Teresa Santos
Teresa Santos
03 Abr, 2020 - 10:41

9 coisas a fazer em casa para se manter ativo

Teresa Santos

O isolamento recomendado devido à pandemia de COVID-19 não deve ser sinónimo de sedentarismo. Há 9 coisas a fazer em casa para se manter ativo e com energia.

Coisas a fazer em casa para se manter ativo: família a dançar

A Organização Mundial de Saúde (OMS) aconselha todos os cidadãos a praticarem 30 minutos de atividade física por dia. O tipo de exercícios executados não são muito relevantes, desde que tenham uma intensidade, no mínimo, moderada e promovam a aptidão cardiovascular e o reforço muscular.

coisas a fazer em casa para se manter ativo que podem deixar a sua saúde, física e mental, em melhor estado. Apenas precisa de ser criativo e utilizar os recursos que estão à sua volta como um meio de trabalhar o corpo e o espírito. Inspire-se nas nossas dicas e cuide do seu corpo, mesmo estando em isolamento.

9 coisas a fazer em casa para se manter ativo

1.

Use ou improvise material de ginásio

Treino sem equipamento: mulher a treinar triceps em casa

Esta é a hora para dar uso àquela passadeira que comprou e que nunca utilizou ou limpar o pó àqueles pesos que tem guardados debaixo da cama. Se não tem nenhum destes objetos, também não há problema. Subir e descer as escadas de casa; fazer flexões e abdominais; ou usar as cadeiras e os pacotes de leite como recurso são estratégias criativas para ir exercitando o corpo.

Mulher a fazer treino sem equipamento em casa
Veja também Treino em casa sem equipamento: 8 exercícios
2.

Dê movimento ao seu trabalho

Principalmente quem está em casa em teletrabalho deve tentar imprimir algum movimento e dinamismo à sua atividade que, normalmente, convida ao sedentarismo, pois é feita sentado, à frente de um computador.

Um dos truques é fazer alguns mini-breaks e, sempre que possível, executar o trabalho em pé, nem que pouse o computador sobre uma bancada, por exemplo.

3.

Mexa-se enquanto come ou cozinha

Receitas para fazer com os mais novos: mãe a cozinhar com filho

Mesmo que esteja em teletrabalho, há momentos de pausa para comer e preparar as refeições. Nessas alturas, aproveite para se movimentar. Coloque uma música e dance enquanto cozinha. Faça pratos leves e saudáveis. Não fique muito tempo sentado à mesa e, se conseguir, coma algumas refeições em pé. Reduza a hora de almoço e aproveite-a para fazer exercício físico.

Atividades para fazer em casa em família durante a quarentena
Veja também Sobreviver ao isolamento: 10 atividades para fazer em casa em família
4.

Caminhe, enquanto faz chamadas

Ao longo do dia, é provável que passe algumas horas ao telefone, a fazer chamadas. Independentemente de serem contactos pessoais ou profissionais, pode aproveitar para fazê-los enquanto caminha pela casa e, até, enquanto faz outras tarefas. Essa é uma maneira de executar, ao mesmo tempo, mais do que uma atividade e combater o sedentarismo.

5.

Siga a técnica de Pomodoro

Coisas a fazer em casa para se manter ativo: organizar agenda

Organize a sua agenda diária, criando pequenos intervalos a cada 25 minutos de trabalho. Essas breves pausas podem não só servir para relaxar, como para se mexer e exercitar os músculos. Faça alongamentos, caminhe, suba escadas ou um degrau que tenha em casa (exercício tipo step), salte e, assim, conseguirá quebrar o sedentarismo.

6. Limpe a casa

Além de ser necessário, esta é uma forma de queimar algumas calorias. Procure impregnar algum ritmo a esta tarefa, de modo a exercitar ao máximo o corpo. Aspire, limpe o pó e, sem se dar conta, vai estar a trabalhar bastantes áreas do seu corpo.

Como desinfetar objetos: mulher a limpar torneiras da casa de banho
Veja também COVID-19: veja como desinfetar objetos em casa corretamente
7.

Vá até ao jardim

Alimentos que pode replantar: manjericão

Quem tem uma casa com um espaço exterior deve aproveitá-lo ao máximo. Um jardim, horta ou quintal são zonas ideais para praticar algum exercício físico (fazer ginástica ou correr). Além disso, tratar do campo, cultivar e colher alimentos são alguns exemplos de atividades úteis e lúdicas, através das quais também exercita o corpo.

8.

Dance

A maioria das pessoas gosta de dançar. Pode não se ter tanto jeito ou talento, mas para este fim isso não importa. Coloque as suas músicas preferidas e aproveite para se movimentar ao som delas. Além de se mexer, irá ficar mais bem-disposto e com melhor humor.

Crianças a brincar em casa
Veja também Distanciamento social: como lidar e entreter as crianças em casa?
9.

Faça ioga ou pilates

Tudo sobre o pilates: benefícios, princípios e como praticar

Estas atividades físicas, além de trabalharem o corpo, também relaxam e ajudam a meditar, o que é fundamental nesta fase. Se nunca praticou ioga ou pilates, não se preocupe! Há muitos tutoriais disponíveis na internet, assim como professores a darem aulas livres e gratuitas online.

MANTENHA-SE ATIVO, MESMO EM CASA

A Direção-Geral da Saúde considera que estar muito tempo sentado, reclinado ou deitado é um comportamento sedentário (1). O sedentarismo está na origem de uma série de problemas de saúde como a obesidade que conduz a outras tantas doenças como a hipertensão arterial ou o acidente vascular cerebral (AVC).

Por essa razão, durante o período de isolamento motivado pela pandemia de COVID-19, é essencial que os indivíduos se mantenham ativos e em forma, ainda que não saiam do seu domicílio. Para isso, não é preciso ter um ginásio em casa, nem sequer praticar um desporto indoor.

A Forbes Coaches Council dá algumas ideias bastante criativas sobre como contrariar o sedentarismo (2), muito úteis sobretudo para quem está em casa em teletrabalho. Embora algumas dessas sugestões não se possam pôr em prática, por implicarem saídas do domicílio, há muitas propostas válidas que pode adaptar à realidade atual.

Conclusão

Manter-se ativo, principalmente neste período de isolamento, é mesmo fundamental e pode ser uma das chaves para conseguir preservar a sua saúde quer física, quer mental. Fazer regularmente exercício físico ajuda não só a eliminar calorias e gordura, como a relaxar e a combater o stress.

Num momento em que estamos tão alerta para as questões da saúde, é importante reforçar a ideia de que praticar alguma atividade física, pode prevenir algumas doenças como, por exemplo, acidentes vasculares cerebrais (AVC), hipertensão e diabetes (3).

Veja também