elaboradas e implementadas regras e medidas que visam minimizar o risco, é natural que pais e filhos se sintam receosos e inseguros 1.

O 3º período do ano letivo anterior decorreu de forma presencial para alguns alunos e, de acordo com a Direção-Geral da Saúde, decorreu de forma bastante pacífica, dado que a percentagem de pessoas infetadas em estabelecimentos de ensino foi muito pequena (a rondar os 0.2%).

Ainda de acordo com o mesmo organismo, esta reabertura parcial do ensino presencial no final do último ano letivo mostrou que, cumpridas as regras, nomeadamente o uso da máscara, a distância física e a higienização das mãos, as vantagens de frequentar o ensino superam muito o risco 2.

Um regresso às aulas sem COVID-19, de forma absoluta, não é possível, pois o risco está sempre presente. Todavia, é importante que as crianças retomem as suas rotinas escolares de forma serena e tranquila, bem como é desejável que os pais se sintam apaziguados e confiantes.

Ano letivo 2020/2021: alunos em aula do ensino básico com máscaras
Veja também Ano letivo 2020/2021: orientações excecionais de organização e funcionamento

8 dicas para um regresso às aulas sem COVID-19

Com o regresso às aulas, é pedido a toda a comunidade educativa que contribua para a contenção da propagação do novo coronavírus. Todos têm um papel a desempenhar e os mais novos não são exceção. Assim, para um regresso às aulas sem COVID-19 há algumas dicas a ter em conta:

1.

Sensibilizar os mais pequenos para o cumprimento das regras de segurança

Mãe a conversar com filha sobre a importância de desinfetar mãos e usar máscara na escola

Os pais devem tentar sensibilizar os mais pequenos para o cumprimento das regras de segurança dentro dos recintos escolares (boas práticas de higienização das mãos e etiqueta respiratória; correto manuseamento e utilização de máscara; distanciamento físico; evitar tocar em superfícies comuns)3 .

2.

Mostrar disponibilidade para esclarecer dúvidas

Incentivar as crianças para, na presença de dúvidas ou sintomas, falar de imediato com professores e família. Os pais devem mostrar-se sempre disponíveis para esclarecer dúvidas e serenar os mais pequenos 3.

3.

Ensinar a lidar com a mudança

Conviver com a incerteza é difícil tanto para os adultos, como para as crianças. Importa, portanto, aceitar que a imprevisibilidade se vai manter nos próximos tempos, pelo que há atitudes que importa fomentar: capacidade de adaptação; resposta resiliente aos desafios; flexibilidade para lidar com a mudança 4.

4.

Ajustar expetativas

Mãe a conversar com filho no caminho para a escola

Muito provavelmente as férias de verão deste ano não foram as idealizadas e o mesmo acontecerá com o regresso à escola. Importa, pois, estar preparado para ajustar este regresso às medidas de proteção em vigor e ao ritmo do desconfinamento 4.

5.

Preparar, antecipadamente, a retoma do ano escolar

Para as crianças e adolescentes o regresso à escola poderá ser muito desafiante, exigindo medidas específicas de suporte, que promovam uma reintegração escolar presencial de sucesso, que assegure o bem-estar e a saúde física e psicológica.

É importante que os pais envolvam os mais pequenos nas tomadas de decisão e organização do regresso à escola, fomentando uma sensação de segurança e confiança 5.

6.

Lidar com a própria ansiedade e insegurança

Também os pais e cuidadores podem sentir ambiguidade e receios face ao regresso à escola dos filhos. É natural que possam experienciar uma grande variedade de sentimentos, por vezes até contraditórios, tais como alívio, preocupação, culpa e confiança.

É importante que os pais acreditem que a escola é um espaço seguro, que contribui para o desenvolvimento dos filhos. Devem tentar reconhecer os próprios receios e sentimentos de ansiedade, promovendo formas saudáveis de lidar com eles 5.

7.

Reforçar a tolerância e a paciência

Mãe a levar filhos à Escola

O dia a dia e as rotinas das crianças sofreram enormes alterações nos últimos meses. É necessário que os adultos respeitem o seu ritmo de readaptação 5.

8.

Vigiar as reações das crianças às mudanças que ocorrerão no contexto escolar

Os pais devem tentar planear uma integração gradual e um momento especial para atribuir um significado à reentrada na escola, suavizando o impacto das emoções negativas que lhe possam estar associadas. Devem igualmente estar especialmente atentos às primeiras semanas após o início do ano escolar 5.

Em suma

Para um regresso às aulas sem COVID-19 é fundamental que pais e filhos sintam e transmitam confiança na escola. É importante confiar que todas as medidas e acções possíveis estão a ser tomadas para tornar as escolas espaços seguros e transmitir esta segurança aos mais jovens, pois assim será mais fácil para estes enfrentar os seus receios e sentir-se bem dentro de espaço escolar.

Fontes

  1. Direção-Geral da Saúde. (2020). Diretora-Geral da Saúde apela à confiança no regresso às aulas. Disponível em: https://covid19.min-saude.pt/diretora-geral-da-saude-apela-a-confianca-no-regresso-as-aulas/
  2. Direção-Geral da Saúde. (2020). Percentagem de infeções nas escolas foi muito baixa. Disponível em: https://covid19.min-saude.pt/percentagem-de-infecoes-nas-escolas-foi-muito-baixa/
  3. Regresso às aulas presenciais – regras de segurança (Covid-19). Direção-Geral da Saúde. (2020).  Disponível em: https://www.dge.mec.pt/noticias/regresso-aulas-presenciais-regras-de-seguranca-covid-19
  4. Ordem dos Psicólogos Portugueses. (2020). COVID-19 plano 2+1 para as férias de verão. Disponível em: https://www.ordemdospsicologos.pt/ficheiros/documentos/doc_covid_19_plano_2_1_para_as_ferias_de_verao.pdf
  5. Ordem dos Psicólogos Portugueses. (2020). Recomendações para Pais e Cuidadores. Disponível em: http://escolasaudavelmente.pt/covid19/transicoes-escolares/recomendacoes-para-pais-e-cuidadores
Veja também