Teresa Santos
Teresa Santos
03 Mar, 2021 - 12:06

Limpeza de pele: rituais de beleza e de higiene diárias para pôr em prática

Teresa Santos

Garantir uma boa limpeza de pele em casa não é uma tarefa impossível, nem sequer difícil. Saiba o que é essencial fazer e cuide mais e melhor de si.

limpeza de pele

De acordo com a Sociedade Portuguesa de Dermatologia e de Venereologia, a limpeza de pele deve ser uma rotina habitual, embora o banho completo diário possa não ser recomendável para todas as pessoas, tendo em conta as caraterísticas de cada tipo de pele.

Assim, para uma limpeza de pele adequada e eficaz, há que ponderar a sua frequência, bem como os produtos de higiene utilizados. Partilhamos consigo dicas úteis que têm por base o parecer de especialistas, como os dermatologistas. Saiba mais.

Qual a importância da limpeza de pele?

Mulher a lavar face com água

Um dos alertas deixado pela Sociedade Portuguesa de Dermatologia e de Venereologia é que a limpeza da pele deve ser sempre feita com água tépida e produtos de higiene suaves, com pouco detergente. Esta é uma maneira de preservar a camada córnea mais externa da pele, responsável pela hidratação e defesa da pele.

Neste sentido, os especialistas não recomendam banhos demasiado prolongados, nem que recorram a água muito quente ou a sabões muito ativos. Estes comportamentos são especialmente desaconselhados em indivíduos mais velhos ou com pele seca ou atópica. A consequência desses hábitos pode ser uma pele mais seca e áspera, propícia a comichão e a eczema.

Por esse motivo, as pessoas com pele mais sensível devem, ainda, evitar o uso de esponjas mais agressivas e a realização de esfoliações. Além disso, após cada banho, é importante que estas pessoas apliquem um creme hidratante na pele, de modo a melhorarem a sua textura e capacidade de fixar água (1).

Tipos de pele existentes

Podemos considerar que existem 4 tipos diferentes de pele, os quais possuem caraterísticas e, também, necessidades distintas, mesmo no que diz respeito ao tópico “limpeza de pele”. Fique a conhecer cada um destes tipos mais a fundo (2).

Normal

Considera-se pele normal, a pele que se apresenta com uma textura saudável e aveludada e que produz uma quantidade de gordura adequada, sem haver nem excesso de brilho, nem ressecamento da pele. As pessoas com pele normal exibem poros pequenos e pouco visíveis.

Seca

A pele seca está, geralmente, associada a uma perda excessiva de água. Ela carateriza-se por poros poucos visíveis, pouca luminosidade, descamação e vermelhidão. Por estes motivos, está mais propensa ao desenvolvimento de pequenas linhas e fissuras.

Na origem deste tipo de pele, podem estar fatores genéticos, hormonais ou ambientais, como a menopausa, os problemas na tiróide, o tempo frio e seco, o vento ou a radiação ultravioleta.

Por este motivo, as pessoas com pele seca devem evitar banhos demorados e com água quente, pois eles contribuem para um ainda maior ressecamento da pele.

diferentes tipos de pele

Oleosa

Quando uma pele tem um aspeto brilhante e espesso e uma maior produção de sebo, estamos perante uma pele oleosa. As suas causas podem ser genéticas, hormonais, excesso de exposição solar, stress ou alimentação rica em gorduras. Esta pele carateriza-se por poros dilatados e está mais sujeita ao aparecimento de acne, cravos e espinhas.

Mista

Este é o tipo de pele mais comum e carateriza-se por um aspeto oleoso, poros dilatados e até acne na “zona T”, ou seja, na região da testa, do nariz e do queixo, sendo as bochechas e as extremidades do rosto zonas onde a pele é seca.

Quais as recomendações em termos de limpeza de pele?

A limpeza de pele é fundamental, para eliminar todos os poluentes e agentes infeciosos que se acumulam na pele, ao longo do dia.

A pele do rosto é a que está mais exposta a esses agentes poluentes, pelo que a sua limpeza deve ser feita duas vezes por dia, de manhã e à noite, de modo a evitar a acumulação de oleosidade e de resíduos de maquilhagem, poluentes e pó.

Toda esta sujidade, se não for removida, vai contribuir para a oclusão dos poros, potenciando o surgimento de cravos e de espinhas e o envelhecimento precoce da pele.

Assim, para uma limpeza de pele profunda e eficaz, deve usar-se um sabonete líquido adequado ao tipo de pele do rosto.

No caso das peles oleosas e mistas, há que privilegiar sabonetes à base de ingredientes adstringentes que facilitam a remoção das impurezas e a desobstrução dos poros. Já no caso das peles secas e normais, são recomendados sabonetes líquidos com pH neutro, os quais devem ser complementados com a aplicação de uma loção ou leite de limpeza.

Quem sente a pele mais suja ou usa maquilhagem, por exemplo, pode ainda recorrer aos tónicos que são capazes de remover a sujidade mais profunda. (3)

Passo-a-passo de uma limpeza de pele em casa bem sucedida

aplicar tónico para o rosto

Fazer uma limpeza de pele em casa é muito simples e não tem de demorar muito tempo, nem ser muito caro. Assim, ao acordar e antes de ir dormir, deve cumprir o seguinte ritual de beleza e de higiene:

  1. Lavar o rosto com água tépida e um sabonete líquido adequado ao seu tipo de pele;
  2. Aplicar uma porção apropriada de sabonete no rosto, fazendo movimentos circulares, sem esfregar, nem pressionar demasiado a pele;
  3. Enxaguar com água abundante a pele do rosto, até remover qualquer resquício de sabonete;
  4. Limpar o rosto delicadamente, usando uma toalha macia, seca e que deve ser trocada com frequência;
  5. Aplicar um pouco de tónico num disco de algodão e passar nas zonas do rosto que ainda estejam mais sujas ou tenham marcas de maquilhagem como, por exemplo, a região ao redor dos olhos.
  6. Finalizar a limpeza de pele com a aplicação de um creme hidratante, adequado ao tipo de pele da pessoa.

Fontes

  1. Sociedade Portuguesa de Dermatologia e de Venereologia. Cuidados com a pele. Disponível em: https://www.spdv.pt/_cuidados_com_a_pele
  2. Sociedade Portuguesa de Dermatologia e de Venereologia. Tipos de pele. Disponível em: https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/cuidados/tipos-de-pele/
  3. Sociedade Portuguesa de Dermatologia e de Venereologia. Cuidados diários com a pele. Disponível em: https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/cuidados/cuidados-diarios-com-a-pele/

Veja também