Nutricionista Rita Lima
Nutricionista Rita Lima
04 Mai, 2017 - 17:25

Chás para o fígado: os seus aliados na desintoxicação

Nutricionista Rita Lima

Os chás para o fígado constituem um aliado no processo de desintoxicação e na melhoria da saúde. Conheça-os melhor no nosso artigo.

Chás para o Fígado: os seus aliados na desintoxicação
O artigo continua após o anúncio

Desintoxicar o organismo é um tema que está na ordem do dia! Sendo o fígado o principal órgão responsável por este processo, a toma de chás para o fígado é uma situação bastante frequente nos tempos que correm.

De facto, o fígado é um dos órgãos mais importantes do organismo, visto que funciona como um filtro, operando em conjunto com a vesícula biliar para eliminar as toxinas e produtos nocivos do metabolismo, assim como gorduras prejudiciais ao mesmo.

Para manter uma boa saúde hepática, é muito importante manter hábitos alimentares saudáveis e uma dieta equilibrada, que restrinja alimentos ricos em açúcar e gordura, que são os maiores inimigos deste órgão.

Além de uma alimentação cuidada, deve também praticar exercício físico, manter uma boa ingestão hídrica, evitar a ingestão de álcool e de tabaco e garantir um bom descanso.

Outras funções do fígado

Sendo o fígado um dos orgãos mais importantes do organismo, são muitas as funções que são desempenhadas por si e que são de máxima importância para a nossa saúde, nomeadamente:

  • Metabolismo dos hidratos de carbono
  • Metabolismo dos lipídios
  • Metabolismo das proteínas
  • Síntese do colesterol
  • Produção de precursores das plaquetas
  • Conversão de amónia em ureia
  • Metabolismo de fármacos e hormonas
  • Excreção da bilirrubina através da bílis
  • Produção enzimática
  • Armazenamento das vitaminas A, B12, D e E, e de alguns minerais, como o ferro e o cobre
  • Fagocitose
  • Ativação da vitamina D

Chás para o fígado: 8 opções para acelerar a desintoxicação

1. Cardo Mariano

Chás para o Fígado: os seus aliados na desintoxicação

O chá de Cardo Mariano (também conhecido por Cardo-Santo ou Cardo-Leiteiro) é um dos mais populares chás para o fígado devido às suas propriedades digestivas, anti-inflamatórias, antissépticas, regeneradoras e depurativas.

É frequentemente utilizado para tratar problemas de fígado, nomeadamente, hepatite aguda e crónica, cálculos biliares, esteatose hepática (vulgarmente designada por “fígado gordo”), icterícia e cirrose.

Também ajuda a melhorar quadros de dispepsia, enxaquecas e enjoos, e problemas de vesícula e baço.

O artigo continua após o anúncio

A silimarina é um dos componentes principais do Cardo Mariano que ajuda a proteger e reparar as células do fígado dos efeitos de substâncias tóxicas como o álcool (1).

Este chá, está, no entanto, contra-indicado em crianças, indivíduos hipertensos, doentes que sofrem de patologia renal, úlceras ou gastrites.

Quando consumido em doses excessivas, o chá desta planta pode causar queimaduras nas mucosas das vias digestivas, diarreia e vómitos.

– Preparação – 

  1. Colocar quatro colheres de sopa da planta num recipiente que resista a calor.
  2. Verter água a ferver sobre a planta, mantendo o recipiente fechado, durante 5 a 10 minutos.

2. Chá Quebra–Pedra ou Pimpinela Branca

A planta que dá origem a este chá é muito utilizada em problemas da bexiga e cálculos renais (pedras nos rins) pela sua ação purificante.

Além disso, o chá quebra-pedra promove também o processo depurativo a nível hepático e produção de bílis, ajudando a reduzir a acumulação de gordura neste órgão (3).

Esta planta é maioritariamente utilizada em infusões.

– Preparação – 

O artigo continua após o anúncio
  1. Existem saquetas já pré preparadas com este chá, mas pode optar por fazer em casa a infusão, comprando as folhas numa ervanária ou até mesmo num hipermercado.

