Alimentos com sal escondido: conheça a lista que deve evitar!

Os alimentos com sal escondido podem ser a causa de uma eventual retenção de líquidos ou problemas cardiovasculares. Descubra quais são e previna-se.

Alimentos com sal escondido: conheça a lista que deve evitar!
Enlatados, cereais, bolachas e produtos de charcutaria são alguns dos alimentos desta lista.

O sal é, atualmente, encarado como um dos principais inimigos de saúde pública, devido ao consumo excessivo que se verifica por parte da maioria da população, que tem consequências negativas a nível da saúde, em particular, saúde cardiovascular. Neste sentido, e além de dosear o consumo de sal, é importante conhecer os alimentos com sal escondido que, por vezes, são consumidos de forma indiscriminada devido à falta de informação por parte da população sobre rotulagem.

No entanto, é também importante lembrar que, apesar dos efeitos negativos quando consumido em excesso, o sal também desempenha um papel essencial no equilíbrio e bom funcionamento do organismo, desde que consumido na dose certa.

Impacto do sal na saúde


alimentos com sal escondido

Como referido anteriormente, o sal não deve ser encarado apenas como inimigo da saúde, visto que é um mineral fundamental para a transmissão de impulsos nervosos, essenciais ao bom funcionamento de todo o sistema neuromuscular, incluindo o cardiovascular.

Com efeito, há dois minerais que participam no equilíbrio hídrico do organismo, o potássio e o sódio (um constituinte do sal). Ambos são necessários para controlar a pressão arterial e o ritmo cardíaco, transportar nutrientes para as células e regular processo de retenção de líquidos.

Ora, uma ingestão excessiva de sódio, alcançada através do consumo excessivo de sal, quebra esse equilíbrio e favorece a retenção e o aumento da pressão arterial.

Assim, e segundo a Organização Mundial de Saúde, a ingestão diária de sal não deverá ultrapassar as 5 gramas (sal adicionado e sal incluído nos alimentos), no caso de um adulto, quantidade esta que é equivalente a uma colher de chá.

Tudo o que ultrapassa esta quantidade já é considerado excessivo, podendo desencadear o aparecimento de alguns problemas de saúde, nomeadamente, maior retenção de líquidos e alterações na pressão arterial, que podem conduzir a doenças cardiovasculares, e também a sobrecarga a nível renal.

Contudo, uma redução drástica do consumo de sal também não é recomendada, visto que promove o aumento da resistência à insulina e dos triglicerídeos, o que também contribui para o surgimento de doenças cardiovasculares e diabetes Mellitus.

Alimentos com sal escondido: quais são?


1. Enlatados

enlatados legumes

Apesar de a maioria dos produtos enlatados serem à base de peixe, fruta ou hortícolas, a esmagadora maioria dos enlatados apresenta um teor de sal excessivo por porção.

Como tal, os enlatados são um dos alimentos que com sal escondido que deve moderar o consumo. Prefira os alimentos na versão fresca ou congelada.

2. Produtos de charcutaria (enchidos e fumados)

Produtos de charcutaria

À semelhança dos enlatados, estes alimentos possuem um teor excessivo de sal adicionado, não só para potenciar o seu sabor mas também para auxiliar no processo de conservação destes produtos.

Além disso, como estes produtos são extremamente processados e possuem um teor de gordura elevado, potenciando os efeitos nocivos do sal na saúde cardiovascular.

3. Cereais de pequeno-almoço, bolachas e pão

Cereais de pequeno-almoco

Uma grande parte dos cereais de pequeno-almoço e bolachas que temos disponíveis atualmente são extremamente ricos em sal, visto que são também um produto processado.

No caso do pão, o teor de sal adicionado é também significativo, embora já tenham sido adotadas medidas a nível nacional para limitar a adição de sal no pão. No caso do pão embalado, o teor de sal é ainda mais elevado.

4. Queijo

diferentes tipos de queijos

Também o queijo é um dos alimentos com sal escondido que facilmente se “abusa” no consumo, visto que é um alimento interessante do ponto de vista nutricional devido ao teor de proteína, vitaminas e minerais.

Opte pelas versões com menor teor de sal e de gordura.

5. Snacks de frutos secos

frutos secos variados

Os famosos snacks de frutos secos oleaginosos (amendoins, cajus, amêndoa) podem ser um dos principais alimentos com sal escondido, particularmente se forem consumidos na versão torrada ou com adição de sal.

E se nas versões com adição de sal é expectável que o teor de sal seja alto, as versões torradas e até algumas supostamente “naturais” podem ser uma grande surpresa.

6. Caldos de carne

caldos de carne

Os caldos de carne, tal como outros molhos processados, além de um elevado teor de gordura possuem também um teor de sal significativo.

Evite estes produtos e faça o seu próprio caldo com menos gordura e menos adição de sal.

7. Margarina e Manteiga

Margarina e Manteiga

Outra das surpresas nesta lista de alimentos com sal escondido poderá ser a manteiga e as margarinas.

Opte pelas versões com menor adição de sal e também menor teor de gordura.

8. Refeições pré-preparadas

Refeicoes pre-preparadas

À semelhança dos restantes alimentos processados, também as refeições já preparadas (congeladas ou frescas) tem, por norma, muito sal adicionado.

Prefira produtos frescos e adicione o sal você mesmo, de modo a ter maior controlo sobre a quantidade colocada.

De forma a diminuir a adição de sal, utilize ervas aromáticas. Algumas delas têm inclusivamente uma ação diurética, que ajuda a evitar a retenção de líquidos promovida pelo sal.

Veja também:

Nutricionista Rita Lima Nutricionista Rita Lima

Rita Lima é nutricionista e trabalha, atualmente, nos ginásios Urban Fit de Ermesinde, Antas Prime Fitness e CulturaFit Club no Porto. Durante 2 anos colaborou no projeto Dragon Force do Futebol Clube do Porto e com o Boavista Futebol Clube. É licenciada em Ciências da Nutrição pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto e frequentou o Curso de Nutrição no Desporto na mesma faculdade.

Cofidis