Alimentos que não deve comer com gastrite

Dor de estômago ou azia são alguns dos sintomas da gastrite. Sintomas esses que podem ser atenuados se souber quais alimentos não deve comer com gastrite.

 
Alimentos que não deve comer com gastrite
Uma boa alimentação é fundamental para a ajudar a atenuar os seus efeitos

Dores de estômago ou azia frequentes podem ser um indicador de gastrite. O problema é comum e afeta muitas pessoas (cerca de 50% da população mundial). Os sintomas que enumeramos logo de início são apenas dois dos principais e mais comuns, mas podem ainda fazer-se “acompanhar” de outros, como vómitos, por exemplo se não souber quais os alimentos que não deve comer com gastrite.

Desconfortável?! Sim. Possível de evitar? Também. Muitas pessoas, por desconhecimento, agravam os sintomas da patologia e tudo porque fazem uma alimentação desadequada. Mas alguns cuidados alimentares podem ajudá-lo a minimizar os sintomas.

O que é a gastrite?


alimentos que não deve comer com gastrite estomago com azia

Trata-se de uma inflamação do revestimento mucoso do estômago. Esta mucosa do estômago oferece resistência à irritação e, ainda que normalmente possa suportar um elevado conteúdo ácido, pode, por vezes, inflamar.

Existem várias causas para esta inflamação ou irritação, mas a mais comum é a produção em excesso pelo estômago de ácido gástrico, que digere os alimentos. Tudo porque certos alimentos promovem a secreção de ácido gástrico o que para quem sofre de gastrite é um problema, já que a produção de ácido gástrico potencia a inflamação e agride as paredes do estômago.

Alimentos que não deve comer com gastrite


alimentos que não deve comer com gastrite lacticinios

Antes de mais importa perceber que nem todos os alimentos afetam todas as pessoas que sofrem de gastrite da mesma forma. Cada um manifestará os seus sintomas e, por isso mesmo, terá que descobrir quais os alimentos que agravam os sintomas da gastrite.

A melhor maneira de o fazer é introduzir estes alimentos, um a um, num dia alimentar. Depois, assegure-se que regista o seu dia alimentar (com data) e o que introduziu de novo. Se ao ingerir alguns destes alimentos os sintomas agravarem, então ponha-os de parte. Se não, consuma-os com moderação.

Fica então a lista de alimentos que não deve comer com gastrite.

  • Café;
  • Chá preto;
  • Chocolate:
  • Bebidas alcoólicas e refrigerantes:
  • Frutas ácidas, como laranja, abacaxi, limão, morango, tangerina ou kiwi, por exemplo;
  • Alimentos fritos;
  • Temperos, molhos e condimentos ácidos ou picantes;
  • Produtos ricos em corantes e conservantes (como sumos ou salgados);
  • Laticínios;
  • Alimentos açucarados e doces (como bolos ou biscoitos);
  • Enchidos e charcutaria;
  • Alho e/ou cebola.

 

Dicas úteis para quem sofre de gastrite


alimentos que não deve comer com gastrite beber agua

Se verificar a persistência dos sintomas que possam indicar uma gastrite, a primeira coisa que tem a fazer é procurar o seu médico, que pode realizar os exames necessários e fazer um diagnóstico preciso do seu problema.

Caso verifique que, efetivamente, sofre de gastrite, há alguns cuidados que pode introduzir na sua rotina diária e que vão ajudá-lo a atenuar os efeitos da gastrite, como por exemplo:

  1. Aposte nos alimentos certos: ou seja, se por um lado há alimentos que deve evitar, outros há que deve introduzir na sua alimentação e que podem fazer “maravilhas” contra a gastrite, como couve, hortelã, gengibre, vegetais e frutas (exceto as mencionadas), por exemplo;
  2. Beba bastante água entre as refeições;
  3. Para condimentar as suas refeições use ervas aromáticas, como coentros, salsa, tomilho, manjericão, gengibre (novamente), etc.;
  4. Coma com calma: aproveite as, pelo menos as três principais refeições do dia, para comer devagar e mastigar bem os alimentos. E claro, tome atenção às doses.

Em caso de dúvida ou persistência dos sintomas, consulte o seu médico ou nutricionista, que o poderão aconselhar devidamente, tendo em conta o seu caso em específico.

Veja também:

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].