Personal Trainer Sara Tomás
Personal Trainer Sara Tomás
03 Nov, 2019 - 08:40

Exercício depois dos 40: ganhe saúde e vitalidade

Personal Trainer Sara Tomás

Exercício depois dos 40 é aconselhável não só para o bem-estar geral, mas também para a prevenção de doenças, aumento de massa muscular e prevenção da perda de massa óssea.

Exercícios depois dos 40: o que saber

O exercício depois dos 40 é tão recomendado como em qualquer outra idade. No entanto, nesta fase, o exercício é fundamental devido às alterações que o organismo vai sofrendo, tanto para homens quanto para mulheres.

Quando praticada de forma regular e com orientação correta, atrasa alguns processos de envelhecimento, proporcionando mais qualidade de vida, energia e disposição.

Alterações corporais após os 40

4 estratégias para perder apenas massa gorda e preservar a massa muscular

Após os 40 muita coisa muda no corpo, tanto para o homem quanto para a mulher. Ambos entram numa fase em que ocorrem várias alterações hormonais: nos homens dá-se a redução dos níveis hormonais, em especial da testosterona e, para mulheres, com a aproximação da menopausa, ocorrem uma série de mudanças no organismo.

Os níveis de hormonas femininas são reduzidas no organismo, os níveis de estrogénio tendem a baixar, surgindo complicações tais como aumento do risco para doenças coronárias (a 3ª causa de morte das mulheres em Portugal), ansiedade, depressão, problemas articulares, incontinência urinária, fadiga, perda de massa óssea, diminuição da massa muscular, aumento da massa gorda.

Além destas alterações específicas da idade e sistema hormonal, tanto para os homens como para as mulheres, também é comum o aparecimento de doenças crónico-degenerativas, como hipertensão, diabetes, colesterol e até mesmo osteoporose sendo estas consequência dos hábitos de vida.

O aumento de peso corporal compreende-se entre os 40 e os 60 anos, e decai gradativamente aos 70, onde a perda de massa óssea é acentuada.

Os aspetos neuromotores, no decorrer da idade cronológica, são a diminuição de fibras musculares, principalmente das de tipo II, e uma perda gradativa de força muscular.

A depressão, o sentimento de velhice e aspectos sociais são fatores que podem estar presentes nesta altura, razão pela qual o exercício físico tem um papel de extrema importância, contribuindo para uma maior qualidade de vida.

Exercício depois dos 40: que tipo de treinos fazer?

exercicios de musculacao para biceps definidos

Vários estudos demonstram a relação entre exercício físico e longevidade, sendo que, quando praticado regularmente pode aumentar a esperança média de vida.

O exercício depois dos 40 aumenta a qualidade de vida, previne o aparecimento de certas doenças, diminui o stress, ajuda a regular o sono, promove uma maior capacidade física, promove a perda de massa gorda e aumento de massa muscular.

Como é que o exercício atenua o stress: mulher a fazer pilates
Veja também Saiba como é que o exercício pode atenuar o stress
1.

Musculação

A musculação é uma modalidade recomendada para todas as idades, quando bem orientada.

É importante que haja um trabalho geral de reforço muscular, tanto da parte superior como inferior do corpo, de forma a trabalhar todos os músculos e estar apto para atividades funcionais do dia-a-dia.

O treino de força, sempre que bem orientado, demonstra imensos benefícios, modificando fatores de risco cardiovasculares e o bem estar psicossocial.

O treino de força pode ainda diminuir a exigência do miocárdio durante as atividades do quotidiano, como por exemplo, carregar os sacos das compras ou levantar objetos, limpar a casa, etc.

Caso não tenha possibilidade de treinar num ginásio com acompanhamento, pense que o importante é manter-se ativo com atividades diárias que estimulem o ritmo cardíaco.

No final de contas, o exercício físico vai fazer com que se sinta com mais energia, melhorando também a composição corporal e mantendo ou aumentando a massa magra, melhorando assim o aspeto físico e lutando contra a perda de massa muscular.

4 estratégias para perder apenas massa gorda e preservar a massa muscular
Veja também 12 dicas fundamentais para aumentar a massa muscular
Veja também

A não esquecer

A informação disponibilizada no Vida Ativa não substitui o diagnóstico, tratamento ou acompanhamento por um profissional de saúde ou do exercício físico. Os conteúdos do Vida Ativa são de carácter meramente informativo e estão em constante atualização. Caso queira reportar algum erro ou melhoria, por favor contacte-nos através do e-mail: sugestõ[email protected]