Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
20 Jul, 2020 - 17:23

Atividades para fazer com crianças fora de casa: tempo seguro em família

Mónica Carvalho

Em período de desconfinamento, sair à rua já é uma possibilidade. Conheça, então, algumas atividades para fazer com crianças fora de casa, de forma segura.

Atividades para fazer com crianças fora de casa

Depois de várias semanas fechados em casa, aos poucos vamos retomando a vida dentro da normalidade possível, ainda que com novas regras de segurança e higiene. Por isso, se procura atividades para fazer com crianças fora de casa, temos algumas sugestões.

Além do mais, o bom tempo chegou e estar ao ar livre faz bem a todos – os espaços abertos possuem o benefício de ar fresco e de possibilitar mais espaço entre as pessoas do que se optasse por ficar em casa ou ir para um lugar fechado.

Aliás, o risco de contágio pelo coronavírus SARS-Cov-2 é 19 vezes mais alto em espaços fechados do que se nos encontrarmos ao ar livre, de acordo com um estudo (1) do Instituto Nacional de Doenças Infecciosas (NIID) do Japão e de duas universidades japonesas, que analisou 11 focos de contágio no país. Todos esses focos tinham acontecido em “ambientes fechados, como ginásios, um restaurante num barco, hospitais e um festival em que havia espaços para comer em tendas com pouca ventilação”.

10 atividades para fazer com crianças fora de casa

1.

Aproveitar a natureza

Uma excelente opção de atividade outdoor é ir para o campo ou para um parque e simplesmente desfrutar do espaço livre e de como nesses locais até o ar parece mais limpo. Pode ir com planos definidos do que quer fazer ou simplesmente partir à aventura – quem tem crianças bem sabe como rapidamente elas se entretêm e como tudo pode ser motivo de diversão.

2.

Fazer um piquenique

Não pense que para fazer um piquenique irá ter muito trabalho. Se só a logística já o assusta, então, simplifique: escolha umas frutas bem frescas, não se esqueça das bebidas para todos ficarem hidratados, leve uns jogos e o protetor solar e é tudo quanto baste para umas horas de animação em família.

Todavia, nunca é demais relembrar que poderá haver regras de acesso e frequência do local que escolhe para fazer o piquenique, pelo que, pela sua segurança e da sua família, respeite-as.

copos com gelo e limomada com gengibre
Veja também 5 receitas para um piquenique saudável e saboroso
3.

Fazer uma cápsula do tempo

O período que vivemos estava longe do nosso pensamento, pois mais parece um enredo saído de um qualquer filme de ficção científica que teima em prolongar-se no tempo, ao invés de chegar o desejado fim.

Mas não é um filme. É mesmo a nossa realidade e não sabemos durante quanto tempo. Usar máscara, manter o distanciamento social, higienizar constantemente as mãos e manter uma etiqueta respiratória sem falhas é imperativo para ajudar a impedir a propagação da doença COVID-19.

A sua existência obrigou-nos a ficar em casa em regime de teletrabalho ou lay-off e fez com que as nossas crianças tivessem aulas online ou via telescola.

Tudo isto tem o seu lugar nas páginas de uma História que ainda não terminou. Por isso, por que não aproveitar e fazer deste um momento educativo com os mais novos? Criem uma cápsula do tempo, onde podem colocar objetos que agora fazem parte da nossa rotina ou outros dos quais temos saudades, ou até cartas onde revelamos verdadeiramente como nos sentimos. Depois é só escolher o local certo onde enterrar como, por exemplo, o cantinho preferido do quintal lá de casa.

Daqui a uns anos, reabrir a cápsula irá fazer-nos lembrar de um tempo em que tudo era tão incerto, onde o medo fazia parte dos nossos dias, mas no qual a coragem nos levou a ser mais fortes.

4.

Jardinagem

Não precisa de ter um espaço exterior em casa para se dedicar à jardinagem – há muitos locais nas florestas ou pinhais onde pode plantar uma árvore e, com isso, ajudar a recriar os pulmões verdes de Portugal que, ano após ano, vão sendo dizimados por força dos incêndios.

Se optar por fazê-lo em casa, ou nalguma horta comunitária, aproveite para fazer desse um momento lúdico para os mais novos, ensinando-os sobre os diferentes legumes, frutos, ervas ou plantas que decidam plantar.

5.

Atividades manuais

Por que não levar as crianças para um local ao ar livre de que todos gostem e desafiá-las a fazer um desenho ou uma representação do significado daquele espaço?

A criatividade poderá voar sem limites e, com isso, terá trabalhos bem originais, cheios de história.

Também podem optar por tirar fotografias e fazer desse um hobbie em família: todas as semanas escolham um tema diferente e, ao fim de algum tempo, podem montar uma exposição para a família e amigos mais próximos verem.

6.

Promover a solidariedade

Numa altura em que se apela tanto ao nosso lado mais humano e empático, por que não aproveitar para mostrar aos mais novos que há pessoas que não são tão privilegiadas como nós?

Não precisa de muito para o fazer: tem vizinhos mais velhos? Então, disponibilize-se para, em família, fazerem as compras ou preparem algumas refeições. Vai haver uma campanha de recolha de alimentos perto da área de residência? Envolva as crianças e deixe-as escolher os alimentos a doar, explicando que tipo de alimentos deve privilegiar nestas ações.

Se forem dar um passeio, por que não recolher o lixo que se encontra no chão? Desde que com as devidas proteções, pois claro.

Tanto que se pode fazer em prol de um planeta e humanidade melhores.

7.

Ir para a praia

Ainda que agora existam regras de acesso e frequência das praias, esta continua a ser uma atividade que deixa toda a gente de sorriso no rosto.

Como não é possível fazer jogos de praia, como jogar bola ou raquetes, opte por levar jogos mais tranquilos, como cartas – algo que pode não ser tão interessante para os mais novos, mas que, assim que aprenderem, dará a garantia de muitos sorrisos.

8.

Observar as estrelas

As noites de verão também convidam a passeios – com a vantagem de haver menos gente nas ruas, logo menos confusão. Por isso, aproveite para levar a família até um local onde possa ver bem o céu e simplesmente desfrutar desse espetáculo tão bonito e gratuito que é ver as estrelas.

9.

Ir ao jardim zoológico

Os jardins zoológicos também já se encontram novamente abertos ao público, pelo menos na sua maioria, pelo que isto bem pode ser algo a incluir na lista de atividades para fazer com crianças fora de casa.

Ver animais diferentes, ter até a possibilidade de participar em algumas atividades, como os momentos de alimentação, é algo que os mais novos adoram sempre e que se reflete numa tarde muito bem passada em família.

10.

Andar de bicicleta

Mais uma atividade para miúdos e graúdos: andar de bicicleta tem tanto de lúdico, como de educativo, pois estamos a promover a atividade física sem que os mais novos deem por isso.

Perfeito para os mais preguiçosos que precisam daquela motivação extra para o desporto ou até para começar a desentorpecer os músculos do corpo depois de várias semanas fechados em casa.

Fontes

  1. Ambientes fechados facilitam transmissão secundária por COVID-19, disponível em: https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2020.02.28.20029272v2
Veja também