3. Chá de Alcachofra

Chás para o Fígado: os seus aliados na desintoxicação

O chá elaborado à base da folha de alcachofra é um dos melhores chás para o fígado, visto que a alcachofra tem propriedades depurativas, benéficas para limpeza e manutenção deste órgão (aumenta a produção de bilis que ajuda a eliminar as toxinas), promovendo também as funções diurética e digestiva (2).

– Preparação – 

  1. Colocar quatro colheres de sopa da planta num recipiente resistente à ação do calor.
  2. Verter um litro de água a ferver sobre a planta, mantendo o recipiente fechado durante cinco a dez minutos.

4. Chá de Raiz de chicória

A raiz de Chicória auxilia no processo de desintoxicação, estimula a função biliar, atua como laxante, ajuda no processo digestivo e protege o tecido hepático de agentes lesivos. (4)

– Preparação – 

  1. Para preparar o chá de raiz de chicória, leve ao lume a água com folhas da raiz desta planta e deixe ferver.
  2. Desligue o lume, deixe arrefecer e coe o preparado.

5. Chá de Curcuma ou Açafrão da Terra

Chás para o Fígado: os seus aliados na desintoxicação

O Açafrão da terra ou Curcuma é conhecido pelas potentes propriedades anti-inflamatórias e anti-infeciosas da sua raiz.

O chá desta planta estimula a ação regenerativa do fígado, evita a acumulação de gordura e esteatose hepática, assim como a produção da bílis, sendo também indicada em caso de indigestão e enjoo e no tratamento de gastrites, úlceras, colesterol elevado e outras inflamações (5).

– Preparação –

  1. Deixe ferver meio litro de água e junte um pouco desta raiz.
  2. Após alguns minutos de infusão, coe e pode beber.
  3. Ingira até três chávenas deste chá por dia.

6. Chá de Hortelã-pimenta

O Chá de hortelã-pimenta está incluído neste grupo de chás para o fígado, visto que esta planta ajuda na digestão e facilita a decomposição das gorduras, contribuindo, assim, para a regulação dos níveis de colesterol, uma importante função deste órgão.

O artigo continua após o anúncio

– Preparação –

  1. Para preparar este chá, leve ao lume um copo de água com folhas de hortelã-pimenta e deixe ferver.
  2. Desligue o lume, deixe arrefecer e coe o preparado.

7. Chá de Boldo

Chávena de chá de boldo
Chávena de chá de boldo

O boldo é uma planta medicinal com propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, ideal para problemas do foro digestivo.

O chá de boldo contribui para reduzir a acumulação de gordura a nível hepático e diminuir os sintomas de inchaço abdominal e de enjoo.

– Preparação –

  1. Para preparar o chá de boldo, leve ao lume um copo de água com duas folhas de boldo e deixe ferver.
  2. Desligue o lume, deixe arrefecer e coe o preparado.

8. Chá verde

O chá verde é benéfico para a saúde hepática pelas suas propriedades antioxidantes, que ajudam a potencializar as funções deste órgão.

– Preparação – 

  1. Existem saquetas já pré preparadas com este chá, mas pode optar por fazer em casa a infusão, comprando as folhas numa loja de produtos naturais ou numa ervanária.
Veja também

Fontes

1. E.Shaker et al, 2010. “Silymarin, the antioxidant component and Silybum marianum extracts prevent liver damage”. https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0278691509005936

2. Mary Jane Brown, 2019. “Top 8 Health Benefits of Artichokes and Artichoke Extract”. https://www.healthline.com/nutrition/artichoke-benefits#section4

3. Debra Rose Wilson, 2017. “What Is Phyllanthus Niruri and How Is It Used?” https://www.healthline.com/health/food-nutrition/phyllanthus-niruri#liver-health

4. Sadeghi Heibatollah et al, 2007. “Hepatoprotective effect of Cichorium intybus on CCl4-induced liver damage in rats”. https://academicjournals.org/journal/AJBR/article-abstract/4B3032F10066

5. Farzaei MH et al, 2018. “Curcumin in Liver Diseases: A Systematic Review of the Cellular Mechanisms of Oxidative Stress and Clinical Perspective.” https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/29966389