A importância das leguminosas na alimentação

A roda dos alimentos sugere uma a duas porções diárias de leguminosas. Está a cumprir a recomendação? São ricas em fibra, ferro e proteína vegetal.

 
A importância das leguminosas na alimentação
Feijão, ervilhas, lentilhas... as leguminosas fazem parte do seu prato?

Tem por hábito utilizar leguminosas na confeção dos seus pratos? Se a resposta é não, deve continuar a ler este artigo para perceber todas as vantagens que a sua utilização traz à saúde.

As leguminosas são um pilar essencial na sua alimentação. Ricas em fibra e com baixo teor de gordura, não devem ser deixadas fora do seu prato.

Feijão (preto, branco e vermelho), grão-de-bico, lentilhas, ervilhas, favas e soja são alguns exemplos de leguminosas e que são bons aliados da sua saúde.

São recomendadas uma a duas porções diárias, ou seja, 4% do número de calorias ingeridas diariamente. O segredo está em variar.

9 benefícios das leguminosas na alimentação


 1. Ricas em fibra

leguminosas em sacos de pano

Este tipo de alimentos é rico em fibras solúveis. Isto significa que são bons aliados para o bom funcionamento do seu intestino.

2. Promovem a saciedade

Por serem ricas em fibra, as leguminosas são muito saciantes. Isto faz com que tenham um papel fundamental no controlo do seu apetite. Considere-as!

3. Ricas em proteína 

leguminosas grao de bico

De origem vegetal, mas ainda assim com elevada importância nutricional. São muito utilizadas na cozinha vegetariana por serem uma das fontes proteicas mais importantes.
Sabia que se misturar leguminosas com fontes de hidratos de carbono complexos como massa, arroz ou batata, consegue um aporte proteico completo?

4. Amigas da sua carteira

O feijão, o grão-de-bico, as lentilhas, as ervilhas e as favas têm um preço acessível, mesmo em formatos enlatados. Apenas a soja é um pouco mais dispendiosa.

5. Combate à anemia

leguminosas anemia

O seu elevado teor de ferro faz com que devem ser integrados em regimes alimentares de pessoas que estejam a combater uma anemia.

6. Baixo índice glicémico

As leguminosas têm baixo índice glicémico, ou seja, fornecem energia ao organismo de forma gradual, o que as torna numa excelente opção a população em geral, incluindo diabéticos e desportistas.

7. Dão energia 

leguminosas mulher com energia

Por serem boas fontes de hidratos de carbono e vitamina B são um bom motor na produção de energia.

8. Diminuição de doenças cardiovasculares

Vários estudos concluem que a ingestão regular de leguminosas diminui a incidência de doenças cardiovasculares.

Como consumir leguminosas?


leguminosas grao de bico estufado

Pode consumir este tipo de alimentos em sopas, estufados ou até em purés. São igualmente uma boa opção se acrescentados às saladas, de forma a enriquecer o seu valor nutricional.

Também pode utilizar em pratos mais elaborados: feijoada, arroz de feijão, estufado com lentilhas… o limite é a sua criatividade e quem ganha é o seu paladar!

Veja também:

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].