Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
21 Dez, 2020 - 09:15

Projeto Food Trails quer ensinar os cidadãos europeus a comer melhor

Mónica Carvalho

O projeto Food Trails foi lançado no passado Dia Mundial da Alimentação e tem como objetivo melhorar a alimentação dos cidadãos europeus.

Projeto Food Trails

O projeto Food Trails consiste na criação de uma rede de cidades que tenham um papel mais ativo na transformação do sistema alimentar e na construção de uma estratégia alimentar local.

Na prática, e ao longo dos próximos quatros anos de implementação, o Food Trails pretende dotar os cidadãos de informação que lhes permita fazer melhores escolhas tanto ao nível da alimentação, como da proteção ambiental.

As alterações climáticas e o surgimento da COVID-19 fizeram com que as cidades prestassem cada vez mais atenção às políticas alimentares e ao processo de produção agrícola.

Afinal, só quando temos estes dois fatores bem desenvolvidos e implementados é possível dar uma resposta rápida na ajuda a pessoas vulneráveis em situações de crise ou crise pandémica, como a que vivemos.

Assim, o projeto quer que todos os cidadãos europeus tenham acesso a uma alimentação equilibrada, saudável e económica.

Portugal faz parte deste projeto, num total de 11 cidades europeias: Funchal, Bérgamo, Birmingham, Bordéus, Copenhaga, Grenoble, Groningen, Milão, Tessalónica, Tirana e Varsóvia.

A estas juntam-se as instituições Fondazione Milano Politecnico, Eurocities, Slow Food International, EAT Fondation, Cardiff Univeristy, Wageningen Research, Roskilde Universitet e a Cariplo Factory.

Fontes

  1. Viver Saudável: “Projeto Food Trails promove a construção de uma estratégia alimentar local” Disponível em: https://www.viversaudavel.pt/projeto-food-trails-promove-a-construcao-de-uma-estrategia-alimentar-local/
Veja também