Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
18 Ago, 2020 - 09:35

O seu gato não come? Saiba o porquê e o que fazer

Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária

Se o seu gato não come pode ser um sinal de que está doente. Saiba todas as razões que podem levar o seu felino a não comer e o que deve fazer.

Tutora a incentivar gato a comer porque gato não come

Quando o seu gato não come, deve preocupar-se, pois, na maior parte das vezes é um sinal de que o seu felino não está bem de saúde. Deixar de comer pode também levar a problemas mais graves, razão pela qual deve levar o seu felino ao médico veterinário o quanto antes.

O seu gato não come? 6 Razões

Existem várias razões para o seu melhor amigo não querer comer e o tutor deve tentar perceber qual a razão que levou o seu felino a não querer comer. Desta forma, estará atento a alguns pormenores e pode dar mais informação ao médico veterinário assistente, quando este a solicitar.

1.

Dor

Gato deitado no sofá com ar doente

A dor é a causa mais comum para o seu gato deixar de comer. Um gato com dores irá comer menos ou deixar de comer totalmente. Assim, se o gato não come, é importante perceber se houve algum acontecimento recente que tivesse levado a que o gato se magoasse.

No entanto, ainda que não tenha visto o seu gato a magoar-se não descarte a hipótese de que o gato tenha dor em alguma parte do corpo. A maioria das vezes os tutores não se apercebem quando os seus felinos se magoam, especialmente se ficarem sozinhos durante o dia. Ainda que o gato não se tenha magoado, pode estar doente e, portanto, ter alguma dor.

A dor pode ser em qualquer local do corpo do animal, levando-o a ficar desconfortável e nem sequer ter apetite. Caso o animal tenha dor na boca pode até demonstrar apetite, mas não conseguir comer por dor ao mastigar.

Assim, é importante averiguar quando o gato não come, pois pode ser um sinal de dor que não deve ser descurado.

2.

Febre

A febre também é uma razão frequente para o gato deixar de comer. Com a temperatura corporal mais alta é normal que os animais fiquem nauseados, com mal-estar e sensação “estranha” na boca.

Assim, se o seu gato estiver com febre pode deixar de comer, mesmo petiscos apetitosos. Por vezes, o único sinal de febre nos felinos é precisamente o de deixar de comer.

3.

Doença

Tutora a fazer mimos ao gato

Algumas doenças, por provocarem no animal dor, náusea, febre, desconforto, podem levar a que o animal deixe de comer. É importante estar atento a outros sintomas que surjam quando o animal deixa de comer pois, assim, pode ser mais fácil o médico veterinário chegar a um diagnóstico.

4.

Stress

O stress também pode ser a razão pela qual o seu gato não come. Os felinos são extremamente sensíveis a mudanças e adoram a sua rotina.

Qualquer alteração no seu dia a dia pode levar a que os gatos sofram de stress, e o stress crónico pode, também, levar a outras patologias.

Sinais como urinar fora da caixa, alterações comportamentais, agressividade, entre outros, especialmente quando surgem numa altura de mudança em conjunto com o deixar de comer, podem ser sinais de stress em gatos.

No entanto, todos estes sintomas merecem ser investigados e o gato deve ser avaliado pelo médico veterinário de forma a descartar outras causas patológicas. Apenas dessa forma é possível chegar a um diagnóstico conclusivo.

5.

Não gosta da comida

Gato ao lado de taça de comida

Os felinos são muito selectivos com a sua comida, assim, se mudar a comida e não gostarem do sabor desse novo alimento podem deixar mesmo de comer.

Neste caso, pode experimentar voltar a dar da comida anterior para ver se o seu gato come e, caso o faça, provavelmente só não gosta do novo sabor.

O seu gato não come? O que fazer?

O que deve sempre fazer em qualquer situação que o seu gato deixe de comer, independentemente da causa, é levá-lo logo que possível ao veterinário. Nestes casos, é sempre importante não adiar a visita ao consultório, pois, como já referimos anteriormente, o deixar de comer pode ser sinal de algo mais grave.

Gato a ser tratado pelo médico veterinário

Experimentar comida mais apetitosa

Uma das coisas que pode fazer é experimentar comida mais apetitosa, como bocadinhos de frango ou peixe cozido, para perceber se o gato come. De qualquer forma, ainda que o felino coma, é importante o acompanhamento veterinário para perceber porque está com apetite seletivo.

Estar atento a outros sinais

Quando o felino deixa de comer deve tentar perceber outros sinais que possam dar uma indicação do que se passa com ele.

Sinais como salivação em excesso, agressividade, vómitos, diarreia, ou qualquer sinal que surja em simultâneo com a falta de apetite deve ser realçado e explicado ao médico veterinário.

Veja também