Nutricionista Rita Lima
Nutricionista Rita Lima
05 Fev, 2020 - 16:33

7 hábitos de vida saudáveis a seguir todos os dias

Nutricionista Rita Lima

Conheça alguns hábitos de vida saudáveis a seguir todos os dias, não só por motivos de saúde, mas também por questões de bem-estar geral, autoestima e estética.

Relaxar é um dos hábitos de vida saudáveis
O artigo continua após o anúncio

Ter um estilo de vida saudável está na ordem do dia. Não só por motivos de saúde, mas também por questões de bem-estar geral, autoestima e estética.

O conceito “estilo de vida saudável” engloba muitas vertentes, desde alimentação ao exercício físico, passando pelo relaxamento. Neste contexto, existem alguns hábitos de vida saudáveis que deve tentar seguir todos os dias.

7 hábitos de vida saudáveis a seguir todos os dias

1. Adote uma alimentação equilibrada

Diferentes formas de açucar: as boas escolhas

Seguir uma alimentação equilibrada é meio caminho andado para um estilo de vida saudável e para se sentir bem. Para isso, deixamos-lhe algumas as seguintes dicas:

Faça refeições regulares ao longo do dia

Comece por estabelecer rotinas alimentares e faça pequenas refeições ao longo do dia, de modo a manter a glicemia estável e ter energia suficiente para as tarefas do dia-a-dia.

No que diz respeito à composição destas refeições, mesmo do pequeno-almoço, não é necessário que possuam elevado volume de alimentos, principalmente de hidratos de carbono, mas devem incluir alimentos como a fruta, lacticínios magros, frutos secos, ovos, aveia.

Ingira frutas e legumes variados

As frutas e os legumes são uma fonte de saúde inegável. Desde vitaminas, minerais, fibras, antioxidantes e água, os legumes são muito importantes para manter um estilo de vida saudável, produzir energia para o dia-a-dia e para assegurar as funções vitais do organismo.

O artigo continua após o anúncio

Planeie as suas refeições com antecedência

Um dos principais inimigos do sucesso de uma alimentação mais saudável e equilibrada é a falta de tempo, visto que o leva a ir comer fora com mais frequência e a comer alimentos mais ricos em açúcar ou gordura do que se levasse marmita.

Além disso, fazer muitas refeições fora vai aumentar substancialmente a sua despesa ao final do mês. Como tal, no início da semana planeie a ementa semanal, incluindo o que vai incluir nos seus snacks entre refeições, e faça uma lista de compras. Desta forma, irá organizar melhor a sua rotina alimentar.

Aumente o conteúdo proteico das suas refeições

Tanto nas refeições principais como nas intermédias, diminua o teor de hidratos de carbono e aumente a proteína, visto que é um nutriente mais saciante, que promove a manutenção da massa muscular e do metabolismo basal e não se transforma em gordura.

Ovos, frutos secos oleaginosos e respetivas pastas (ex. manteiga de amendoim), atum, salmão fumado, lacticínios magros, fiambre de aves, barras proteicas, são alguns exemplos.

Opte por hidratos de carbono complexos

Os hidratos de carbono são importantes para o humor, a energia, vitalidade e concentração. Dentro destes, escolha os que apresentam um índice glicémico mais baixo, visto que não estimulam de forma tão acentuada a libertação de insulina e, por isso, prolongam a sensação de saciedade, energia e produtividade.

O artigo continua após o anúncio

Alguns exemplos são a aveia, os cereais integrais, batata-doce e leguminosas.

Se precisar de apoio para adotar uma alimentação saudável, tendo em consideração as suas necessidades específicas, procure um nutricionista. Pode encontrar este tipo de ajuda especializada nas Clínicas BodyScience. Aliás, a BodyScience tem clínicas abertas em Lisboa, Porto, Braga, Guimarães ou Póvoa de Varzim e disponibiliza a primeira consulta de forma totalmente gratuita e sem compromisso.

2. Hidrate-se!

20 alimentos ricos em fibra para uma boa saúde intestinal

A ingestão de água é fundamental para saúde e para o bom funcionamento de todo o organismo.  Como tal, esforce-se por beber pelo menos 1,5l de água ou chá sem adição de açúcar durante o dia.

A ingestão de sopa, fruta e produtos hortícolas também é uma boa estratégia para aumentar a hidratação, pois o seu teor em água é bastante significativo.

3. Pratique exercício físico

motivos para continuar com fome mesmo quando se come muito

Os benefícios da prática regular de exercício são inúmeros. Além de potenciar um maior gasto energético pelo aumento do metabolismo basal e, desta forma, potenciar a perda de massa gorda e peso, o exercício promove uma maior desintoxicação do organismo, alívio do stress, melhor qualidade do sono, trânsito intestinal mais regular e maior regulação do apetite.

Escolha uma atividade que gosta e pratique regularmente. Nem que seja apenas uma caminhada, o importante é manter-se ativo.

4. Durma 7 a 8 horas por dia

reduzir o apetite fatores positivos

Uma boa noite de sono é fundamental para repor as energias gastas durante o dia, preparar um dia seguinte mais produtivo e bem passado. Além disso, são vários os processos orgânicos cruciais que ocorrem durante o sono.

Para tal, durma cerca de 7 a 8 horas por noite, deitando-se e levantando-se cedo.

O artigo continua após o anúncio

5. Arranje tempo para si e para fazer o que mais gosta

Hábitos de vida saudável: mulher a relaxar

Porque ter hábitos de vida saudáveis e ser saudável de uma forma geral, passa por sentir-se bem, tanto física como psicologicamente, não se esqueça de arranjar tempo para os seus hobbies preferidos, nomeadamente a leitura, o cinema, tempo com os amigos, passeios.

6. Apanhe sol com precaução

Função da vitamina D3 no organismo

Apanhar sol é fundamental para a produção de vitamina D, uma vitamina com importantes funções no organismo, desde a produção hormonal à manutenção da massa óssea, sendo essencial à saúde.

No entanto, tenha a devida precaução e não se exponha ao sol nas horas mais perigosas.

7. Seja positivo

Hábitos de vida saudáveis: ser mais positivo

Ter uma visão positiva da vida é outro dos hábitos de vida saudáveis que pode ser tão importante para sua saúde e longevidade como fazer exercício ou alimentar-se corretamente. Isto porque sentir-se bem e encarar as coisas de forma mais positiva ajuda a gerir melhor o stress e evitar todas as consequências negativas que dele advêm.

Fontes

1. Direção Geral de Saúde, n.d. “Estilos de Vida Saudável”. Disponível em: https://www.dgs.pt/paginas-de-sistema/saude-de-a-a-z/estilos-de-vida-saudavel.aspx

Veja também