Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
03 Dez, 2020 - 16:26

Novos casos de infeção por VIH diminuem em Portugal

Mónica Carvalho

A tendência de decréscimo do aparecimento de novos casos tem-se registado desde 2000. Continuam a ser os homens os mais afetados.

Técnico laboratorial a mostrar teste de VIH positivo

O número de novos casos de infeção por VIH voltou a descer em 2019, de acordo com o relatório “Infeção VIH e SIDA em Portugal – 2020”, da Direção-Geral da Saúde (DGS) e do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA).

Os dados indicam o aparecimento de 778 novos casos de infeção por VIH, menos 331 casos do que no ano de 2018.

Além da redução no número anual de novos diagnósticos de infeção, destaca-se também uma percentagem de diagnósticos tardios inferior de 49,7%, também uma redução em relação ao ano anterior, o que demonstra o esforço que tem sido feito para diagnosticar mais e mais precocemente.

Os números do VIH em Portugal

Homem a segurar laço vermelho de VIH

De acordo com o referido relatório, 69,3% dos novos casos de infeção por VIH registaram-se em homens e a mediana das idades à data do diagnóstico foi de 38 anos. Em 24,1% dos novos casos, os indivíduos tinham idade igual ou superior a 50 anos.

No que diz respeito à área de residência é na Área Metropolitana de Lisboa que residem 50,4% dos novos infetados.

No período em análise, não foi notificado nenhum caso de transmissão de VIH em crianças.

Relativamente aos óbitos, foram comunicados 197 óbitos em doentes infetados por VIH durante o ano de 2019, sendo que em 46,2% destes casos as pessoas já tinham atingido o estádio de doença (SIDA).

Entre 2009 e 2018 registou-se uma redução de 47% no número de novos casos de infeção por VIH e de 65% em novos casos de SIDA.

Fontes

  1. Direção-Geral da Saúde: Novos casos de infeção por VIH diminuem. Disponível em: https://www.dgs.pt/ficheiros-de-upload-2013/ni-dgsinsa-26-11-2020-pdf.aspx
Veja também