Catarina Milheiro
Catarina Milheiro
28 Jul, 2022 - 14:20

Estes são os 8 cuidados de saúde a ter na piscina

Catarina Milheiro

Estamos na época mais quente do ano, o período em que o nosso corpo mais lida com a água. Confira os cuidados de saúde a ter na piscina.

As temperaturas altas convidam-nos a dar bastantes mergulhos nos mais diversos tipos de água. Mas há alguns cuidados de saúde a ter na piscina, quer seja antes, durante ou após o seu uso.

Assim, é extremamente importante manter a qualidade da água da piscina para conseguir evitar problemas de saúde e claro, reduzir também os gastos desnecessários com a manutenção.

Afinal, uma piscina com água sempre limpa e transparente é o cenário ideal para que todos possam passar momentos seguros e de descontração nos meses mais quentes do ano.

Mas a verdade é que se não forem adotados alguns cuidados, as piscinas podem ser um local fácil para contrair algumas doenças. Fique connosco e saiba tudo.

8 cuidados de saúde a ter na piscina

Para miúdos e graúdos

Se tem uma piscina em casa, sabe que há alguns cuidados a ter imprescindíveis para garantir o seu bom funcionamento e o nosso bem-estar.

A limpeza das paredes, o controlo do pH da água, a quantidade de cloro, a limpeza do filtro da bomba e a filtragem da própria água da piscina são alguns exemplos, mas as medidas de segurança são várias e vão além.

Para além deste tipo de medidas, quem tem piscinas em casa tem de tomar outro tipo de atitudes e cuidados de saúde – que devem ser redobrados quando são públicos.

O objetivo é assegurar que o seu verão é efetivamente seguro e sem preocupações relativamente a possíveis doenças ou complicações de saúde que possam surgir por um simples descuido.

Crianças a brincar na piscina
1.

Antes de entrar na piscina, tome um duche e calce os chinelos

Para eliminar o excesso de gordura acumulado na pele, tome sempre um duche antes de entrar em qualquer piscina – até mesmo se se tratar de uma privada.

Além disto, usar chinelos ou um calçado apropriado para se deslocar livremente à volta da mesma e até nos balneários é crucial para evitar que escorregue e que ganhe infeções fúngicas como micoses, por exemplo.

2.

Faça a digestão e aqueça muito bem o corpo

Sabemos que é fácil desleixarmo-nos um pouco no que diz respeito à digestão. Quando o calor é muito, a tendência é para pensarmos que não irá fazer mal dar um mergulho rápido durante a digestão – mas estamos errados e o perigo existe.

Por isso, o ideal é comer pelo menos 2 horas antes de entrar na água. Desta forma garante que a digestão é feita de forma adequada e não correrá perigo.

Depois, não se esqueça de aquecer bem o corpo, movimentando braços, pescoço, pernas e pés a fim de evitar cãibras nos músculos.

3.

Aplique sempre protetor solar

Um dos cuidados de saúde a ter na piscina antes da sua utilização é aplicar sempre protetor solar no corpo e na cara. Até mesmo nos dias em que o sol parece não querer aparecer, os raios UV podem estar altos e provocar queimaduras solares terríveis e perigosas para a sua saúde.

4.

No caso de não saber nadar, mantenha-se na zona onde tem pé

Se não sabe nadar, não arrisque em ir para as zonas mais fundas da piscina sem qualquer proteção (como um colete, boia ou braçadeiras, por exemplo). Apesar de poder existir um nadador-salvador ou amigos que saibam nadar e possam ajudar caso necessário, este é um risco que deve evitar.

Mantenha-se sempre na zona onde tem pé e onde consegue ter o controlo do seu corpo.

5.

Se gosta de abrir os olhos debaixo de água use óculos

Para proteger a sua visão e evitar que fique com os olhos secos e irritados pelos químicos contidos na água da piscina, deve utilizar óculos de mergulho sempre que os quiser abrir debaixo de água.

6.

Evite os saltos para a piscina

Todos nós sabemos que os saltos para a piscina podem correr muito mal e acabar em lesões altamente perigosas. Por isso o ideal é evitá-los.

Contudo, se o quiser fazer, opte pelos locais com mais profundidade para garantir que não se lesiona de nenhuma forma.

Para além disto, nunca empurre outras pessoas para a piscina – mesmo que seja na brincadeira. Este tipo de atitudes pode acabar com feridas ligeiras ou graves: desde pernas partidas, cabeças rachadas, entorses ou golpes na pele.

7.

Depois da piscina, tome um duche

Todas as piscinas, sejam elas privadas ou públicas, passam por um processo de tratamento da água. Processo esse que contém químicos que ficam presentes na água e, consecutivamente, no nosso corpo.

Assim, depois de utilizar a piscina deve tomar sempre um duche em seguida para retirar todos estes químicos da sua pele e evitar possíveis reações alérgicas.

8.

Hidrate muito bem a pele

Depois de tomar um duche e limpar os químicos que poderão estar presentes no seu corpo devido aos mergulhos, deve optar por hidratar muito bem todo o corpo. Como? Utilizando um creme hidratante adequado para a sua pele, garantido que esta não fica seca devido ao calor e aos químicos da piscina.

Ter um verão divertido e seguro é perfeitamente possível se seguirmos as indicações e os cuidados a ter nesta época. Principalmente para os amantes de água e dos mergulhos, que gostam de passar alguns minutos ou até horas debaixo de água.

Siga as nossas recomendações e previna problemas de saúde relacionados com o uso de piscinas públicas e privadas.

Veja também