4 Sinais de que está a sabotar a sua alimentação saudável

Nem sempre se apercebe que está a sabotar a sua alimentação saudável, e, por vezes, são pequenos hábitos que podem deitar tudo a perder. Fique atento.

4 Sinais de que está a sabotar a sua alimentação saudável
Fique atente a estes sinais.

Mesmo achando que a sua dieta está a correr bem, poderá estar a sabotar a sua alimentação saudável sem se aperceber.

Sabe-se que é necessário algum esforço para melhorar os hábitos alimentares, e isso não significa que comer peito de peru grelhado com salada de brócolos e cenoura ao almoço e depois no lanche da tarde comer um pacote inteiro de bolachas de chocolate seja o aceitável.

Ter uma alimentação saudável, regrada e variada, é fundamental para perder peso e ter um estilo de vida saudável. Mas, por vezes, também podem surgir contratempos que impedem que isso aconteça. Não é por uma vez que vai “tudo por água abaixo”, o importante é não tornar esses desvios um hábito.

4 Formas que ajudam a sabotar a sua alimentação saudável sem se aperceber


1. Tem pequenos prazeres diários

sabotar a sua alimentacao saudavel

As pessoas desenvolvem hábitos alimentares durante um longo período de tempo e por isso torna-se particularmente difícil alterá-los.

Continua-se a incluir na dieta pequenos prazeres que se consideram irrelevantes, como é o exemplo do biscoito a meio da tarde (que nunca é só um!), o pastel de nata a acompanhar o café ou o refrigerante durante a refeição.

Claro que estes alimentos inseridos num caso excepcional não vão fazer grande diferença, principalmente se a restante alimentação for irrepreensível. Mas continuar a fazer deles um hábito diário, pode realmente sabotar tudo aquilo de bom que é feito ao longo do dia.

2. Os seus fins-de-semana são livres

convivio em familia

Dias festivos e outras ocasiões especiais são muitas vezes desculpa para poder cometer alguns erros, seja o casamento da irmã, o aniversário do tio ou o dia de Natal. E até aqui parece não haver grande problema, todos nós merecemos uma folga por vezes.

O problema é quando estes dias passam a ser também os feriados e os fins-de-semana. Passar a semana a ter uma alimentação saudável e depois no final de semana comer desregradamente, pode prejudicar a sua dieta.

Comer tudo o que apetece ao fim de semana parece não ser a melhor solução, principalmente porque os alimentos escolhidos são os menos saudáveis.

Quem tem uma alimentação saudável – fazendo escolhas saudáveis nos 7 dias da semana – tem mais hipóteses de manter o peso ideal, comparativamente àqueles que decidem comer de tudo no fim-de-semana.

3. Come frequentemente fora com amigos ou familiares

almoco com amigos

Por vezes, apenas a companhia de outras pessoas nos momentos da refeição faz aumentar o quanto aquilo que se come.

O ambiente social potencia a quantidade de alimentos que ingerimos, mesmo que os mesmos sejam saudáveis. Essas quantidades podem aumentar quando estamos perante pessoas que também comem grandes quantidades de alimentos.

Por isso, esteja atento às suas refeições fora de casa e não deixe o ambiente social ajude a sabotar a sua alimentação saudável. Em último caso, faça as refeições em casa e vá ter com os amigos ou familiares após a refeição.

4. Tem vários episódios de “fome emocional”

comer as escondidas

A fome emocional existe quando a pessoa ingere alimentos para se sentir melhor e satisfazer as necessidades emocionais. Muitas pessoas refugiam-se na alimentação para aliviar o stress ou lidar com uma série de sentimentos desagradáveis, como a tristeza, a solidão ou a ansiedade.

Usar comida como uma recompensa para algo nem sempre é uma coisa má. Mas quando comer é o seu principal mecanismo de defesa emocional e isso se torna um hábito frequente, fica preso num ciclo que pode não ter fim.

Se os episódios de excessos estiverem a sabotar a sua alimentação saudável, tente entender melhor os padrões de pensamento que levam a essas ocasiões para conseguir contrariá-los.

Em suma…


Estes sinais podem não ser assim tão óbvios e podem andar despercebidos no meio da sua alimentação.

Por isso, se reparar que alguns dos tópicos anteriormente referidos fazem parte do seu dia-a-dia, considere muda-los para ser mais bem-sucedido nos seus objetivos.

Da mesma forma que são pequenas mudanças que ajudam a melhorar hábitos alimentares, também são pequenos hábitos que podem estar a estragar tudo o que é feito.

Veja também: