Personal Trainer Sara Tomás
Personal Trainer Sara Tomás
12 Mai, 2017 - 13:59

Glossário de Crossfit: entenda a linguagem do crossfit

Personal Trainer Sara Tomás

No crossfit comunica-se através de uma linguagem própria para passar os treinos, um glossário de Crossfit dará um certo jeito!

Glossário de Crossfit: entenda a linguagem do crossfit

crossfit está na moda e possui uma linguagem própria.

Um glossário de crossfit irá ser útil para quem está a iniciar a modalidade e perceber os WODs –treinos diários. O glossário de crossfit refere-se ás siglas, definições e principais exercícios a realizar durante os treinos de crossfit.

O CrossFit é um treino de força e condição física geral, baseado em movimentos funcionais variados realizados a alta intensidade.

Os treinos de Crossfit nunca são iguais, proporcionando ao praticante uma vertente desafiadora e motivadora. Os treinos diários são, normalmente, manuscritos num quadro na box ou no local onde pratica a modalidade e está descrito por siglas.

Vamos ajudá-lo com um glossário de crossfit.

Glossário de crossfit: entenda todos os exercícios

glossario de crossfit

Glossário Geral

  • WOD – Workout Of the Day: treino do dia;
  • Rounds – “rondas” que é o mesmo que series;
  • AMRAP – As many rounds/reps as possible: séries/Repetições Possíveis num determinado período de tempo;
  • EMOM – Every Minute On the Minute: executar uma sequência de exercícios dentro do minuto e descansar no restante do tempo;
  • RFT – Rounds For Time: executar “x” número de rounds no menor tempo possível;
  • RNFT – Rounds Not For Time: executar “x” número de rounds sem se preocupar com o tempo, geralmente dando prioridade à técnica e/ou consistência;
  • RX – As prescribed: executar o WOD exatamente como prescrito (padrão de movimentos e cargas propostas pelo coach);

Glossário de Exercícios

  • Air Squat/Squat: agachamento livre, sem carga;
  • Back squat: agachamento com a barra nas costas;
  • Box jump: salto para a caixa;
  • Broad jump: salto largo;
  • Burpee: salto com flexão no chão;
  • Chest To Bar (CTB/C2B): elevações na Barra em que o peito toca obrigatoriamente na barra;
  • Clean: movimento do levantamento olímpico que consiste em levantar o peso desde o chão (ou coxas) até aos ombros. É o primeiro tempo do arremesso;
  • Clean&Jerk: arremesso, movimento do levantamento de peso olímpico feito em duas etapas para tirar uma carga do chão e levá-la para cima da cabeça;
  • DB: dumbbell ou halter;
  • Deadlift: peso morto/levantamento terra, movimento do levantamento de peso básico em que o objectivo é apenas tirar uma carga do chão até o corpo estar erecto;
  • Deep push-up with DB: flexão com halter ou dumbbell;
  • Double under: salto duplo de corda, ou seja, dar 2 voltas com a corda pelo corpo apenas num salto;
  • Ench press: supino plano com barra;
  • Farmer carry: designado como transporte de lavrador ou fazendeiro (nome utilizado no Brasil) consiste em transportar 2 pesos suspensos nas mãos até um ponto e regressar;
  • Front squat: agachamento frontal;
  • Glute Ham Sit-up: abdominais na máquina GHR (Glute Ham Raise);
  • Handstand push-up: flexão invertida (pode ser feita encostado em uma parede ou sem apoio);
  • Handstand walk: caminhada com as mãos em flexão invertida;
  • Hang (Snatch/Clean): suspensão, é para o movimento ser iniciado com a barra fora do chão, normalmente à altura dos joelhos;
  • Hang pull-up: fazer barra sem balançar;
  • Hang snatch: arranque da cintura para cima da cabeça;
  • Jerk: é o segundo tempo do arremesso;
  • Knee to elbow: pendurado na barra, eleva-se o joelho até chegar ao cotovelo;
  • KTS: kettlebell swing;
  • Muscle-up: subida na argola;
  • Overhead Squat (OHS): agachamento feito com a barra acima da cabeça, antes de começar o exercício há uma elevação da barra acima da cabeça e de seguida é efectuado o agachamento sempre com os braços estendidos com a barra acima da cabeça;
  • Pistol: agachamento utilizando apenas uma perna de cada vez;
  • Pood: medida russa de peso para os kettlebells( 1Pood = 16kg, 1.5 pood = 24kg, 2 pood = 32kg);
  • Pull-up: barra;
  • Push-up: flexão de braço;
  • Ring dip: paralela na argola;
  • Ring push-up: flexão na argola;
  • Rope climb: escalada de corda;
  • Single under: salto simples de corda;
  • Sit-up: abdominal;
  • Skip rope: saltar corda/salto simples;
  • Sled pull: puxada de trenó;
  • Snatch: é o arranco, movimento do levantamento de peso olímpico que consiste em levar o peso desde o chão (ou coxas) até a posição sobre a cabeça;
  • Squat: agachamento;
  • Strict Pull-Up (Dead-Hang Pull-up): elevações normais na barra em que o queixo tem que passar a barra para contar como repetição, o uso de kipping não é permitido, são as elevações usadas na instrução\recrutamento militar;
  • Sumo deadlift high pull (SDHP): remada alta;
  • Thruster: combinação de agachamento frontal com push-press;
  • Toes to bar: pendurado na barra, elevar os pés até tocarem na barra;
  • Wall Ball: bola na parede, consiste em fazer um agachamento e depois atirar a bola à altura indicada,  a medida standard para a o alvo é 3m de altura tanto para homens como mulheres, o peso da bola tem como medida padrão Homem – 9kg | Mulher – 6kg;
  • Wall Ball “2-fer-1s”: bola na parede 2 em 1, exercício igual ao anterior,  com a diferença de ter mais um agachamento entre o movimento de atirar a bola e apanhar;
  • Wall craw: escalada na parede;
  • Walking lunge: avanço tocando o joelho no chão;

Estas são siglas utilizadas para facilitar a comunicação e transmissão de treinos na comunidade do crossfit.

Memorizar o glossário de crossfit é indispensável para quem quer praticar esta modalidade e perceber tudo o que é pedido para o treino sem perder tempo!

Veja também: