Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
18 Mar, 2020 - 06:30

Será que a ração sem cereais é benéfica para o seu cão?

Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
Patrocinado por:

A ração sem cereais é um dos alimentos da “moda” por ser vista como mais saudável. No entanto, este tipo de ração pode ter consequências nefastas na saúde do seu melhor amigo.

Tutor a dar ração sem cereais a cão

As rações sem cereais ou “grain-free” surgiram em resposta à preocupação dos tutores e médicos veterinário com a alimentação dos animais de companhia.

Assim, em resposta a esta situação, surgiram rações sem cereais que permitem a inclusão de outros nutrientes importantes e necessários à alimentação dos nossos melhores amigos.

No entanto, sabe-se que as rações livres de cereais podem trazer problemas sérios a determinados cães, nomeadamente no que diz respeito à saúde cardiovascular, que pode ficar comprometida.

O que é a ração sem cereais?

Cão a comer ração sem cereais

Uma ração sem cereais não inclui cereais como arroz, trigo, soja, milho, entre outros, na sua composição. Com a moda de “alimentação natural” nas pessoas, começou também a surgir uma maior preocupação com a alimentação dos animais de companhia, e este tipo de alimentos ganharam evidência.

Por norma as rações sem cereais estão devidamente identificadas, porém, para verificar se de facto a ração não tem cereais deve ler sempre o rótulo da embalagem e verificar os ingredientes.

Por que foi desenvolvida a ração sem cereais?

A ração sem cereais foi desenvolvida devido à grande procura de uma alimentação saudável, que se iniciou nas pessoas, mas que se alargou também aos animais de companhia.

Acontece que uma grande parte de rações de baixa qualidade contêm um elevado número de cereais para substituir alguns nutrientes importantes. Esta técnica é utilizada para se conseguir um alimento a preço mais baixo, no entanto a sua qualidade é inferior e pode causar deficiências nutricionais.

O que também desencadeou o desenvolvimento da ração sem cereais foi o pensamento de que os cães seriam como os lobos e não conseguiriam digerir hidratos de carbono, nem necessitavam destes para uma alimentação equilibrada.

Sabe-se agora que os cães evoluíram e são ligeiramente diferentes dos lobos no que se refere à alimentação e digestão.

Uma ração sem cereais não tem hidratos de carbono?

Apesar de não ser composta por cereais, não significa que não tenha hidratos de carbono. Este tipo de rações é, de facto, livre de cereais, mas é constituída por outros ingredientes como batatas e vegetais que são fontes de hidratos de carbono.

Ração sem cereais: Vantagens

alergia alimentar em cães: sinais

A ração sem cereais tem algumas vantagens relativamente a outros tipos de rações.

Palatabilidade

A ração sem cereais, por norma, é mais palatável para os cães. Ou seja, estes sentem-se mais atraídos e comem mais facilmente este tipo de alimento – o que pode ser vantajoso em casos de animais com pouco apetite ou doentes.

Fácil digestão

Os nutrientes que compõem estas rações são mais facilmente digeridos e absorvidos, sendo assim melhores aproveitados e em maior quantidade.

Por esta razão podem ser úteis até para determinadas patologias como problemas gastrointestinais. Alguns animais têm dificuldade em digerir os cereais quando estão com problemas gástricos ou intestinais, e as rações grain-free podem ser úteis devido à sua facilidade de digestão.

Boa opção para animais com alergias

Os animais, tal como as pessoas, podem desenvolver alergias a certos componentes, incluindo componentes da alimentação. Estas alergias podem manifestar-se como problemas de pele ou gastrointestinais.

Uma grande parte de animais alérgicos tem sensibilidade aos cereais. Assim, a ração sem cereais pode ser uma boa opção para manter estes animais controlados.

Ração sem cereais: Desvantagens

Se por um lado este tipo de alimento tem vantagens, por outro também existem algumas desvantagens.

Excesso de gordura

Muitas vezes, a falta de um tipo de nutrientes é compensada com outros, e pode acontecer que rações sem cereais contenham maior quantidade de gordura.

Desenvolvimento de patologias cardíacas

Em 2018, a FDA (Food and Drug Administration) levou a cabo uma investigação que apontava uma relação entre o consumo de ração sem cereais e o desenvolvimento de patologias cardíacas, nomeadamente a cardiomiopatia dilatada.

A cardiomiopatia dilatada é uma doença que afeta o músculo cardíaco dos cães e é comum em cães de raça grande, como em Dobermans. Acontece, que nos últimos anos, a incidência desta doença tem vindo a aumentar, inclusive em raças que não são predispostas.

A FDA investigou e concluiu que existe uma relação direta entre uma alimentação em cães com ração sem cereais e o desenvolvimento desta doença.

Pensa-se que a ração sem cereais esteja a contribuir para o desenvolvimento desta doença, mesmo em raças que não são predispostas, não só devido à falta de cereais, mas também devido a outros componentes da ração, como a batata.

Estas rações podem levar a que um aminoácido importante para a musculatura cardíaca – a taurina – não seja absorvido nas quantidades necessárias, e portanto, a longo prazo pode levar a sequelas cardíacas.

Posso dar ao meu cão ração sem cereais?

Ainda não existem estudos concretos acerca dos benefícios destas rações, e ainda estão a decorrer estudos mais aprofundados acerca da ligação entre as rações sem cereais e a cardiomiopatia dilatada.

Assim, se o seu cão não tiver qualquer problema cardíaco nem predisposição para o desenvolver, já estando a fazer uma ração deste género não há motivos para preocupação até à data.

Se o seu cão pertencer a uma raça com predisposição para desenvolver cardiomiopatia dilatada ou qualquer problema cardíaco ou já tiver sido diagnosticado, deve conversar com o seu médico veterinário, pois, a ração sem cereais pode não ser a melhor opção para ele.

Opte por escolher uma ração equilibrada, com uma relação adequada entre proteínas, cereais e leguminosas, pois salvo alguma patologia ou restrição individual, é o mais adequado ao seu melhor amigo.

Caso tenha alguma questão sobre a alimentação do seu cão, fale com o seu médico veterinário. Saiba que, com a Vetecare, pode usufruir de descontos nos serviços de alimentação na rede de clínicas e lojas aderentes.

Fontes

FDA Investigation into Potential Link between Certain Diets and Canine Dilated Cardiomyopathy. Disponível em: https://www.fda.gov/animal-veterinary/news-events/fda-investigation-potential-link-between-certain-diets-and-canine-dilated-cardiomyopathy

Veja também