Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
03 Set, 2020 - 11:05

6 frutas que os gatos podem comer

Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária

Sabe quais as frutas que os gatos podem comer? Apresentamos-lhe algumas hipóteses se quiser oferecer ao seu felino um alimento diferente.

Frutas que os gatos podem comer

Os gatos não devem comer comida de pessoas, no entanto, alguns alimentos são permitidos, como por exemplo algumas frutas. Conheça 6 frutas que os gatos podem comer sem se preocupar.

6 Frutas que os gatos podem comer

1.

Morangos

Taça com morangos em cima de mesa

O morango é uma das frutas que os gatos podem comer e é rico em vitamina C e minerais, como o magnésio e o potássio.

No entanto, apesar de até ser um snack saudável para gatos deve ter atenção à quantidade que dá ao seu melhor amigo. Os morangos, como outras frutas, contêm muito açúcar e o sistema digestivo dos felinos não processa muito bem este tipo de nutriente.

A quantidade ideal e máxima para o seu gato é de apenas meio morango.

Para facilitar a digestão pode também, antes de oferecer o morango ao gato, remover as sementes, lavar bem para retirar os produtos pesticidas e sujidade que possa existir.

2.

Pêra

Pêras em cima de mesa

Os felinos também podem comer pêra sem correr risco de saúde, sendo que esta fruta também tem alguns benefícios, já que tem vitaminas A e C e fibra.

Pode oferecer a pêra em pequenos pedaços em forma de recompensa e é importante retirar sempre o caroço, pois este contém cianeto, podendo ser tóxico para o gato.

3.

Melancia

Fatias de melancia

A melancia é uma das frutas que os gatos podem comer, especialmente no verão, pois é uma fruta muito rica em água e refrescante. Também é uma fruta rica em vitaminas A, B6 e C.

Os gatos, na sua maioria, bebem pouca água e depois podem desenvolver problemas urinários e renais, portanto deve tentar arranjar forma de incentivar o felino a fazê-lo de forma a prevenir essas patologias.

A melancia, pode ser uma boa forma de incentivar o gato a ingerir maior quantidade de água por dia, com a vantagem de ter um sabor adocicado.

4.

Banana

Frasco com banana fatiada

A banana é uma das frutas mais consumidos por atletas e por uma razão: a sua grande quantidade de potássio. Nos gatos, a ingestão desta fruta em gatos tem benefícios a nível renal e cardíaco.

Por outro lado, a banana é rica em hidratos, portanto, deve ser oferecida com bastante moderação ao felino.

5.

Maçã

Mulher a cortar maçã em tábua de madeira

A maçã é uma fruta muito saudável e, tal como nas pessoas, é a fruta permitida mesmo em dieta, pois tem alto teor de fibras e baixo teor em gordura. Assim, se o seu felino está com uns quilos a mais e quer oferecer-lhe um snack, opte pela maçã em vez de um produto industrializado ou outro alimento de pessoas.

No entanto, não se esqueça que tudo deve ser dado com moderação, e não convém oferecer nenhuma fruta em demasia, especialmente se o felino apresentar excesso de peso.

6.

Melão

Fatias de melão em tábua de madeira

O melão é também outra das frutas que os gatos podem comer e é óptima para o verão, por ter alto teor de água.

Pode oferecer esta fruta ao seu gato cortado em cubos, sem casca.

Frutas que os gatos não podem comer

Nem todas as frutas os gatos podem comer, por isso deve ter muita atenção para não permitir que o seu melhor amigo ingira alguma fruta (ou outro alimento) que possa ser tóxica.

Algumas das frutas que não deve dar ao seu gato em nenhuma circunstância, nem permitir que ele ingira são:

  • Abacate
  • Uvas (ou uvas passas)
  • Frutas cítricas

Estas frutas podem causar problemas de saúde ao seu gato, ainda que dadas em pequenas quantidades.

todos os gatos podem comer fruta?

Anteriormente, apresentamos uma lista de 6 frutas que podem ser dadas aos felinos, ainda que qualquer fruta deva ser dada com moderação.

No entanto, nem todos os gatos podem comer fruta, como é o caso de gatos com patologias específicas e gatinhos bebés.

Os gatinhos bebés, por ainda não terem o seu organismo completamente desenvolvido não podem comer todo o tipo de alimentos, portanto, antes de oferecer algum alimento diferente da sua dieta habitual, deve sempre consultar o seu médico veterinário.

O mesmo acontece com gatos com patologias específicas, como doenças renais, doenças metabólicas (como diabetes), obesidade, problemas cardíacos, entre outros. Estes felinos, por norma, fazem já uma dieta adequada às suas necessidades e aos seus problemas, assim, nenhum novo alimento deve ser oferecido sem antes consultar o médico veterinário assistente.

Lembre-se que os gatos são animais carnívoros e, como tal, o seu organismo está mais adaptado a metabolizar proteína do que hidratos de carbono, como no caso do açúcar. Por isso, fruta em excesso pode levar a problemas gastrointestinais por dificuldade na sua digestão.

Fontes

  1. Cortinovis C, Caloni F. Household Food Items Toxic to Dogs and Cats. Front Vet Sci. 2016;3:26. Published 2016 Mar 22. doi:10.3389/fvets.2016.00026. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4801869/
Veja também