Nutricionista Carolina da Costa Arcanjo
Nutricionista Carolina da Costa Arcanjo
19 Dez, 2018 - 11:44

Consumo de álcool na gravidez: será seguro para o bebé?

Nutricionista Carolina da Costa Arcanjo

Praticamente todas as futuras mamãs sabem que não devem consumir álcool na gravidez. Mas afinal, quais as suas implicações no período de gestação? Veja.

Consumo de álcool na gravidez: será seguro para o bebé?
O artigo continua após o anúncio

O consumo de álcool na gravidez pode ter graves consequências para o desenvolvimento do bebé, pelo que é importante eliminar por completo este tipo de bebidas do quotidiano da grávida.

O consumo de álcool na gravidez

Seja de forma habitual ou esporádica, o consumo de álcool na gravidez deve ser eliminado por completo, pois constitui um grande perigo para o desenvolvimento do bebé. Ao ingerir bebidas alcoólicas, o álcool entra rapidamente na circulação sanguínea da grávida e, consequentemente, na circulação do bebé, através do cordão umbilical.

Por ser uma substância teratogénica, o álcool pode afetar o desenvolvimento fetal, podendo mesmo ser fatal, por abortos espontâneos ou mesmo tendo um nado-morto.

1. Consumo por dependência

alcool na gravidez copo de vinho



No caso da grávida consumir bebidas alcoólicas por dependência, os problemas para o bebé podem ser muito graves e mais específicos, relacionados com a síndrome fetal alcoólica. Esta síndrome é caracterizada, por exemplo:

Assim, nestes casos é fundamental que procure ajuda junto do seu médico obstetra no sentido de ser reencaminhada para um especialista que o ajude a ultrapassar a dependência.

2. Consumo ocasional

alcool na gravidez casal sentado no chao

No caso de consumo ocasional de bebidas alcoólicas, o risco para o bebé também existe. Mesmo se optar por bebidas com teor alcoólico mais baixo, estas continuam a ser uma ameaça para o normal desenvolvimento fetal, dado que esse teor de álcool entrará na corrente sanguínea do bebé.

Em conclusão, e segundo a Organização Mundial de Saúde, recomenda-se que, assim que decidir engravidar, deixe de consumir totalmente bebidas alcoólicas até ter o seu bebé ou, se for o caso, deixar de amamentar. Se lhe restarem algumas dúvidas ou sentir necessidade de ajuda para mudar este seu hábito, não hesite em procurar o seu médico.

Veja também: