Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
16 Dez, 2019 - 09:00

7 passos para limpar os ouvidos do cão

Drª Patricia Azevedo | Médica Veterinária
Patrocinado por:

Limpar os ouvidos do cão é extremamente importante e deve ser tido em conta como um cuidado de higiene e saúde do seu melhor amigo. Saiba como fazer a limpeza.

passos para limpar os ouvidos do cão
O artigo continua após o anúncio

As otites são problemas muito frequentes em cães, especialmente em raças com as orelhas caídas. Assim, é importante limpar os ouvidos do cão, de forma a evitar este problema, e outros mais graves que podem surgir como consequências de otites crónicas, incluindo perfuração timpânica e perda de audição.

O que são otites?

passos para limpar os ouvidos do cão

As otites caraterizam-se por inflamação do conduto auditivo, podendo ser aguda ou crónica, surgir em apenas um dos ouvidos ou em ambos.

A origem das otites pode ser diversa, sendo que podem ser classificadas, segundo a sua origem, em:

  • Bacterianas, quando a otite é provocada por bactérias
  • Fúngicas, quando é provocada por fungos geralmente malassézias
  • Mista, em que é possível encontrar no conduto auditivo tanto bactérias como fungos
  • Parasitárias, originada por ácaros

As causas para a acumulação de microorganismos são variadas, no entanto, a limpeza do ouvido com produtos indicados, ajuda a diminuir a quantidade de microorganismos presentes, reduzindo o risco de desenvolvimento de otites.

7 passos para limpar os ouvidos do cão

passos para limpar os ouvidos do cão

1. Escolher o produto mais indicado

Para limpar os ouvidos do cão não pode aplicar qualquer produto, pois é uma zona sensível e pode causar irritações ou outros problemas. Deve sim, utilizar produtos veterinários apropriados para limpeza do conduto auditivo.

Pode encontrar estes produtos em lojas de animais, clínicas veterinárias e farmácias, no entanto, deve ter sempre o cuidado de pedir um produto de limpeza apenas e nunca de tratamento, pois os produtos de tratamento contêm substâncias antifúngicas, antibióticas e anti-inflamatórias, devendo ser aplicadas apenas sob prescrição médico-veterinária.

2. Ter em consideração a frequência das limpezas

Limpar os ouvidos do cão deve ser feito com alguma frequência, no mínimo quinzenalmente, sendo que idealmente uma vez por semana. Em alguns casos, de otites crónicas ou cães com alterações do conduto auditivo, pode ser necessário fazer uma limpeza mais recorrente.

Informe-se com o seu médico veterinário acerca da frequência ideal para limpar os ouvidos ao cão, pois alguns animais necessitam de maior cuidado do que outros.

O artigo continua após o anúncio

Os ouvidos do cão devem também ser limpos de cada vez que estes se molham, tomando banho, indo nadar, ou qualquer outra situação que faça o cão ficar molhado. Quando o canal auditivo do cão fica húmido, por não ser limpo e bem seco, a probabilidade de microorganismos como fungos e bactérias se proliferarem é maior, sendo nestas alturas que a probabilidade de um cão desenvolver uma otite é maior.

Assim, de cada vez que o cão se molhar, devem também fazer a limpeza dos ouvidos e garantir que ficam bem secos.

3. Escolher o material adequado para a limpeza

Tal como escolher o produto ideal para limpar os ouvidos do cão é importante, a escolha do material com que irá fazer a limpeza é também relevante. Deve limpar os ouvidos com compressas ou algodão e nunca utilizar cotonetes, podendo correr o risco de magoar o seu cão.

4. Habituar o cão a este cuidado desde pequeno

Para que o cão permita realizar este cuidado de higiene é importante começar a limpar-lhe os ouvidos logo desde pequeno, para que se habitue e compreenda esta rotina como uma situação normal.

Se o seu cão não estiver habituado a que lhe mexam nos ouvidos e tentar fazê-lo pela primeira vez, pode ser uma tarefa complicada, sendo que o cão pode tentar morder, debater-se e pode até magoá-lo.

5. Colocar o produto no ouvido do cão

Quando inicia o procedimento de limpar os ouvidos do cão deve começar por colocar o produto indicado no interior do ouvido do cão. Alguns produtos, em vez de colocados no ouvido podem ser colocados na compressa e fazer a limpeza posteriormente.

6. Massajar o ouvido

Depois de colocar o produto no ouvido do cão, o instinto natural do seu melhor amigo vai ser sacudir a cabeça, de forma a retirar o líquido. Para evitar que isso aconteça segure firmemente nas suas orelhas e comece a massajar por trás das mesmas. O cão irá sentir uma sensação de alívio.

7. Retirar a sujidade e excedente

De seguida, com o auxílio da compressa ou algodão, deve retirar o excedente e a sujidade no interior do conduto auditivo.
Com o algodão pode introduzi-lo no conduto auditivo até sair limpo, com a compressa, será mais fácil abri-la e colocar um dos seus dedos, para que a compressa o revista, e de seguida, introduza o dedo, com a compressa, no conduto auditivo. Repita o processo até que não saia mais sujidade.

O artigo continua após o anúncio

Quando procurar o médico veterinário?

Novo boletim de vacinas para cães e gatos já entrou em vigor

A limpeza pode e deve ser feita como prevenção de otites, no entanto, mesmo tendo todos os cuidados de limpeza e higiene com o seu cão, é possível que o seu cão desenvolva, ainda assim, otites.

Assim, deve estar atento a sinais como:

  • Mau odor, originário do ouvido
  • O cão coça muito as orelhas, tanto com as patas como roçando a cabeça contra objetos
  • O cão abana muito a cabeça
  • Quando limpa os ouvidos o cerúmen que está presente no interior do canal auditivo é de uma cor anormal (esverdeado, purulento, escuro)
  • Quando o cão sente dor ao limpar os ouvidos

Estes são sinais de que o seu cão pode estar com uma otite, e para além da limpeza, irá necessitar de tratamento. Se suspeita que o seu cão pode estar com uma otite deve levá-lo ao médico veterinário de forma a ser avaliado.

O médico veterinário na consulta irá avaliar se o cão, de facto, tem uma otite, verificar a integridade do tímpano do animal através da observação com otoscópio e definir o tipo de otite, para que possa prescrever o tratamento mais adequado.

Se ainda não conhece, saiba que os parceiros que compõem a rede da Vetecare estão disponíveis em todo o país e não terão mãos a medir para colocar o bem-estar e conforto do animal em primeiro lugar. Saiba mais.

Veja também

Fontes

MSD Veterinary Manual. Overview of Otitis Externa. Disponível em: https://www.msdvetmanual.com/ear-disorders/otitis-externa/overview-of-otitis-externa?query=otitis