Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
22 Dez, 2020 - 16:28

Quem vier do Reino Unido só entra em Portugal com teste negativo

Mónica Carvalho

Devido ao aparecimento de uma nova estirpe de SARS-CoV-2, foram estipuladas limitações a quem viajar do Reino Unido para Portugal.

Mulher no aeroporto à espera de voo

A evolução da situação epidemiológica no Reino Unido, onde foi detetada uma nova estirpe do coronavírus que provoca a doença COVID-19, fez com que o Governo estipulasse uma série de restrições para quem viaje para Portugal vindo de terras de Sua Majestade. Essas restrições, que já estão em vigor, são as seguintes:

  1. Apenas são autorizados a entrar em território nacional os passageiros de voos provenientes do Reino Unido que sejam cidadãos nacionais ou cidadãos legalmente residentes em Portugal.
  2. Estes passageiros têm de apresentar, à chegada a Portugal, comprovativo de realização de teste COVID-19 com resultado negativo.
  3. Os cidadãos que não tiverem teste negativo serão encaminhados pelas autoridades competentes, à chegada a Portugal, para a realização do referido teste no interior do aeroporto, realizados por profissionais de saúde habilitados para o efeito. Em seguida, os cidadãos terão de ficar em isolamento nos termos definidos pelas autoridades de saúde.

Estas medidas serão atualizadas de acordo com a evolução da situação, pelo que, até ao momento, não se sabe até quando estarão em vigor.

De salientar ainda que, em Portugal, não se confirma a circulação desta nova variante do SARS-CoV-2 identificada no Reino Unido, de acordo com os dados obtidos até ao momento pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge.

Fontes

  1. Serviço Nacional de Saúde: “Medidas aplicáveis aos voos provenientes do Reino Unido”. Disponível em: https://www.sns.gov.pt/noticias/2020/12/20/nota-a-comunicacao-social-24/
Veja também