Os melhores extratos naturais para fazer chás para a tosse

Várias plantas e extratos naturais são usados como chás para a tosse, constituindo uma alternativa terapêutica aos fármacos e químicos.

Os melhores extratos naturais para fazer chás para a tosse
Fique a conhecer quais os chás para a tosse mais indicados e eficazes

Existem inúmeras plantas utilizadas como chás para a tosse, conhecidas até já desde há alguns anos, em que as plantas eram usadas quase de forma exclusiva como tratamento de algumas condições clínicas a alívio de sintomas.

5 Chás para a tosse para ajudar no alívio dos sintomas


1. Gengibre

gengibre

O gengibre é um anti-inflamatório de excelência e é utilizado para diversos fins e questões de saúde. Em situações de maior quebra ao nível do sistema imunitário, revela-se um importante regeneradora e potenciador de imunidade, sendo adequado em situações de gripe e constipações.

Tem um papel importante em casos de tosse, por te ruma ação anti-inflamatória das vias aéreas. Por ter um sabor forte, é por vezes colocado em infusão com mel e limão, sendo mais agradável e com a adição das propriedades medicinais do mel já conhecidas, rico em compostos fenólicos com ação antioxidante.

> Saiba mais aqui sobre o chá de gengibre.

2. Eucalipto 

eucalipto

As folhas de eucalipto são usadas para fazer chá e são conhecidas diversas propriedades terapêuticas associadas ao seu consumo. Destaca-se o seu papel em situações de sinusite, bronquite e rinite, tendo portanto uma ação ao nível da eliminação da expectoração e desobstrução das vias aéreas.

3. Cebola

cebola

Ainda que o sabor não vá ao encontro do gosto de muitos, o chá de cebola é feito com recurso às cascas da mesma e tem ação ao nível das vias nasais e das cordas vocais. É muitas vezes usado em casos de rouquidão, dores de garganta e estados gripais.

Tem também um papel importante na tosse, reduzindo a sua frequência e favorecendo a eliminação de expectoração e sendo conhecido por ser um dos mais indicados chás para a tosse.

4. Funcho

funcho

O funcho tem um sabor agradável e o seu chá é frequentemente apreciado. Além de muitas outras ações no organismo, o funcho é um calmante das mucosas e alivia a tosse. O chá pode ser feito a partir das sementes secas ou preparado em pó.

5. Hortelã

hortela

As folhas de hortelã têm várias utilizações: além de conferir tempero ou serem usadas em diversas receitas, podem ser utilizadas para chá já que, além de promoverem o bom funcionamento do sistema imunológico, favorece a saúde oral e previne a inflamação das vias respiratórias.

Tem uma ação terapêutica em situações de constipação, gripe e tosse.

> Saiba mais aqui sobre o chá de hortelã.

Veja também:

Nutricionista Margarida Beja Nutricionista Margarida Beja

Margarida Beja é Nutricionista (1859NE) e trabalha atualmente no Reino Unido na área da gestão de peso. Anteriormente, trabalhou também no âmbito da nutrição comunitária e nutrição clínica e esteve envolvida em projetos ligados à prevenção da obesidade infantil, coaching e marketing nutricional. É licenciada em Dietética e Nutrição pela Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa.