Nutricionista Rita Lima
Nutricionista Rita Lima
19 Mai, 2017 - 14:46

Proteína concentrada vs proteína Isolada vs proteína hidrolisada: qual a melhor opção?

Nutricionista Rita Lima

Proteína Concentrada, Isolada ou Hidrolisada: se também se interroga qual a melhor opção para si, ler o nosso artigo pode ajudar.

Proteína concentrada vs proteína Isolada vs proteína hidrolisada: qual a melhor opção?
O artigo continua após o anúncio

Ao longo do tempo, a proteína Whey tem evoluído no sentido de corresponder, cada vez melhor, às expectativas e necessidades de quem a ela recorre, existindo atualmente, três tipos de proteína de soro de leite. Neste artigo vamos fazer a comparação proteína concentrada vs proteína isolada vs proteína hidrolisada.

Mas antes de avançarmos para a comparação propriamente dita e para as vantagens e desvantagens que cada uma apresenta, é importante perceber porque é que a proteína Whey é a rainha da suplementação desportiva.

De facto, no mundo do fitness e desporto de competição, é frequente a toma de suplementos proteicos, devido às necessidades nutricionais acrescidas por parte dos atletas, profissionais ou recreativos, que praticam exercício físico regularmente.

Neste campo, a proteína Whey é considerada o suplemento proteico mais completo e mais eficaz para promover o aumento de massa muscular e evitar o catabolismo / degradação proteica muscular.

Proteína Whey: o que é e quais as suas vantagens?

construcao muscular

A proteína Whey ou proteína de soro de leite constitui um derivado do leite, obtido durante o processo de transformação do leite em queijo. É, por isso, um derivado natural do leite e não um produto 100% artificial.

Como derivado do leite que é, a Whey é considerada uma fonte de proteína de elevado valor biológico, na medida em que fornece todos os aminoácidos essenciais, incluindo BCAAs, em quantidade suficiente para servir de substrato à construção de tecido muscular.

Além disso, a sua metabolização e absorção são rápidas comparativamente a outras proteínas, contribui para a produção de glutationa (um poderoso antioxidante) e de anticorpos, e possui um elevado teor em leucina, o aminoácido desencadeador da síntese proteica por excelência.

Por outro lado, e apesar de a proteína ser um nutriente que se encontra disperso em muitos alimentos, este suplemento constitui uma forma prática, rápida e eficaz de ingerir a quantidade necessária de proteína em qualquer refeição, algo que se assume como uma tarefa difícil, principalmente para quem pratica desporto.

O artigo continua após o anúncio

Proteína concentrada vs proteína isolada vs proteína hidrolisada

Dentro dos suplementos de proteína Whey, existem 3 grandes tipos: a proteína concentrada, a proteína isolada e a proteína hidrolisada, sendo o seu processo de filtração o fator que permite diferenciá-las.

Apesar da comparação proteína concentrada vs proteína isolada vs proteína hidrolisada que iremos fazer de seguida, para fazer a sua escolha, deve primeiramente definir os seus objetivos, considerar a quantidade de proteína em cada uma, eventuais alergias/intolerâncias alimentares e o preço, claro.

1. Proteína Whey concentrada

proteina concentrada

Foi a primeira fórmula de proteína Whey a surgir no mercado, sendo um suplemento que além de proteína, possui também hidratos de carbono (lactose) e gordura na sua composição.

Vantagens:

  • Constitui a forma mais simples e, por isso, mais barata, de proteína Whey, sendo essa uma das suas principais vantagens.
  • Apesar de não ser exclusivamente proteína, não deixa de ser um suplemento que fornece proteína de elevada qualidade e com resultados evidentes na promoção da hipertrofia e recuperação muscular, possuindo uma boa relação qualidade preço.
  • Apresenta um sabor mais agradável e leva menos aditivos que as outras duas versões, visto que quanto maior o grau de hidrólise e o teor proteico, maior a acidez e menos agradável se torna o sabor.

Desvantagens:

  • O teor de proteína, por norma, não ultrapassa os 80-85% (varia entre 70 a 85%), enquanto o teor de gordura ronda 1 a 2% e o de hidratos de carbono 5 a 10%.
  • Apresenta uma taxa de absorção mais lenta, podendo levar entre 60-90 minutos a criar um pico de aminoácidos no sangue. Consequentemente, a disponibilização dos aminoácidos ao músculo não é tão rápida como nos outros tipos de proteína.
  • Pelo facto de possuir lactose na sua composição, não se aplica aos atletas intolerantes a este açúcar, sendo esta uma das suas maiores limitações.
  • Não estimula de forma tão acentuada a libertação de insulina, hormona que desempenha um papel importante na manutenção da massa muscular, devido ao seu papel anticatabólico.

2. Proteína Whey isolada

proteina isolada

Continuando a comparação proteína concentrada vs proteína isolada vs proteína hidrolisada, segue-se a proteína isolada.

A proteína Whey isolada apresenta um grau de filtração / pureza superior à proteína concentrada e um teor de proteína de pelo menos 90%, fornecendo um maior teor de proteína por dose.

Vantagens:

O artigo continua após o anúncio
  • É uma proteína muito completa, que contém níveis especialmente elevados de aminoácidos de cadeia ramificada (BCAA’s).
  • Contém um teor muito residual de hidratos de carbono e gordura, sendo o suplemento ideal para quem não quer ganhar peso e para quem tem intolerância à lactose.
  • Tem um preço intermédio entre a versão concentrada e hidrolisada.
  • Adequa-se ao maior número de pessoas, não se justificando, de forma geral, optar pela hidrolisada umas vez que a pequena diferença que se verifica em termos de absorção não se traduz em benefícios reais em termos de ganhos de massa magra ou recuperação.

Desvantagens:

  • Pior relação qualidade / preço do que a proteína concentrada. Além disso, apesar de ser mais barata que a versão hidrolisada, no caso dos atletas profissionais, estes saem beneficiados em apostar na versão hidrolisada em vez da isolada.

3. Proteína Whey hidrolisada

proteina hidrolisada

A proteína hidrolisada é proteína de soro pura, pré-digerida por enzimas. Este tipo de proteína passa por um processo de ultra filtração e é enriquecida com BCAA’s e enzimas digestivas para ajudar a quebrar os péptidos nas suas unidades fundamentais, os aminoácidos, e facilitar a absorção.

Vantagens:

  • Pelo facto de a proteína já estar previamente digerida por enzimas, esta é versão de Whey que apresenta a taxa de absorção mais rápida: o pico de concentração de aminoácidos dá-se cerca de 20 minutos após ingestão, sendo estes aminoácidos disponibilizados ao músculo de forma quase automática.
  • É a versão mais pura de Whey, não apresentando hidratos de carbono nem gordura na sua composição.

Desvantagens:

  • Pelo facto de ser a versão mais pura de proteína Whey, é também a opção mais cara das três.
  • Também derivado do seu grau de pureza, é aquela que apresenta um sabor menos agradável, sendo frequente a adição de muitos aditivos, mais precisamente aromatizantes e edulcorantes para disfarçar o sabor.

Conclusão

Neste sentido, esta comparação proteína concentrada vs proteína isolada vs proteína hidrolisada, permite concluir que a melhor proteína para si depende de muitos fatores, sendo que deve sempre pesar todos os prós e o contras de cada uma delas.

E seja qual for a sua escolha, acima de tudo, use a proteína para atingir as suas necessidades diárias e não para ultrapassá-las.

Veja também: