Psicóloga Ana Graça
Psicóloga Ana Graça
21 Abr, 2020 - 15:53

Como lidar com um adolescente em quarentena? 10 sugestões

Psicóloga Ana Graça

Período de grandes transformações, marcado por dificuldades e conflitos, a adolescência pode ser difícil. Como lidar com um adolescente em quarentena?

como lidar com um adolescente em quarentena: adolescente a falar com amigos online

A situação de pandemia que vivemos impõe enormes restrições na vida diária de todos nós e obriga à adoção de medidas excecionais de saúde pública. Numa situação de crise como a que vivemos importa prestar especial atenção aos mais jovens. Também para os adolescentes este é um momento de particular exigência e importa ajudar os pais a saber como lidar com um adolescente em quarentena.

Saber como lidar com um adolescente em quarentena pode ajudar a diminuir o impacto psicológico da repentina e prolongada alteração das rotinas escolares e sociais, bem como a diminuir sentimentos de medo, stress, frustração, ansiedade, irritação ou tédio.

como lidar com um adolescente em quarentena? 10 sugestões

1.

Aceitar a mudança temporária de vida

Como melhorar a sua capacidade de tomar decisões

A ousadia da adolescência leva a que os mais jovens se sintam incríveis e, por vezes, invencíveis. É importante que os pais consigam explicar que ninguém é imune ou está livre do risco e que, ainda que temporariamente, a vida mudou bastante nos últimos tempos.

Mais ainda, de forma a reduzir emoções menos positivas associadas à exposição a notícias acerca da pandemia, é importante que os pais disponibilizem aos adolescentes informações de fontes credíveis (por exemplo, Direção Geral de Saúde) e estejam disponíveis para esclarecer possíveis dúvidas.

2.

Evitar a dramatização da situação

A situação atual não deve ser desvalorizada, no entanto, também não deve ser dramatizada. É importante que os adolescentes consigam alcançar uma atitude positiva face às circunstâncias atuais, sem nunca ignorar os aspetos mais negativos do momento que atravessamos.

Os pais devem ajudar os adolescentes a compreender que quanto mais depressa aceitarem o isolamento e colocarem em prática comportamentos preventivos, mais rapidamente poderão retomar o seu dia-a-dia habitual.

Como lidar com um adolescente em quarentena de forma construtiva e sem dramas? Sendo honesto, transparente, direto e estando disponível para, em conjunto, ajustar a rotina diária da família.

3.

Validar os sentimentos dos adolescentes

Estratégias de comunicação entre pais e filhos

É natural que os adolescentes, tal como as crianças e os adultos, se sintam tristes, angustiados, preocupados, ansiosos. É importante que os pais confirmem junto dos filhos que estes sentimentos são normais e válidos.

Os adolescentes devem sentir que os seus sentimentos são compreendidos e devem ser tranquilizados de que em breve, será retomada a normalidade possível.

4.

Dar o exemplo

Os adultos devem ser exemplo de todas as recomendações e indicações que dão aos adolescentes. Para que os adolescentes cumpram todos os cuidados de distanciamento e etiqueta respiratória, devem primeiro observá-los nos adultos de referência.

5.

Promover a responsabilidade e o sentido de missão

como lidar com um adolescente em quarentena: adolescente a estudar

Lidar com um adolescente em quarenta pode ser uma tarefa desafiante. É importante que os pais os tornem parte ativa da solução familiar. A readaptação a novas rotinas e dinâmicas familiares deve ser um trabalho de equipa e o adolescente deve adotar esse sentido de missão, de colaborar para o bem-comum da família.

Só assim o isolamento será menos penoso para todos. Os adolescentes podem, por exemplo, colaborar nas tarefas domésticas que se avolumam, ou podem, por exemplo, ajudar os irmãos mais novos nos trabalhos escolares.

Crianças a brincar em casa
Veja também Distanciamento social: como lidar e entreter as crianças em casa?
6.

Ajudar no planeamento dos momentos de estudo

Apesar de estarem em casa, os adolescentes não estão de férias. Os pais devem ajudá-los a definir um horário de estudo e incentivar a que, de forma autónoma, organizem o estudo à distância.

Mais ainda, os pais devem garantir que para além de momentos de estudo, os adolescentes também ocupam o seu dia-a-dia com momentos de lazer, de relaxamento, de comunicação com os amigos e com atividades em família.

7.

Planear atividades em família

Como lidar com um adolescente em quarentena: família numa sessão de cinema em casa

O lazer e o descanso individual são fundamentais para a saúde mental de toda a família, mas a quarentena é também uma excelente oportunidade para dinamizar momentos conjuntos, para os quais, muitas vezes, o tempo escasseia. Descobrir e planear atividade conjuntas vai ajudar a diminuir a sensação de isolamento.

8.

Manter as rotinas (na medida do possível)

As rotinas garantem uma maior sensação de controlo e contribuem para o bem-estar mental, daí que seja importante mantê-las, dentro do possível.

As rotinas de sono e de alimentação são especialmente importantes e devem ser conjugadas com as rotinas de estudo e lazer. É importante que os adolescentes consigam tirar o máximo partido da sua vida diária.

9.

Manter o contacto social

Como lidar com um adolescente em quarentena: manter contacto social

O contacto social com aqueles de quem gostamos é importante para a nossa saúde mental. Apesar da obrigatoriedade da manutenção do distanciamento físico, importa que os adolescentes sejam criativos e encontrem formas alternativas de manter contacto com amigos, familiares e professores.

É natural que nesta fase o uso das redes sociais se torne ainda mais frequente por parte dos adolescentes. Aos pais cabe a função de garantir que é feito um bom uso das mesmas, nomeadamente questionando os filhos acerca daquilo que leem ou partilham acerca do novo coronavírus.

10.

Garantir um estilo de vida saudável

A prática de atividade física e uma alimentação saudável são fundamentais para a prevenção e manutenção da saúde e da qualidade de vida. Podem influenciar de forma positiva o bem-estar geral, a autoestima, o stress e a ansiedade (1, 2).

Fontes

  1. Ordem dos Psicólogos Portugueses. (2020). COVID-19 Famílias em isolamento durante a pandemia kit de sobrevivência para pais. Disponível em: https://www.ordemdospsicologos.pt/ficheiros/documentos/covid_19_familias_isolamento.pdf
  2. Unidade de Psicologia Clínica e da Saúde – Associação de Psicologia da Universidade do Minho. (2020). Adolescer em tempo Covid-19 guia de boas práticas para adolescentes em distanciamento social. Disponível em: https://drive.google.com/file/d/1TBVvkBH2a9UhIiZgbdBTcoE4C3c_3frZ/view
Veja também