Publicidade:

Alimentação do bebé de 7 meses: alimentos permitidos, proibidos e receitas

Aos 7 meses o bebé pode começar a ingerir sopas de peixe e alimentos como pão, bolachas e cereais. Veja como deve ser a alimentação do bebé de 7 meses.

 
Alimentação do bebé de 7 meses: alimentos permitidos, proibidos e receitas
Venha descobrir que alimentos pode dar ao seu bebé de 7 meses

Depois do início da introdução de alimentos na dieta do bebé, a diversificação alimentar faz-se por etapas. Na alimentação do bebé de 7 meses de idade são inseridos novos alimentos, mas nunca dispensando aqueles que já foram introduzidos em meses anteriores.

É ainda altura de se começar a fazer a segunda refeição salgada, almoço ou jantar, por exemplo.

Os alimentos devem ser apresentados em pequenos pedaços, ligeiramente amassados, para potenciar a aprendizagem de novas texturas.

Que alimentos devem fazer parte da alimentação aos 7 meses de idade?


Após os 7 meses de idade, existem alimentos que podem ser introduzidos na alimentação do bebé.

1. Carne

A carne é uma fonte de proteína muito importante a introduzir nesta altura da alimentação do bebé. No entanto, no momento de escolher o tipo de carne, há que optar sempre pela carne branca.

As carnes brancas são carnes magras de elevada qualidade proteica, com baixo teor de gordura, e fonte de vitaminas e minerais importantes para o bebé.

Aos 7 meses de idade, já podem então ser introduzidas carnes de frango, peru e coelho.

A sua introdução deve ser feita de forma gradual e progressiva até atingir cerca de 25 a 30 gramas de carne/dia.

2. Peixe

pescada e alimentação do bebé de 7 meses

O peixe é uma fonte de proteínas de elevada qualidade, ácidos gordos essenciais, vitaminas e minerais que são fundamentais para o bom desenvolvimento do bebé.

Este alimento deve ser introduzido após a carne, numa quantidade de 15 gramas por dia. Tal como acontece com a carne, a dose poderá sofrer um aumento gradual.

Os peixes preferenciais numa primeira fase são os peixes magros, como a pescada, o linguado e o besugo. Podem ser escolhidos frescos ou congelados.

No processo de confecção da sopa de peixe, deve ter-se em atenção a cozedura do peixe, que deve ser feita à parte dos legumes. O peixe apenas deve ser adicionado á sopa na parte final, quando já estiver cozido e desfiado.

3. Pão, bolachas e cereais

bolachas e alimentacao do bebe de 7 meses

Este grupo de alimentos deve esperar pelos 7 meses de idade do bebé, pois são alimentos que possuem glutén. Por esse motivo, a introdução é feita mais tardiamente e sempre com o cuidado de ver se o bebé não desenvolve nenhuma reação adversa ao alimento.

Devido ao seu conteúdo de fibras, não é aconselhado fornecer alimentos integrais ao início, e o pão deve ser privilegiado em relação às bolachas ou aos cereais.

Ocasionalmente e para variar a rotina do bebé, pode ser oferecida uma papa de frutas e bolacha maria, em vez da típica papa de cereais.

4. Novos legumes e Frutas

Além das peças de fruta e legumes que o bebé já podia comer até aqui, agora podem adicionar-se à lista laranja, tangerina, uvas, manga e melão.

Estas frutas são têm um teor de água bastante elevado, ideais para contribuir para a hidratação do seu bebé.

Lembre-se que a fruta deve fazer parte da sobremesa do bebé e nunca deve substituir uma refeição. Deve também ser servida ao natural para que o bebé se adapte a novas texturas.

Alimentação do bebé de 7 meses: lista de alimentos permitidos


maçã

Aos 7 meses de idade, o bebé já pode começar a ter uma alimentação mais diversificada, sendo que são permitidos os seguintes alimentos:

  • Papas de cereais
    • lácteas
    • não lácteas
  • Legumes
    • Batata
    • Cenoura
    • Abóbora
    • Cebola
    • Nabiça
    • Nabo
    • Couve-flor
  • Bolachas
  • Pão
  • Cereais
  • Frutas
  • Peixes
    • Pescada
    • Linguado
    • Dourada
    • Besugo
  • Carnes brancas
    • Frango
    • Perú
    • Coelho

 

Alimentação do bebé de 7 meses: lista de alimentos não permitidos


morango

Aos 7 meses, existem alimentos que ainda não devem ser introduzidos devido ao seu potencial alergéneo ou de possível intolerância, nomeadamente:

  • Ovos
  • Legumes
  • Frutas
  • Iogurtes
  • Alimentos com muito sal adicionado
  • Alimentos com muito açúcar adicionado
  • Alimentos processados
  • Peixes
  • Arroz
  • Massa

 

2 Receitas para diversificar a alimentação do bebé de 7 meses 


1. Sopa de brócolos e pescada

sopa de brócolos e pescada

 – Ingredientes –

  • Brócolos
  • 2 batatas médias
  • 1 curgete
  • 2 cenouras
  • 1 rodela de cebola
  • 1 posta de pescada
  • 1 colher de sopa de azeite

– Modo de preparação –

  1. Cozer os legumes num tacho e a pescada à parte, num outro tacho, sem juntar o azeite.
  2. Depois de cozida, desfiar a pescada e verificar que fica sem espinhas.
  3. Reservar parte da água dos legumes, deixando apenas um fundo no tacho.
  4. Numa tigela, adicionar os legumes, a água e a pescada desfiada e triturar.
  5. Depois de triturado, adicionar a colher de azeite.

Sugestão: A sopa pode ficar ligeiramente mal triturada, para a criança se habituar à textura. No entanto, caso verifique que existe alguma dificuldade em ingerir, adicione um pouco mais de água para ficar com uma textura mais agradável.

2. Papa de laranja, banana e bolacha maria

papa de banana laranja e bolacha

Ingredientes

  • Sumo de 1 laranja
  • 1 banana média
  • 1 bolachas tipo “Maria”

– Modo de preparação –

  1. Num prato, colocar o sumo de laranja, a banana e a bolacha maria partida em pequenos pedaços.
  2. Com ajuda de um garfo, desfazer os pedaços de banana e de bolacha (se preferir, pode colocar todos os ingredientes no copo triturador e triturar para obter uma mistura mais homogénea).
  3. Assim que obtiver uma papa com a textura desejada, servir ao bebé.

Sugestão: Os bebés mais pequenos podem engasgar-se com algum pedaço mais saliente de fruta ou bolacha, daí que seja importante numa fase inicial recorrer a uma trituradora. Assim que o bebé vai crescendo, deve servir a papa sem estar completamente triturada, para que o bebé se ambiente a texturas diferentes.

Veja também:

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].