Camila Farinhas
Camila Farinhas
23 Set, 2020 - 17:44

Pneumonia: o que é, quais as causas, sintomas e como a prevenir?

Camila Farinhas

A pneumonia é a doença respiratória responsável por mais internamentos e mortes em Portugal. Mas, qual é a sua causa? E como a pode prevenir?

Mulher de cama com pneumonia

A chegada das temperaturas mais baixas, pode desencadear alterações no organismo que debilitam o sistema imunitário. As infeções respiratórias são bastante comuns, como é o caso da pneumonia. Conheça aqui quais os sintomas desta doença e como a pode prevenir.

O que é a pneumonia?

Mãe a medir febre à filha

A pneumonia é uma inflamação nos pulmões, mais precisamente no parênquima pulmonar, local onde ocorrem as trocas gasosas indispensáveis à vida. Pode ter vários quadros clínicos, indo de leve a mortal, dependendo da idade do doente e do seu estado geral de saúde.

Esta doença afeta sobretudo crianças e idosos, onde os seus danos são superiores. Por serem grupos naturalmente mais frágeis, muitas vezes é necessário internamento (1, 2).

Qual a sua causa?

A pneumonia é causada pela presença de agentes infeciosos no tecido pulmonar, nomeadamente bactérias, vírus ou fungos. Os mais comuns são:

  1. Streptococcus pneumoniae (pneumococo) e Haemophilus influenzae: os mais comuns responsáveis pela pneumonia bacteriana.
  2. Vírus respiratório sincicial.

Diariamente, somos expostos a estes e muitos outros agentes infeciosos, e se o sistema imunitário se encontra debilitado por alguma razão, existe maior probabilidade de desenvolver doenças.

A pneumonia pode ser adquirida em contexto comunitário (pneumonia comunitária), ou ainda, em contexto hospitalar (pneumonia hospitalar). Esta última é mais grave, pois os agentes infeciosos são mais resistentes e, geralmente, os doentes apresentam já o sistema imunitário bastante fragilizado.

Quais são os principais sintomas da pneumonia?

Mulher com sintomas de pneumonia

Os sintomas mais comuns de pneumonia são (1):

  • Febre
  • Tosse
  • Calafrios
  • Dores musculares e articulares
  • Dor de cabeça
  • Diarreia
  • Náuseas e vómitos

Por se tratarem de sintomas comuns a outras doenças respiratórias, nem sempre é fácil identificar a pneumonia. O diagnóstico irá depender da história clinica do doente e do exame físico. Em caso de dúvida, o médico pode solicitar exames específicos como a radiografia de tórax, a tomografia computorizada, análises sanguíneas, análises à expectoração ou, em casos mais graves, a broncoscopia e recolha de líquido pleural.

Qual é o tratamento?

Na maioria dos casos o tratamento é realizado em ambulatório, salvo situações em que o estado geral de saúde é desfavorável e é necessário internamento.

Habitualmente, recorrem-se a antibióticos (se a pneumonia for de origem bacteriana), ou medicamentos antivirais (caso esta seja de origem viral). Outras terapêuticas podem ainda ser prescritas, para alivio dos sintomas de febre e tosse (1).

Como se pode prevenir a pneumonia?

Mulher a ser vacinada

A pneumonia pode ser prevenida essencialmente de duas formas:

1

Vacinação

A principal forma de prevenção da pneumonia é a toma da vacina da gripe e da vacina pneumocócica. Esta última é indicada para pessoas com probabilidade de desenvolverem formas mais graves da doença, nomeadamente (1):

  • Idosos com mais de 65 anos
  • Pessoas que vivam em lares e centros de dia ou instituições similares
  • Pessoas com doenças crónicas (Diabetes, Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica, Doença cardíaca, Doença neurológica, Doença renal ou hepática)
  • Pessoas com o sistema imunitário mais fragilizado
  • Grávidas (em situações especificas)
  • Profissionais de saúde
  • Familiares que vivam com pessoas de risco
2

Estilo de vida saudável

No dia a dia é possível fazer opções que habilitem a uma vida mais saudável, e por consequência, a um sistema imunitário mais fortalecido, tais como:

  • Praticar uma alimentação saudável e equilibrada, privilegiando determinados alimentos, tais como frutas e hortícolas, e diminuído a ingestão de produtos processados, ricos em gordura e açúcar  
  • Diminuir o consumo de álcool
  • Deixar de fumar
  • Praticar actividade física regular

Fontes

  1. Sociedade Portuguesa de Pneumologia (2020). Pneumonia. Acedido a 23 de Setembro de 2020. Disponível em: https://www.sppneumologia.pt/doentes/pneumonia/quais-sao-os-sintomas
  2. Direção-Geral da Saúde (2017). Programa Nacional para as Doenças Respiratórias. Disponível em: https://www.dgs.pt/portal-da-estatistica-da-saude/diretorio-de-informacao/diretorio-de-informacao/por-serie-884765-pdf.aspx?v=%3d%3dDwAAAB%2bLCAAAAAAABAArySzItzVUy81MsTU1MDAFAHzFEfkPAAAA
Veja também