Psicóloga Ana Graça
Psicóloga Ana Graça
26 Mai, 2020 - 10:22

Relações que sobreviveram à quarentena sobrevivem a tudo! Será?

Psicóloga Ana Graça

O dia inteiro juntos, problemas financeiros, crianças em casa todo o dia. As relações que sobreviveram à quarentena serão à prova de bala?

Relações que sobreviveram à quarentena: casal em casa

A doença e as fatalidades provocadas pelo novo coronavírus, juntamente com a consequente instabilidade financeira, são as principais preocupações dos tempos que correm. No entanto, a pandemia por COVID-19 e quarentena decretada podem também ter atingido outros alvos, nomeadamente as relações amorosas. Será que as relações que sobreviveram à quarentena sobrevivem a tudo?

Divórcio e quarentena: haverá alguma relação?

Casal na cama de costas voltadas

Ainda é demasiado cedo para ser possível responder a esta pergunta. Aliás, provavelmente nunca será possível fazê-lo com certeza. Todavia, vários órgãos de comunicação social divulgaram que as taxas de divórcio dispararam na China durante e após a quarentena. Mas o que será que isto significa?

Será que casais que de outra forma teriam permanecido felizes, viram a sua relação desfeita devido ao extenso tempo passado em conjunto? Ou será que estes casais já não viviam felizes e iriam eventualmente divorciar-se no futuro e a quarentena apenas veio acelerar o processo? Ainda não sabemos.

Mas o que é que será que acontece na quarentena que tem tanto potencial para afetar as relações amorosas? Parece que a quarentena tem o poder de colocar em evidência aquilo que se passa na relação amorosa.

Relações que antes deste isolamento eram felizes, equilibradas e estáveis possivelmente viveram esta fase sem grandes atribulações. Já os casais que não eram assim tão felizes possivelmente viram as suas interações negativas aumentar de forma exponencial.  

As pequenas quezílias e divisões do dia-a-dia podem ter aumentado devido ao contacto diário e devido à tensão, ansiedade e preocupação que os elementos do casal experienciam face a este problema de saúde pública mundial e face às suas consequências económicas.

Mas, como vimos, nem tudo são más notícias. Muitos casais foram capazes de neutralizar as quezílias e divisões, colocaram-se do lugar um do outro, fortaleceram a sua relação e, quem sabe, até a tornaram mais imune a problemas futuros. Talvez as relações que sobreviveram à quarentena se tenham mesmo tornado melhores e mais robustas (1).

Situação financeira instável e saúde mental: casal a rever orçamento familiar
Veja também Situação financeira instável e saúde mental: como reagir a esta situação?

Qual o segredo das relações que sobreviveram à quarentena?

Casal a almoçar em casa

Com o surto por COVID-19 e a quarentena, a expressão “tempo de qualidade” ganhou todo um novo significado e permitiu que muitos casais conseguissem responder às questões “como seria se tivéssemos que passar o dia inteiro juntos? Será que gostaríamos de estar tanto tempo perto um do outro?”

Naturalmente, os casais que neste período enfrentaram situações de doença, perda de algum ente querido ou graves dificuldades financeiras terão experienciado maiores níveis de stress, ansiedade e angústia e a oportunidade para desfrutar de tempo de qualidade a dois terá sido menor.

Assim, excetuando essas situações de maiores adversidades, de forma geral, quando gostamos muito de alguém tendemos a gostar de passar tempo em conjunto e consideramos esses momentos de qualidade como algo de muito precioso.

Ter tempo para estar em casal dá maior abertura para que os casais partilhem informações íntimas importantes (por exemplo, sentimentos dirigidos ao parceiro e acerca da relação) e permite que seja prestada maior atenção, dedicação, aceitação e empatia. Mais ainda, quanto mais partilhadas as expressões de afeto e dedicação, maiores os sentimentos de segurança e confiança na relação.

Esta partilha do amor, carinho e conexão entre os casais parece ser um dos segredos das relações que sobreviveram à quarentena e que, mesmo em tempo de pandemia, conseguiram seguir felizes (2).

E os casais que ficaram em apuros com a quarentena?

Casal a discutir

Algumas relações sobreviveram à quarentena, mas o stress provocado pelo COVID-19 e o desgaste de estar com o parceiro 24 horas por dia, ter as crianças em casa e recear a instabilidade financeira criaram um clima de tensão. Para esses casais, quer ainda se encontrem em quarentena voluntária, quer já tenham dado início ao desconfinamento, há algumas dicas que podem ajudar:

1.

Partilhem sentimentos

Parece fácil, mas nem sempre é. Como vimos, partilhar sentimentos e estados de ânimo é essencial para uma relação feliz e plena. Em alturas de maior crise importa pensar nas qualidades do parceiro que levaram a que se apaixonasse por ele e expressar o quanto se sente grato por essas mesmas qualidades.

2.

Sejam gentis

Pequenos atos de gentileza e cuidado para com o parceiro podem fazer a diferença. Por vezes, basta perguntar em que é que o parceiro precisa de ajuda ou em que medida podemos contribuir para que o seu dia fique melhor.

Atos gentis aumentam as respostas e as interações positivas entre o casal. Mais ainda, durante esta altura de crise, é importante que cuidem um do outro e se mantenham em segurança.

3.

Escolham as batalhas pelas quais vale a pena lutar

Ao conviver por tanto tempo é possível que surjam pequenas irritações. Dificilmente duas pessoas conseguem estar sempre juntas e entender-se na perfeição em todos os momentos.

No entanto, não há necessidade de à mínima irritação e à mínima contrariedade abrir guerra aberta. Escolham, com sabedoria e tolerância, as batalhas pelas quais há propósito lutar e não repitam críticas mútuas constantemente (3).

Fontes

  1. Lee, P., Rudolph, D.  (2020). How the Coronavirus Can Damage Relationships. Psychology Today. Disponível em: https://www.psychologytoday.com/gb/blog/nurturing-great-relationships/202003/how-the-coronavirus-can-damage-relationships?collection=1144153
  2. Parker, H. (2020). Revealing Love and Connectedness in Quarantine. Psychology Today. Disponível em: https://www.psychologytoday.com/gb/blog/your-future-self/202004/revealing-love-and-connectedness-in-quarantine?collection=1144153
  3. Campbell, K. (2020). 5 Tips for Couples During COVID-19. Psychology Today. Disponível em: https://www.psychologytoday.com/gb/blog/more-chemistry/202004/5-tips-couples-during-covid-19?collection=1144153
Veja também