Como adotar uma dieta Preventiva contra o Cancro

Uma dieta preventiva contra o contro deverá ter em conta uma alimentação saudável com alimentos específicos que poderão ajudar na prevenção. Saiba quais.

Como adotar uma dieta Preventiva contra o Cancro
Saiba que alimentos devem constar numa dieta preventiva contra o cancro.

Atualmente, de acordo com a evidência científica, não está descrita de forma específica uma dieta preventiva contra o cancro, no entanto, determinados compostos presentes em alguns alimentos, permitem atribuir-lhes propriedades de carácter preventivo e deverão ser incluídos na sua alimentação.

O cancro é uma doença de elevada prevalência não só em Portugal e os novos casos têm aumentado de ano para ano. Umas das principais causas do aparecimento desta doença prende-se com fatores ambientais e estilos de vida, onde se inclui também a alimentação.

Em primeiro lugar, é necessário perceber o que é o cancro. O cancro é uma doença que, por desordens genéticas, faz com que haja um descontrolo na divisão celular fazendo com que estas células, que adquirem propriedades nefastas ao próprio organismo, possam também invadir outros tecidos.

Na dieta preventiva contra o cancro, devemos considerar alimentos que estejam relacionados com o processo de divisão celular ou que possam estar diretamente ligados à preservação da integridade celular e da prevenção da sua degradação.

Alimentos a evitar numa dieta preventiva contra o cancro


alimentos a evitar numa dieta preventiva contra o cancro

Mais do que conhecer os alimentos preventivos, saiba aqueles que podem potenciar um estado inflamatório no organismo:

  • Açúcares de absorção rápida e farinhas refinadas: a ingestão de alimentos de elevado índice glicémico, além de promover a secreção de insulina para promover a absorção do açúcar por parte das células, induz a secreção de uma molécula chamada IGF que estimula o desenvolvimento das células e promove fatores inflamatórios. Opte por açúcares complexos, farinhas integrais e de absorção lenta.
  • Não consuma carne e produtos lácteos cuja origem não seja certificada e do seu conhecimento já que algumas produções agrárias não optam por medidas que protejam a saúde dos consumidores, por injetarem nos animais hormonas prejudiciais à nossa saúde.
  • Evite o consumo de carne vermelha e carne processada (salsichas, fiambre, hamburgueres, et.) já que têm vindo a ser publicados estudos que relacionam o seu consumo com o aparecimento de cancro colorectal.
  • Margaridas e gorduras hridrogenadas: evite ao máximo o consumo destes produtos que, pelo seu processamento ao nível industrial, adquiriram características nefastas ao organismo, de carácter inflamatório. Evite também alimentos que contenham estes produtos e esteja atento aos rótulos: bolos, bolachas, tartes e batatas fritas.
  • Evite alimentos processados, com conservantes químicos, aromatizantes e adoçantes artificiais.

.

Alimentos Preventivos contra o Cancro


Conhecem-se alguns alimentos ou plantas que, pelas suas características nutricionais, podem atuar na prevenção e ser constituíntes de uma dieta preventiva contra o cancro.

1. Chá verde

cha verde

Contém polifenóis chamados catequinas que atuam contra  novos vasos sanguíneos formados por células cancerosas, bloqueando também recetores que emitem ordens para criar novos vasos.

2. Azeite

azeite

Por algum motivo a dieta mediterrânea é considerada protetora contra o cancro, por conter secoiridóides e lignanos, antioxidantes conhecidos por abrandar a progressão do cancro. Use-o para temperar e nas suas confecções.

3. Açafrão e especiarias

acafrao

O açafrão é conhecido pelas suas propriedades anti-inflamatórias. Além disso, o gengibre e a pimenta têm também vindo a ser reconhecidas pelo mesmo papel.

4. Frutos vermelhos

frutos vermelhos

Morangos, framboesas, mirtilos, cerejas e groselhas contém diversos antioxidantes favorecendo a eliminação de toxinas e a preservação da integridade células.

5. Leguminosas e Vegetais

leguminosas

Regra geral, uma dieta rica neste tipo de alimentos, permite um aporte de vitaminas e minerais interessante tendo também um valor nutricional considerável. Uma dieta preventiva contra o cancro prevê o consumo de vegetais diariamente e um consumo de leguminosas pelo menos 3-4 vezes por semana.

6. Vinho tinto

vinho tinto

É rico em polifenóis com capacidade de retardar as fases de desenvolvimento do cancro. 1 Copo de vinho tinto por dia pode revelar-se protector, se não tiver nenhuma outra contra-indicação.

7. Citrinos

citrinos

Ricos em vitamina C, um poderoso antioxidante capaz de promover a integridade celular.

8. Chocolate negro

chocolate negro

Consumido com moderação, e se tiver mais de 70% de cacau, contém antocianinas e polifenóis que limitam o crescimento celular.

Nota final


Concluindo, não deverá nunca esquecer que, além da alimentação, deverá praticar exercício regularmente e procurar manter um estilo de vida saudável.

Opte por uma dieta equilibrada, variada e diversificada e não hesite em contactar um nutricionista se pretende obter um guia personalizado e adequado ao seu estilo de vida e condição clínica presente.

Veja também:

Nutricionista Margarida Beja Nutricionista Margarida Beja

Margarida Beja é Nutricionista (1859NE) e trabalha atualmente no Reino Unido na área da gestão de peso. Anteriormente, trabalhou também no âmbito da nutrição comunitária e nutrição clínica e esteve envolvida em projetos ligados à prevenção da obesidade infantil, coaching e marketing nutricional. É licenciada em Dietética e Nutrição pela Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa.