Nutricionista Rita Lima
Nutricionista Rita Lima
01 Fev, 2021 - 10:32

5 sinais de que está a sabotar a sua dieta

Nutricionista Rita Lima

Fazer dieta para perder peso não é tarefa fácil e, por esse motivo, existe tendência para sabotar a dieta. Estes são os sinais de que poderá estar a fazê-lo.

Mulher a sabotar a dieta

Perder peso é um processo. O principal fator (mais do que o tipo de dieta que irá seguir) é induzir um balanço energético negativo, ou seja, ingerir menos calorias do que aquelas que gasta.

O problema começa quando a vontade de ceder a impulsos ou ingerir porções maiores do que aquelas estipuladas pelo nutricionista no plano alimentar se torna superior à força de vontade e motivação para o seu cumprimento. Como consequência, os resultados irão tardar a aparecer ou não irão aparecer de todo, o que leva ao aumento da desmotivação e ao provável abandono da dieta.

Neste contexto, importa conhecer alguns sinais de que está a sabotar a dieta, para iniciar mais rapidamente a sua correção e não impactar negativamente os resultados que pretende alcançar.

Sinais de que está a sabotar a dieta

1

Permite várias recompensas alimentares ao longo do dia ou de vários dias

Mulher a tirar bolachas de um frasco

Um dos principais sinais de que está a sabotar a sua dieta é permitir a existência de recompensas alimentares ao longo do dia ou regularmente durante vários dias consecutivos.

Estas recompensas alimentares podem ser doces, chocolates, bolachas, biscoitos, entre outros “alimentos conforto”, ricos em gordura e / ou açúcar e sal, que se permite comer entre refeições ou após as refeições estipuladas (ex. chocolate para sobremesa ou para acompanhar os cafés ao longo do dia).

Evite, por isso, ter este tipo de alimentos acessíveis ou na sua linha de visão, seja em casa ou no trabalho, para ser mais fácil não ceder a estas tentações.

Como alternativa, recorra a outros alimentos de menor valor energético, como fruta, gelatina, biscoitos ou pipocas sem adição de açúcar, ou tenha disponível apenas a quantidade que deve comer, em particular quando leva para o local de trabalho.

2

Faz mais do que uma “refeição de asneira” por semana

Outro dos problemas que influencia negativamente um programa de perda de peso é fazer várias “refeições de asneira” na mesma semana ou até no mesmo dia (“dia da asneira” em vez de “refeição de asneira”).

Isto porque, quando as “refeições de asneira” se repetem várias vezes ao longo do dia ou da semana, o valor energético dessas várias refeições pode anular o balanço energético negativo que alcançou com as restrições que fez durante a semana.

Quando isto acontece, o balanço energético semanal torna-se neutro e não irá perder peso entre semanas, um fator que pode levar à desmotivação e abandono da própria dieta ou à continuação da sua “sabotagem”.

3

Petisca frequentemente e/ou faz refeições extra plano (mesmo que saudáveis)

mulher feliz a comer

Passando para outra forma de sabotar a sua dieta, entramos no ato de petiscar ou fazer refeições “extra” entre as refeições planeadas.

Muitas das vezes, o que irá petiscar ou incluir nestas refeições extra são alimentos saudáveis, como tostas integrais, fruta, frutos secos oleaginosos, panquecas ou outros preparados “sem culpa”. No entanto, são alimentos que adicionam valor energético ao seu dia alimentar e que quebram o balanço negativo que deve promover para perder peso.

Assim sendo, se não desgastar essa energia extra consumida com mais exercício físico, irá limitar os resultados da sua perda de peso, mesmo que seja à custa de alimentos saudáveis.

4

Não cumpre com as porções recomendadas ou repete o prato de refeição

Além de fazer refeições extra ao plano ou de petiscar durante o dia / noite, existe ainda outra forma de sabotagem que é ceder à tentação de ingerir porções maiores do que o suposto ou repetir o prato de refeição.

À semelhança do que foi referido para os pontos anteriores, quando começa, sistematicamente, a permitir que isto aconteça, está a prejudicar a restrição energética que deveria estar a induzir.

5

Arranja várias “desculpas”/justificações após ceder a impulsos alimentares

Mulher a comer gelado Magnum

Por último, outro dos grandes sinais de que está a sabotar a sua dieta é arranjar justificação para todos os “extras” que consome e para a cedência aos impulsos alimentares.

Algumas das justificações mais frequentes são “tive um dia emocionalmente complicado”, “fiz mais exercício / caminhei mais / estou mais cansado”, “estou menstruada ou nos dias anteriores à menstruação” ou “foi só hoje, não volto a fazer”.

No entanto, se pretende que estas situações fiquem restritas a um dia só e voltar a focar na sua dieta, deve assumir, primeiramente, que não conseguiu controlar o impulso e não arranjar mais nenhuma desculpa.

De seguida, deve lembrar-se das motivações pelas quais iniciou a dieta e de que se continua a ingerir mais calorias do que aquelas que na realidade deveria, não irá conseguir atingir o seu objetivo. Esforce-se, portanto, por desassociar a ingestão alimentar da sua componente emocional.

Veja também