Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
01 Abr, 2020 - 06:30

Em tempo de coronavírus, saiba como desinfetar superfícies

Mónica Carvalho

Saiba como desinfetar superfícies de acordo com as recomendações da Direção-Geral da Saúde.

como desinfetar superfícies: mulher a limpar puxador de porta

Todas as dúvidas e incertezas provocadas pelo novo coronavírus estão a exigir cuidados redobrados, quer ao nível da prevenção, quer para quem se encontra em casa a recuperar da doença.

Como tal, cada gesto e rotina são, atualmente, mais importantes do que nunca. E não são as mezinhas caseiras ou os truques habitualmente usados que poderão ser os mais indicados.

Para tal, a Direção-Geral da Saúde criou uma série de recomendações indicando como desinfetar superfícies corretamente, assim como as técnicas a utilizar e os materiais mais adequados.

Como desinfetar superfícies: as recomendações da DGS

como desinfetar superfícies: mulher a limpar mesa da cozinha

Em primeiro lugar, de acordo com a norma da DGS sobre “Distanciamento Social e Isolamento”, ao efetuar a limpeza e desinfeção de superfícies seja em casa ou no local de trabalho, proteja-se. Isto é, tenha sempre à mão luvas e roupa protetora, preferencialmente tudo em material descartável.

Antes de colocar as luvas, lave bem as mãos e prenda o cabelo, evitando assim mexer na cara para o afastar. Depois, calce as luvas e coloque o avental.

E agora sim, deitar mãos à obra, começando pelas zonas de contacto frequente, nomeadamente, as maçanetas das portas e interruptores de luz ou outros objetos. Como? Primeiro, com água e detergente e, depois, com “lixívia diluída em água na seguinte proporção: uma medida de lixívia em 49 medidas iguais de água”, deixando esta última mistura atuar durante 10 minutos. Para finalizar, enxaguar apenas com água quente e deixar secar ao ar.

Esta é a regra base que poderá aplicar na limpeza e desinfeção das superfícies de toda a casa. Todavia, existem duas divisões a ter em conta que exigem cuidados específicos, nomeadamente no que à ordem de limpeza diz respeito. Neste caso, a DGS recomenda o uso de um produto que contenha detergente e desinfetante na sua composição. Se não tiver, pode seguir as dicas referidas para limpeza de zonas de contacto frequente.

como manter a segurança numa ida ao supermercado: homem na fila para pagar compras
Veja também Como ir às compras ao supermercado em segurança: 10 dicas

Casa de banho

como desinfetar superfícies: homem a limpar torneiras da casa de banho
  1. Proceder à limpeza com os produtos recomendados acima e pela ordem estipulada.
  2. Começar por lavar torneiras, lavatórios e ralos.
  3. Passar para a limpeza do mobiliário – caso exista.
  4. Limpar a banheira, chuveiro, sanita e bidé.

Cozinha

como desinfetar superfícies: mulher a limpar a cozinha
  1. Começar por lavar as louças na máquina ou à mão com água quente e sabão ou o seu detergente habitual.
  2. Em seguida, limpar e desinfetar armários, bancadas, mesa e cadeiras, não esquecendo de desinfetar os puxadores dos armários e das portas.
  3. Limpar a torneira, o lavatório e o ralo.
  4. Todos os utensílios, como pratos, copos, chávenas, utensílios de cozinha, podem ser lavados à mão, com os cuidados referidos, ou na máquina de lavar louça, de forma normal.

Materiais de limpeza mais adequados

como desinfetar superfícies: materiais de limpeza em cima de mesa

Ainda que estas recomendações da DGS sejam mais direcionadas à “Limpeza e desinfeção de superfícies em estabelecimentos de atendimento ao público ou similares”, poderá sempre adaptá-las para os procedimentos de casa ou do local de trabalho.

Conheça, então, os materiais que deve privilegiar.

Os panos de limpeza devem ser, preferencialmente, de uso único e descartáveis e de uso exclusivo por área, isto é:

  • um pano para limpar bancadas, mesas, cadeiras, cadeirões de restaurantes e de gabinetes, entre outros;
  • outro pano para limpar as mesas de refeição e áreas de preparação de alimentos
  • outro para limpar os lavatórios da casa de banho
  • e outro para limpar o exterior da sanita (sendo que a parte interior pode ser limpa com o próprio piaçaba)

Por sua vez, pode continuar a usar o balde e esfregona habituais para a limpeza do chão, tendo apenas o devido cuidado de garantir uma limpeza e desinfeção destes equipamentos no final de cada utilização. Além disso, deve ter um balde e esfregona apenas para a casa de banho, outro kit para a cozinha e outro para as zonas de acesso comum.

A limpeza de superfícies de toque frequente deve ser feita, no mínimo, seis vezes por dia, mas pode ser necessário aumentar essa frequência, de acordo com o número de pessoa que frequentam o local. Aliás, a recomendação é bastante exaustiva no que aos puxadores de portas diz respeito, por exemplo: limpar uma vez por hora.

Já o chão deve ser limpo com água quente e detergente comum, seguido da desinfeção com solução de lixívia diluída em água, no mínimo 2 vezes ao dia.

Detergentes a utilizar

Na norma da DGS, pode ler-se que os “detergentes a usar são os comuns ou de uso doméstico”. Veja os conselhos detalhados sobre a matéria:

  • Pode usar lixívia com pelo menos 5% de cloro livre na forma original
  • Pode usar álcool a 70%
  • Pode usar toalhitas desinfetantes, desde que usados numa única superfície e não reutilizados em várias, visto que tal comportamento “favorece a disseminação dos agentes contaminantes”
  • Pode utilizar pastilhas de Dicloroisocianurato de sódio, que apresentam um efeito semelhante à lixívia, desde que respeite as devidas instruções do fabricante
  • Quando tiver necessidade de limpar superfícies metálicas ou outras que não sejam compatíveis com a lixívia, opte por desinfetar com álcool a 70% ou outro produto compatível, para evitar a corrosão ou danificação

E porque nunca é demais relembrar, a DGS alerta: “ao aplicar lixívia ou outro produto semelhante, abrir as janelas para arejar e renovar o ar, ajudando também a secar mais rapidamente as superfícies.”

Fontes

  1. Norma DGS “Limpeza e desinfeção de superfícies em estabelecimentos de atendimento ao público ou similares”, disponível em: https://www.dgs.pt/directrizes-da-dgs/orientacoes-e-circulares-informativas/orientacao-n-0142020-de-21032020-pdf.aspx
  2. Norma DGS “Distanciamento Social e Isolamento”, disponível em: https://www.dgs.pt/directrizes-da-dgs/orientacoes-e-circulares-informativas/orientacao-n-0102020-de-16032020-pdf.aspx
Veja também