Enfermeira Isabel Silva
Enfermeira Isabel Silva
29 Dez, 2017 - 15:39

7 Erros que está a cometer na alimentação da sua criança

Enfermeira Isabel Silva

Fazer com que as crianças comam corretamente é, muitas vezes, uma dor de cabeça para os pais que chegam até a cometer alguns erros. Um deles é obrigar a criança a comer!

7 Erros que está a cometer na alimentação da sua criança
O artigo continua após o anúncio

Com a elevada quantidade e variedade de alimentos industriais presentes no mercado, os maus hábitos alimentares podem iniciar-se mais cedo do que nunca. Para contrariar essa situação os pais tentam promover bons hábitos alimentares em casa mas, por vezes, cometem erros muito comuns.

Sabe quais são os erros que está a cometer na alimentação da sua criança? Fizemos uma compilação dos 7 erros mais comuns na alimentação das crianças.

Quais os erros que está a cometer na alimentação da sua criança?

1. Não respeitar as rotinas

erros que esta a cometer na alimentacao da sua crianca e crianca com sono

As crianças também precisam de ter horário e rotinas para a alimentação, pelo que deverá promovê-las e respeitá-las o máximo possível. É muito habitual que chegando o final da semana as coisas se alterem e a criança não comas às horas habituais.

Basta que a criança coma dois dias mais tarde que o habitual para que seja muito mais difícil que ela coma às horas habituais no 3º dia.

2. Ligar a televisão, tablet e telemóvel

Este talvez seja o erro mais comum. Pode parecer mais fácil pôr a criança a ver os desenhos animados enquanto ela come, mas isto vai-lhe ser prejudicial a curto prazo.

É muito importante que a alimentação da criança ocorra num lugar tranquilo, de preferência livre de distrações. As criança precisam de estar atentas à comida, para que possam sentir os seus sabores, evitando desta forma a recusa das mesma a curto prazo. Até mesmo o aprender a mastigar pode ficar mais difícil pelo mesmo motivo.

3. Obrigar a criança a comer

crianca obrigada a comer

Os pais precisam de aprender a aceitar a vontade dos filhos quando eles não querem comer, pois não há qualquer problema com isso – a criança pode realmente não ter fome.

Mas se o seu filho, à hora da refeição, disser que não tem fome para o arroz de feijão, a carne e o ovo, e tiver fome para beber leite e comer bolachas, não ceda ao seu pedido. Se o fizer ele irá repetir esta atitude frequentemente, se se mantiver firme e lhe explicar que  só existe a possibilidade de comer o jantar ele irá acabar por aceitá-lo, ainda que seja uma ou duas horas depois.

4. Rotular vários alimentos com o mesmo nome

Outro erro bastante comum na alimentação das crianças é não usar os nomes dos alimentos para se referir aos mesmos.

O artigo continua após o anúncio

Alface, couve, brócolos, rúcula, são vegetais diferentes, com nomes diferentes e sabores diferentes. Se no momento da refeição se referir a eles como os “alimentos verdes”, estará a rotulá-los todos por igual. Este erro pode levar a que a criança, não gostando do sabor de um alimento descarte todos os outros, pois afinal são todos um “alimento verde”.

5. Ceder sempre à vontade da criança

Os pais devem deixar bastante claro que quem controla a alimentação das crianças não são elas mas sim os pais. Quando entram novos alimentos na sua alimentação, a criança poderá resistir à novidade e querer manter tudo como está. A insistência e preserverança dos pais é a melhor arma. Poderá “mascarar” alguns alimentos para facilitar a sua introdução mas sem exageros.

6. Apresentar os alimentos sempre da mesma forma

crianca a comer fruta

É importante que apresente os alimentos à sua criança das mais variadas formas, de forma a que a mesma aprenda a ver o alimento de forma diferente e acompanhado por alimentos diferentes. Isto também é uma grande ajuda quando a sua criança rejeita o alimento quando apresentado de uma certa forma ou acompanhado de um alimento específico.

7. Comida preguiçosa

Não alimente os seus filhos apenas com aquilo que é mais fácil ser feito. O paladar da criança está a começar a desenvolver-se e é um (muito) mau começo alimentá-la com salgadinhos, doces e sandes. Será ainda mais difícil comer bem no futuro, já que estará habituada a estas guloseimas.

Conclusão

Muitos pais optam pelo caminho mais fácil, mas tente escolher o melhor para a sua criança. Fica aqui o resumo dos erros que está a cometer na alimentação da sua criança:

  1. Não respeitar as rotinas;
  2. Ligar a televisão, tablet e telemóvel;
  3. Obrigar a criança a comer
  4. Rotular vários alimentos com o mesmo nome;
  5. Ceder sempre à vontade da criança;
  6. Apresentar os alimentos sempre da mesma forma;
  7. Comida preguiçosa.

Veja também: