Snacks noturnos: que alimentos escolher?

Os snacks noturnos são nada mais do que uma pequena refeição antes ir dormir. Uma vez que antecedem um período de descanso prolongado, deve-se optar por snacks simples e de absorção lenta. Existem alimentos simples que não precisam de confecção e que são boas hipóteses para este lanche, pois saciam e vão deixá-lo satisfeito

Snacks noturnos: que alimentos escolher?
Saiba como se deve alimentar antes de dormir.

Também é daquelas pessoas que antes de ir dormir gosta de comer qualquer coisa? Então tem que conhecer os melhores snacks noturnos saudáveis.

A ceia é uma espécie de lanche, mas neste caso um lanche que se faz à noite antes de se ir deitar. Esta pequena refeição deve ser feita pelo menos 3 horas depois de jantar e também não deve ser feita imediatamente antes de ir dormir.

Ir dormir de barriga vazia pode não ser positivo, principalmente se tem por hábito jantar muito cedo e não fazer uma pequena ceia antes de dormir.

Ao fazer um jejum noturno muito prolongado obriga o seu corpo a degradar mais “músculo” durante o sono e a absorver mais o que come de manhã. Por outro lado o sono será menos profundo e reparador.

O que comer deve comer na ceia?


A hora de ceia e dos snacks noturnos é tardia por norma, sendo por isso fundamental que esta seja uma refeição leve e de fácil digestão.

O ideal é optar por snacks simples e de absorção lenta. Existem alimentos simples que não precisam de confecção e que são boas hipóteses para este lanche, pois saciam e vão deixá-lo satisfeito sem vontade de comer mais.

Prefira alimentos com alguma quantidade de proteína, pouca quantidade de açúcar e poucos hidratos de carbono. Caso seja um alimento com mais hidratos de carbono, escolha os que são de absorção lenta.

5 Alternativas de snacks noturnos saudáveis


1. Gelatina

snacks noturnos e gelatina de morango

Não é novidade que a gelatina é um alimento saciante capaz de reduzir a vontade de comer através de poucas calorias, principalmente quando se escolhem as versões light ou sem açúcar adicionado.

A gelatina é uma opção que ocupa algum espaço no estômago e sacia bastante devido ao facto de ter proteínas mas ao mesmo tempo é um snack leve, fresco e com um sabor delicioso.

Para um snack noturno mais composto, pode adicionar iogurte natural ou frutas.

2. Frutos secos

frutos secos sem casca numa tigela

Uma das melhores fontes de gorduras saudáveis e essenciais são os frutos secos, pois além destas substâncias, fornecem ainda ao organismo nutrientes fundamentais como fibras, vitaminas e sais minerais.

Mas os frutos secos são calóricos e por isso devem ser consumidos com moderação.

Caso escolha este snack antes de dormir (nozes, amêndoas, avelãs, cajus) não exagere na quantidade, cerca de 20g são suficientes para evitar que vá dormir com fome.

3. Aveia

flocos de aveia numa tigela

A aveia é um cereal que pode ser ingerido à noite, pois fornece vitaminas e minerais e ainda hidratos de carbono de absorção lenta.

Se durante o dia é uma pessoa ativa, à noite pode adicionar aveia ao iogurte e dessa forma consegue uma ceia saudável. No entanto, esta hipótese deve ser evitada por pessoas que têm uma vida mais sedentária. Nesse caso, fará mais sentido um snack menos energético.

4. Banana

cacho de bananas

A banana é uma fonte de triptofano e os hidratos de carbono presentes na fruta por si só ajudam na absorção do aminoácido e na produção de serotonina.

Por ser de fácil digestão, é também uma fruta boa para a ceia, e uma unidade média tem cerca de 90 calorias.

Para adicionar um pouco de mais sabor, corte a banana às rodelas e polvilhe com canela.

5. Iogurte ou queijo quark

iogurte

A verdade é que não são aconselháveis todos os tipos de iogurte antes de dormir. Alguns tipos possuem muita gordura, outros possuem muito açúcar, e podem prejudicar o seu sono a também a sua dieta.

Escolher um iogurte natural ou probiótico antes de dormir não pesa no estômago, ajuda o corpo a funcionar melhor e satisfaz o desejo de um snack antes de ir para a cama.

No caso do queijo quark, é uma boa opção por ser rico em proteína, ter pouco açúcar e pouca gordura.

Veja também: