Nutricionista Inês Sanches
Nutricionista Inês Sanches
11 Mai, 2018 - 10:30

Papinhas para bebés: alimentos indispensáveis

Nutricionista Inês Sanches

As papinhas para bebés são um alimento versátil e fundamental na introdução alimentar. É aqui que se inserem os alimentos que o bebé vai comer, e por isso devem ser feitos de forma a ressaltar o delicioso sabor de todos os ingredientes utilizados. Dos alimentos indispensáveis fazem parte por exemplos, as frutas e legumes.

Papinhas para bebés: alimentos indispensáveis

As papinhas para bebés são dos principais alimentos ingeridos nos primeiros meses de vida a par do leite materno.

São também um meio fundamental para a introdução de alimentos na alimentação do bebé, onde se incluem as frutas, os legumes, os cereais, derivados e tubérculos e as proteínas.

Alimentos nutritivos para as papinhas para bebés

Neste tópico vamos deixar uma lista de ingredientes dos diferentes grupos que são normalmente utilizados na confeção de papinhas para bebés.

Claro que é sempre essencial debater a introdução alimentar com o pediatra e o nutricionista, no entanto, deixamos aqui uma ideia dos alimentos que são mais utilizados.

1. Frutas

papinhas para bebes e duas bananas

A fruta é um dos alimentos mais importantes no início da introdução alimentar. Para o bebé, é um doce cheio de sabor que mesmo sem saberem lhes transmite vitaminas e minerais que são tão importantes para a sua saúde. As frutas mais comuns e que se podem utilizar nas papinhas para bebés são:

2. Legumes

cenoura com raiz

Os legumes, juntamente com a fruta, representam também as principais fontes de vitaminas e minerais que o bebé tem acesso durante o início da diversificação alimentar. Além de serem indispensáveis na dieta dos adultos, também o são na alimentação das crianças. Os legumes a utilizar são:

 3. Proteínas

pernas de frango

As proteínas podem fazer parte das papas dos bebés e são um nutriente muito importante. Da mesma forma que as frutas e legumes, as proteínas fornecem vitaminas e minerais indispensáveis ao bom crescimento e desenvolvimento das crianças. Saiba quais são as fontes de proteína que deve utilizar:

  • Carnes brancas (frango, peru, coelho)
  • Carnes vermelhas (partes mais magras de borrego, vitela)
  • Peixes magros (pescada, linguado, peixe-espada, pargo, abrótea)

4. Cereais, derivados e tubérculos

batata doce roxa

Os grãos e tubérculos fornecem essencialmente energia, mas também são ricos noutros nutrientes como vitaminas e minerais. São uma parte muito importante no desenvolvimento saudável da criança e por isso damos a conhecer os grãos e tubérculos a utilizar:

Dicas sobre a escolha das frutas e legumes

fruta epoca

A introdução alimentar é um momento muito especial no desenvolvimento da criança. Além de mudar completamente a rotina alimentar e familiar, a criança começa a explorar sabores e texturas até então desconhecidas.

As frutas e os legumes desempenham um papel importante neste período e por isso a escolha e a compra destes alimentos é especialmente relevante, e vai contribuir para a saúde e desenvolvimento do bebé.

Tome nota destas dicas sobre a escolha de alimentos:

  • Tenha sempre em mente que os alimentos com melhor aparência e aroma devem ser os escolhidos em detrimento dos que aparentam pequenos golpes ou deformações;
  • Tente preferir a fruta da época, para além de ser economicamente mais vantajosa, é também nutricionalmente mais rica;
  • Prefira as frutas e legumes frescos. Os congelados devem ser escolhidos ocasionalmente e caso não haja alternativa.

Os restantes alimentos devem ser dados alternados, para a criança ir aprendendo as diferentes texturas e sabores e para se habituar a diferentes combinações de alimentos.

Em suma…

As papinhas para bebés são um alimento muito importante e que podem ser extremamente versáteis devido à quantidade de alimentos que se tem disponível para confeccionar as mesmas.

Convém combinar alimentos dos diversos grupos para se conseguir obter todos os nutrientes que são necessários para o bebé.

Não se esqueça que a preparação de papas não tem que ser difícil, apenas exige um pouco de imaginação e criatividade.

Veja também: