Rita Mendo
Rita Mendo
10 Dez, 2019 - 00:30

Hemorroidas: o que não deve comer

Rita Mendo

Se tem hemorroidas, saiba que existem alimentos que não deve mesmo comer para que os sintomas não se agravem.

Prato com malaguetas
O artigo continua após o anúncio

As hemorroidas podem não causar dores fortes mas, por norma, provocam algum desconforto. No entanto, se tem hemorroidas, existem alimentos que não deve comer para que este desconforto não aumente e o problema não desenvolva.

As principais causas do aparecimento deste problema são o sedentarismo, a alimentação desequilibrada e problemas cardiovasculares.

Algumas situações apenas encontram solução com a intervenção médica, pois pode ser necessário realizar uma incisão para remover a hemorroida que contém coágulo, embora esta não seja uma solução definitiva.

Hemorroidas: alimentos que não deve comer

A dieta para prevenir o aparecimento ou agravamento das hemorroidas deve ser rica em hidratos de carbono complexos, fibras alimentares e líquidos.

Para que o problema não se desenvolva e os sintomas não se agravem, é importante que não coma alguns alimentos que irritam o estômago e o restante trato gastrointestinal.

1. Pimenta

Hemorroidas: o que não deve comer

Apesar de não as causar diretamente, a pimenta inclui-se no grupo de alimentos a não comer em caso de hemorroidas pois, em excesso, pode agravá-las, uma vez que promove a dilatação dos vasos sanguíneos.

2. Alimentos açucarados

Gelados, chocolates, bolos e outros doces são tudo alimentos a não comer se tiver hemorroidas, dado que podem dificultar o movimento intestinal e levar à prisão de ventre, tendo como consequência a inflamação das veias retais e anais.

3. Laticínios

Alimentos para dormir bem: o papel da melatonina

Também os queijos, leite, manteiga e derivados devem ser afastados da sua dieta diária. Estes produtos podem causar reações alérgicas, como intolerâncias alimentares, e ter consequências negativas graves a nível das hemorroidas.

O artigo continua após o anúncio

Com efeito, as reações alérgicas podem agravar os sintomas de inflamação e irritação das hemorroidas e dificultar o processo de cicatrização.

4. Alimentos processados e ricos em gordura

Alimentos como carne vermelha, enchidos e todo o tipo de fritos, devem ser consumidos em pequenas quantidades.

Contêm gorduras saturadas, que podem conduzir a evacuações tensas e a um aumento da pressão sobre as veias retais e anais, o que vai provocar o desenvolvimento de hemorroidas.

4. Bebidas com cafeína

Suplementos diuréticos: realmente funcionam?

A cafeína não é apenas encontrada no chá e no café, mas também em refrigerantes e bebidas energéticas. Ela tem um efeito de desidratação do corpo, aumentando assim o perigo de obstipação.

Quando consome demasiada cafeína existe uma maior perda de água, ressecando a zona do cólon e provocando o endurecimento das fezes.

Assim, a prisão de ventre é inevitável, aumentando a inflamação e irritação das hemorroidas.

6. Bebidas alcoólicas

Abster-se do álcool é uma maneira eficaz de tratar as hemorroidas. Tal como a cafeína, o consumo excessivo pode causar desidratação e endurecimento das fezes.

Além disso, o álcool em demasia pode causar cirrose, o que provoca a dilatação dos vasos sanguíneos no reto.

O artigo continua após o anúncio

7. Alimentos com baixo teor de fibras

Quais as bolachas mais saudáveis disponíveis no mercado?

Os alimentos com baixo teor de fibra, como pão branco, arroz branco, bolachas e outros devem ser evitados para prevenir a prisão de ventre, e, consequentemente o agravamento das hemorroidas.

Veja também