Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
01 Jul, 2020 - 09:30

Ordem alerta para a importância da verificação de nutricionistas

Mónica Carvalho

Em causa, estão as declarações da autora do livro “O Poder do Jejum Intermitente”. Ordem dos Nutricionistas alerta para importância de fontes certificadas.

Homem numa consulta com nutricionista

Nos últimos dias, o assunto do jejum intermitente tem sido alvo de várias notícias, devido à publicação do livro “O Poder do Jejum Intermitente”, de Alexandra Vasconcelos. Todavia, a Ordem dos Nutricionistas (ON) alerta para o facto da autora não ser nutricionista, estatuto pelo qual tem vindo a ver conhecida.

Nesse sentido, a ON mostra-se vigilante perante este tipo de comunicações, principalmente por quem “não se poderá identificar, nem ser identificada, com esta nomenclatura profissional”. No site da ON, é possível identificar quem é, de facto, nutricionista e detentor de cédula profissional.

A ordem refere que “qualquer regime alimentar deve ter por base evidência científica robusta, prescrito por nutricionista, de modo a garantir equilíbrio nutricional e a evitar perceções erróneas, de que são exemplo algumas falsas alegações divulgadas nos últimos dias, como o poder do jejum intermitente reverter a diabetes tipo 2”.

A ON é a associação pública profissional que “regula o acesso e o exercício da profissão de nutricionista”, pelo que assume como função a “representação e a defesa dos interesses gerais da profissão”, nomeadamente o lado social da mesma, não só ao nível da atribuição do título profissional, mas também no controlo de informação divulgada sobre a nutrição e o impacto da mesma na saúde.

Fontes

  1. Comunicado Ordem dos Nutricionistas, disponível em: https://www.ordemdosnutricionistas.pt/noticia.php?id=990
Veja também