Publicidade:

A pílula engorda? Conheça a resposta a esta questão!

Será mesmo verdade que a pílula engorda ou não passará apenas de um mito? Conheça a resposta ao longo deste artigo e tire as suas próprias conclusões.

 
A pílula engorda? Conheça a resposta a esta questão!
Saiba tudo acerca desta polémica questão.

Existem com frequência algumas questões associadas à toma da pílula, nomeadamente se a pílula engorda.

Grande parte das mulheres optam por métodos contracetivos orais, como é o caso da pílula, em prol de outros métodos hormonais (como o anel vaginal), físicos (como o diafragma e o preservativo), intra-uterinos (DIU) ou naturais (como a medição da temperatura vaginal ou a utilização de calendários).

Esclareça as suas dúvidas de seguida.

Em que consiste a pílula?


piula engorda calendario

A pílula é um dos métodos contracetivos mais utilizados pelas mulheres, sendo muito eficaz (99% de eficácia se tomada adequadamente).

Estes comprimidos contêm hormonas idênticas às produzidas pelos ovários das mulheres, ou seja, estrogénio e progesterona. Ao tomar a pílula, as hormonas libertadas para o organismo inibem as ovulações, fazendo com que a mulher não tenha um período fértil e, por isso, não engravide.

Existem vários tipos de pílula, de acordo com a o tipo e a dosagem de hormonas que contem, existindo a possibilidade de adequar a pílula às diferentes necessidades e características da mulher.

 Vantagens e desvantagens da toma da pílula

Para além de funcionar como método de contraceção, a pílula envolve ainda outras vantagens, como por exemplo:

  • Auxilia a regularizar os ciclos menstruais;
  • Melhora a Tensão Pré-Menstrual (TPM);
  • Não prejudica a fertilidade;
  • Diminui o risco de Doença Inflamatória Pélvica (DIP);
  • Reduz o risco de cancro do útero e ovário;
  • Diminui a incidência de doença poliquística.

Das desvantagens associadas à escolha da pílula em vez de outro método contracetivo podem salientar-se o facto de não proteger contra Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) e de algumas mulheres terem dificuldade em fazer a toma diária a hora certa da pílula, por esquecimento.

 E a pílula engorda?


pilula engorda toma de pilula com agua

Uma das principais preocupações das mulheres em tomar a pílula de forma contínua é o possível ganho de peso.

A verdade é que a literatura científica acerca deste tema é contraditória e insustentável. Dependendo da dose hormonal e do tipo de pílula, existem alguns casos em que se verifica um aumento de peso associado à toma de contracetivos orais.

Contrariamente, noutros casos em que exista uma desregulação hormonal prévia, a pílula pode ter efeitos positivos e contribuir para alcançar um peso ajustado. Em conclusão, cada caso é um caso, e os efeitos secundários, como a alteração de peso, variam de mulher para mulher.

Como se pode observar pela informação descrita, o tipo de pílula adequado para cada mulher pode variar, pelo que é fundamental que antes de iniciar a toma da pílula consulte o seu médico. Para além disso, será este profissional de saúde que a poderá aconselhar e esclarecer todas as dúvidas que ainda restem.

Veja também:

Nutricionista Carolina da Costa Arcanjo Nutricionista Carolina da Costa Arcanjo

Mulher, tripeira e Nutricionista (C.P. 2181N). É licenciada em Ciências da Nutrição pela Universidade Católica Portuguesa e autora do blog "Comer para crer". Desenvolveu atividade em várias áreas da Nutrição, mas a paixão pela área clínica e pela comunicação tem prevalecido.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].