Isabel Coimbra
Isabel Coimbra
17 Fev, 2015 - 17:12

Os primeiros sintomas de gravidez

Isabel Coimbra

Os primeiros sintomas de gravidez surgem nas primeiras três semanas de gravidez. Sabe quais são? Veja neste artigo.

Os primeiros sintomas de gravidez
Os sintomas de gravidez são o primeiro alerta de muitas mulheres que, mesmo antes do primeiro teste, já sabem que estão grávidas logo nas primeiras semanas. Outras, podem passar o primeiro trimestre sem notar qualquer sintoma de gravidez. Porém, mesmo com sintomas, tente ser paciente e aguarde, pelo menos uma semana, até fazer o primeiro teste. 
Sabia que, de acordo com as estatísticas, 60% das gravidezes não chegam a termo? Verdade. É muito frequente que aconteçam abortos precoces, dos quais nem se dará conta e que podem ser tomados como atrasos no ciclo menstrual. Por isso, seja paciente, espere para fazer o teste e para anunciar a boa nova.

10 Sintomas de gravidez

1. Tensão mamária

Um dos primeiros sintomas de gravidez é a extrema tensão mamária. Algumas grávidas dizem que sentem as mamas enrijadas e é possível que até acorde, à noite, quando se virar na cama. O volume aumenta consideravelmente, assim como a aréola, a pigmentação e o mamilo. 

2. Dores pélvicas

É possível que sinta algumas dores pélvicas, no baixo ventre, semelhantes as dores da menstruação. Uma espécie de moinha. Não se preocupe. Tem a ver com a resposta ao aumento da vascularização do útero e à distensão dos ligamentos fruto da crescimento do útero. 

3. Perda de sangue

Na implantação do óvulo na parede do útero, as substâncias do trofoblasto “corroem” um pouco a parede do endométrio (as células que revestem o interior da parede do útero) para aumentar a capacidade de aderência. Isto pode ferir algum vaso que sangrará e pode ser o primeiro sinal de que está grávida.

4. Alterações de paladar e olfato

Era fumador e agora passou a enjoar o cheiro. O café deixou de lhe dar prazer. Agora não passa sem laranjas que detestava. Têm um ânsia esganada de comer pipocas. É, isto pode acontecer-lhe. Os médicos podem desmentir, há quem garanta que é mito mas as grávidas à nossa volta contam o contrário.

5. Náuseas e vómitos

Não se sabe o que provoca estes sintomas a não ser que a subida dos estrogénios e progesterona está relacionada. É difícil que estes sintomas coloquem a mulher em risco, ao ponto de ficar desidratada, por exemplo, mas são bastante incómodos. É possível que durem toda a gravidez mas há medicação que pode ajudar. 

6. Frequência urinária

Com o crescimento do útero, a bexiga é empurrada e comprimida o que provoca a necessidade de urinar. Mais tarde, acabará por acordar, à noite, para esvaziar a bexiga. Além disto, nesta fase a acção das hormonas maternas e placentares, assim como o aumento do volume de plasma, explicam esta necessidade. Por isto, os rins têm que filtrar mais 50% do que habitual durante a gravidez.

7. Sonolência

Um clássico do primeiro trimestre. Se adormecer entre conversas, acredite, é normal. A isto pode juntar-se cansaço, falta de iniciativa e pouca vontade de sair da cama. Em alguns momentos do dia pode ter alguma dificuldade em manter-se produtiva e acordada. Não há remédio. Faça algumas pausas, caminhe um pouco, petisque algo leve e volte ao trabalho mais desperta.

8. Falta de memória

Alterações de memoria e dificuldade de concentração também são alguns dos sintomas da gravidez. A melhor forma de contornar isto é anotar, num bloco que a acompanhe todo o tempo, aquilo que tem para fazer. Se tiver paciência, faça exercícios para exercitar a memória como o sudoku ou memorizando músicas para cantar ao seu bebé.

9. Prisão de ventre

Nas primeiras oito semanas é natural que sinta algum inchaço abdominal e obstipação. Nesta fase, alguns órgãos ficam um bocadinho preguiçosos e os intestinos estão na linha da frente da preguiça. É a isso que se deve o inchaço que vai notar nas primeiras semanas.

10. Atraso menstrual

Se tem ciclos regulares e nota que a sua menstruação está atrasada uma semana, está na hora de fazer um teste de gravidez. Boa sorte! 

Veja também: