Nutricionista Rita Lima
Nutricionista Rita Lima
25 Fev, 2019 - 17:43

Saiba como escolher o tipo de frigideira mais indicado para os seus cozinhados

Nutricionista Rita Lima

Existem vários tipos de frigideiras, cada uma com características singulares e adaptada a diferentes situações. Saiba como fazer uma escolha correta.

Saiba como escolher o tipo de frigideira mais indicado para os seus cozinhados

Atualmente assiste-se a uma crescente preocupação em fazer escolhas alimentares mais corretas e saudáveis. No entanto, nem sempre nos lembramos que os utensílios usados para cozinhar também influenciam a nossa saúde.

Em particular no caso dos fritos, as frigideiras do momento são as anti-aderentes, de modo a evitar a utilização de gordura nos cozinhados. Mas que outros tipos de frigideiras existem e quais as mais indicadas para cada alimento?

Embora os tachos, as panelas e as frigideiras sejam submetidos a testes de controlo que obedecem ao regulamento de segurança da União Europeia, a acidez de certos alimentos e os erros de utilização podem comprometer a qualidade dos materiais, tornando o uso desses utensílios desadequado.

De seguida, deixamos-lhe, então, diversas indicações sobre os diferentes tipos de frigideiras, para poder selecionar a mais indicada para si e para os seus cozinhados, de acordo com as caraterísticas de cada uma.

PORQUÊ INVESTIR NUMA FRIGIDEIRA DE QUALIDADE?

tipos de frigideiras cozinhar ovo

O primeiro aspeto a salientar é que deve investir numa frigideira de qualidade, seja de que tipo for. Isto porque, a qualidade do material é determinante para o aspeto dos seus cozinhados. Quanto melhor for a qualidade, melhor será o aspeto.

Outro aspeto relevante prende-se com a durabilidade do material. As frigideiras de fraca qualidade, duram pouco tempo, na maioria dos casos, apenas semanas ou meses, pelo que em termos de preço acabam por não compensar. Ou seja, pode pagar menos por elas, mas como terá de comprar várias por ano, acaba por superar o valor de uma outra de melhor qualidade.

QUAIS OS TIPOS DE FRIGIDEIRAS DISPONÍVEIS?

tipos de frigideiras

Há vários tipos de frigideiras disponíveis no mercado, cada uma com caraterísticas próprias.

Com efeito, a escolha do tipo de frigideira que vai adquirir depende, acima de tudo, daquilo que pretende cozinhar e do método de confeção que irá utilizar. Irá usá-la sobretudo para fritar, grelhar ou saltear? Ou prefere uma frigideira multiusos, capaz de dar resposta a qualquer utilização? Estas são as questões que se levantam para definir o modelo ideal para si.

Além disso, existe ainda a questão do PFOA (ácido perfluoroctanóico), um composto presente no material anti-aderente das frigideiras que, quando começa a ficar desgastado, liberta compostos tóxicos para os alimentos, podendo ser responsável pelo surgimento de doenças crónicas, como é o caso do cancro.

1. FRIGIDEIRAS EM ALUMÍNIO FORJADO

São equipamentos robustos e com revestimento anti-aderente de excelente qualidade, isento de PFOA. Por essa razão, estas são as frigideiras ideais para fazer omeletes, saltear e grelhar.

Outra grande vantagem deste tipo de frigideira é o facto de serem aptas para todas as fontes de calor, incluindo placas de indução, e poderem ser lavadas na máquina de lavar a loiça.

2. FRIGIDEIRAS EM TITÂNIO

Muito robustas, as frigideiras em titânio são conhecidas pela sua capacidade de conservar e distribuir uniformemente o calor por toda a superfície do alimento, o que permite cozinhados perfeitos e uniformes.

Estas frigideiras são reforçadas com um anti-aderente de qualidade, isento de PFOA.

Além disso, tem uma pega extraível que permite terminar a confeção dos alimentos no forno.

Existem duas gamas disponíveis: uma adequada a todas as fontes de calor e outra que apenas não é adequada a placas de indução.

3. FRIGIDEIRAS DE FERRO FUNDIDO

As frigideiras de ferro fundido são excelentes para grelhar, saltear e refogar, porque mantêm e distribuem uniformemente o calor na sua base, permitindo uma cozedura mais lenta, além de pouparem energia.

Para limpar, basta passar uma esponja suave com água quente e, depois, secar com um pano ou papel antes de arrumar. São isentas de anti-aderentes artificiais e têm grande durabilidade.

Além disso, podem servir como uma fonte de ferro, já que este mineral passa da frigideira para os alimentos, sendo benéfico para pessoas que sofrem de anemia.

No entanto, sendo em ferro fundido, têm um peso considerável de cerca de 2kg a 3kg.

4. FRIGIDEIRAS EM FERRO MINERAL

Estas são as frigideiras mais antigas, isentas de qualquer revestimento anti-aderente artificial.

Graças ao seu material – o ferro -, o calor é distribuído uniformemente por toda a base da frigideira, o que a torna ótima para saltear, corar e fritar alimentos.

5. FRIGIDEIRAS EM AÇO INOXIDÁVEL

As frigideiras em aço inoxidável são muito utilizadas devido à sua elevada qualidade e durabilidade. São frigideiras multiusos, aptas para todas as fontes de calor e sem qualquer revestimento anti-aderente.

Têm como principais vantagens o facto de o material não oxidar com o tempo, serem fáceis de limpar e de conservar.

Evite cozinhar com o lume demasiado forte, pois os alimentos podem queimar-se. Se os alimentos agarrarem ao fundo, coloque de molho em água e não use esfregões abrasivos.

Agora que já conhece os diferentes tipos de frigideiras disponíveis no mercado, garanta que investe numa que lhe permita obter cozinhados perfeitos e, acima de tudo, saudáveis, livres de produtos nefastos, nomeadamente PFOA.

Veja também: