Benefícios da soja: da saúde do coração até à saúde digestiva

A soja está na linha da frente no combate a doenças cardiovasculares, mas não só. Os benefícios da soja parecem ser uma mais valia noutras áreas da saúde.

Benefícios da soja: da saúde do coração até à saúde digestiva
Só boas razões para consumir soja.

Se não conhece ou quer saber mais sobre os benefícios da soja, está a ler o artigo certo.

Hoje vamos falar sobre os benefícios da soja, um tema que divide opiniões, por isso fique connosco para perceber melhor de que forma a soja pode melhorar a sua saúde.

Uma introdução à soja


beneficios da soja e graos de soja

A soja é um grão com origem oriental, mais especificamente na China. Cresce em vagens que envolvem sementes comestíveis e é a leguminosa mais cultivada e utilizada em todo o mundo.

A textura da soja é muito adaptável, por esse motivo os seus grãos são frequentemente adaptados numa variedade de alimentos, como bebidas de soja, hambúrgueres de soja, entre outros.

A soja é rica em proteínas, minerais, vitaminas A, B, C e D e contem aminoácidos essenciais. O baixo teor de gordura saturada é um grande aliado no combate e prevenção de muitas doenças.

Devido à sua composição nutricional, a soja é consumida como uma alternativa à carne e peixe e funciona como base de alimentos como as bebidas de soja, tofu, miso, tempeh e proteína de soja.

Os 5 principais benefícios da soja


Algumas pesquisas sugerem que incluir a soja na alimentação pode trazer uma série de benefícios potenciais à saúde. Esses benefícios da soja incluem:

1. Saúde do coração

coracao e estetoscopio

A soja tem sido associada a níveis mais saudáveis ​​de colesterol, o que pode ajudar a diminuir o risco de doenças cardiovasculares.

Alguns estudos realizados sugerem que o consumo de soja reduz significativamente o colesterol total, os triglicerídeos e o colesterol LDL. O colesterol LDL é também conhecido como o “mau colesterol” devido à sua ligação com acúmulo de gordura nas artérias.

O consumo de soja também pode aumentar significativamente o colesterol HDL. Este tipo de colesterol é também conhecido como o “bom colesterol” porque ajuda a remover o colesterol LDL das artérias.

As pessoas que apresentam níveis mais elevados de colesterol apresentam diminuições mais significativas no colesterol LDL quando comparadas com pessoas que apresentam níveis saudáveis ​​de colesterol.

Os alimentos de soja menos processados, como bebidas de soja e os grãos de soja, parecem ser mais eficazes do que os extratos ou os suplementos de proteína de soja.

 2. Obesidade

mulher com excesso de peso

A soja contém fitoestrógenos, substâncias químicas encontradas em alimentos vegetais. Existem diferentes tipos de fitoestrógenos, mas os encontrados em produtos de soja são chamados de isoflavonas e têm propriedades semelhantes ao estrogénio.

Algumas pesquisas sugerem um efeito dos suplementos de isoflavona de soja sobre o peso corporal em mulheres no momento pós-menopausa.

Os níveis de estrogénio diminuem naturalmente à medida que as mulheres envelhecem, o que aumenta o risco de certas condições de saúde. O aumento do peso corporal, por exemplo, pode não acontecer de forma tão acentuada com a suplementação com isoflavonas.

3. Cancro da mama

laco cancro da mama

No passado, havia a preocupação de que a soja pudesse ser prejudicial às mulheres com alto risco de desenvolver cancro da mama ou com cancro de mama. Mas atualmente a pesquisa sugere outra coisa.

A ingestão de soja pode reduzir o risco de cancro da mama, com base em dados de estudos observacionais. A quantidade de soja que pode ser benéfica é de 10 a 20 miligramas (mg) de isoflavonas por dia, o que é semelhante à ingestão típica na Ásia, onde as mulheres tendem a ter menos este problema de saúde.

Não se sabe se os isolados de proteína de soja ou proteína vegetal texturizada oferecem os mesmos benefícios à saúde que a soja menos processada.

4. Digestão

digestao facil

Um dos elementos mais comuns que faltam na dieta de muitas pessoas é a fibra, que está presente em grandes quantidades na soja.

A fibra é uma parte essencial de um corpo saudável, particularmente em termos do sistema digestivo. A fibra aumenta as fezes, fazendo com que ela se mova suavemente pelo sistema digestivo.

Além disso, estimula o movimento peristáltico, que é a contração dos músculos lisos que empurram o alimento através do seu sistema. É vital também porque a obstipação pode ser uma condição muito séria que pode levar a condições mais graves, incluindo o cancro colorretal.

5. Saúde óssea

ossos da perna

A soja tem um alto conteúdo vitamínico e mineral, ambos fatores muito importantes para uma variedade de benefícios no corpo, incluindo a saúde óssea.

O cálcio, magnésio, cobre, selénio e zinco são alguns nutrientes relevantes na formação óssea, permitindo o crescimento de novos ossos e também acelerando o processo de cicatrização dos ossos.

Comer soja pode ser uma solução a longo prazo para problemas como a osteoporose, que comumente ocorre à medida que se envelhece.

Em suma…


Os melhores tipos de soja para comer são aqueles que são menos processados. Alguns exemplos incluem soja cozida, edamame, bebida de soja, tofu, tempeh e nozes de soja. No entanto, é importante ver quais são as formas que podem trazer benefícios para a saúde, pois as diferentes formas se soja podem trazer benefícios diferentes.

Embora a soja seja um alimento muito nutritivo, deve fazer parte da alimentação de forma moderada.

Veja também: